InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Começar de Novo || Capítulo 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
valdir sales pitombeira

avatar

Idade : 49
Cidade : ARACAJU

MensagemAssunto: Começar de Novo || Capítulo 2   11.02.13 11:20

próximo capítulo.
SEGUNDO CAPITULO

Todos estavam ansiosos pela resposta de Breno, que continuava com seu sorvete ,Lealdo impaciente ,resolve antecipar a conversa.
___Então Breno? ,como foi lá com a viúva? Nos fale algo ,estamos todos ansiosos, o que você resolveu
___Ela vai processar a empresa?_ _Insistia Eleildes.
___Calma senhores....hum! ... esse sorvete esta delicioso! ___Breno permanecia alheio a curiosidade de todos na sala. ___Bem, deixe eu acamá-los, esta tudo sobre controle. Fiquem tranquilos.
___Como tranquilos?, saiu em todos os jornais, é um escândalo, como queres que ficamos calmos diante desse fato?
___Elementar minha cara ,eu estive com a viúva...coitada....pobre...esta abalada com a morte do marido, e principalmente com o futuro dela e dos filhos ,nada que uma boa quantia não resolva, claro em troca, ela dera um depoimento a imprensa isentado a empresa ,de qualquer responsabilidade pela morte do marido, há centenas de suicidas nessa cidade, um a mais....
____Parabéns meu caro ___Cumprimentava Otto ___ Eu sabia que você conseguiria resolver esse problema, acho que isso merece um brinde, que tal?
___Mas que garantias teremos que ela não abra o bico, afinal de contas foi o marido dela quem morreu ___Indagava Eleildes.
___Posso assegurar que eu tomei todas as precauções para evitar isso ,senhora Eleildes, pode ficar tranquila...essa viúva ,não terá como recusar uma proposta que a livrará de dividas, enquanto a memória do marido....uma conta bancária recheada é um ótimo argumento ,para se esquecer um louco ,como era o caso do marido dela ,tão louco que se matou...acho melhor encerramos esse caso... não concorda Otto?
___Claro que sim ,proponho um brinde ___Otto se aproxima de Breno __Eu quero mais uma vez agradecer a você a sua estratégia com certeza irá funcionar muito bem, por isso eu sempre digo...são homens assim de visão que fazem uma empresa funcionar ,parabéns ___Todos cumprimentam Breno ,menos Aleildes que sai rapidamente.
NA SALA DE ELEILDES
__Eu tenho que confessar ,dessa vez o Breno se superou e mais uma vez caiu nas graças do Otto, era tudo que ele queria.
__Mais ele agiu certo...um escândalo desses não seria nada bom para a empresa, faço minha as suas palavras,ele agiu como mestre.
___É...eu tenho que admitir...dessa vez ele realmente me superou, é bem do feitio de Breno, comprar o silencio das pessoas, e posso apostar que ele teve ter feito uma proposta tentadora a essa viúva, bem...ao menos nos livramos de um escândalo, entre tantos causados por ele mesmo, dessa vez ele mesmo cuidou pessoalmente, eu só espero que ele aprenda com isso...
___Você deveria olhar o Breno ,com outros olhos, ta na cara que ele faz de tudo pra proteger a empresa ,isso não é uma coisa válida.
___Sim...claro !..mais tanta dedicação...não sei Lealdo, tem algo por trás desse
Comprometimento.
___Você é que ver coisas onde não existem.
___Talvez você é que veja ele com outros olhos ,mais eu te garanto ,ele não é o tipo de dar murro em ponta de facas, algo ele esta querendo ,e pode apostar. Eleildes fica pensativa.
NA COPA:
Gleide estava terminando de fazer o café,quando Breno chega e a agarra por trás
___Seu Breno...por favor __Breno começa a beija-la e abraçar ela empurrando para o canto da copa
___Não tem ninguém vendo....Eu to morrendo de saudades..você nunca maisd foi no meu apartamento,nunca mais me deu aquelas massagens....o que houve?
___Aqui não senhor..por favor!! Eu estou muito ocupada...se alguém nos ver eu perco o emprego.
___Eu mando aqui esqueceu...ninguém teria coragem de fazer nada contra você...comigo aqui...vamos aproveitar ___Breno insiste em beijos enquanto suas mãos já adentrava as mãos nos seis seios.Gleide vai ao delirio..sentia uma atração muito fortye por ele,mais sabia do risco que corria.
___pare seu Breno...por favor ___Ela se solta e vai ao canto da copa.
___Então, leve o café na sala...lá conversamos...amorzinho___ Breno beija o pescosso de Gleide e ela fica sem ar e sai imediatamente.
___Aí meu Deus!!! Que homem...que homem ___Ao vira-se ela dá de cara com Eleides e se assuata derrubando as xicaras __Nossa dona Eleildes que susto!
___Me desculpe...você parece que viu um arco iris?
___Ah..eu estava pensando alto....
___Limpe isso..se o Breno ver isso tudo quebrado.
___Pode deixar..eu limpo tudo...e por favor não diga a ele.
___Pode deixar.... __Eleildes sai...Gleide suspira.
___Esse homem ainda me deixa louca...ufa!!!!

NA SALA DE BRENO.ELE ENTRA E VAI A SUA MESA:
Ele estava em seu nootebook, quando a porta abre e entra Gessica.
___Já soube da sua proeza.___SENTA-SE A SUA FRENTE
___Não foi lá muito difícil,eu mostrei a ela ,que seria bem melhor ela ficar do nosso lado ,do que contra, ela não tem cacife para nos enfrentar.
___tenho que concordar com você...bem esta aqui alguns documentos pra você assinar...ah sim a reserva do restaurante esta confirmado para as nove horas
___Você comprou o que eu pedi
Gessica entrega uma caixa de joias.,Breno abre e se encanta.
___Nossa....Viviane vai adorar, você tem um bom gosto
___Com o dinheiro que você me deu, qualquer um teria...bem,deixe eu ir
Gessica sai,Breno fica olhando as Joias.
___Ah Viviane!...você nem imagina a surpresa que eu tenho pra você...meu amor... ___ Breno coloca a caixa da joia numa gaveta.depois pega o interfone __Dona Gleide, me traga um café sim.tá eu espero!

MINUTOS DEPOIS:
A porta do escritório de Breno se abre..Gleide entra
___Esta aqui o seu café senhor.
___Ponha em cima da mesa sim.
Gleide faz o que ele pede...quando vai servir, Breno tira a xícara das mãos dela e coloca no canto,beijando-a fortemente,os dois se envolvem em abraços, depois ele tranca a porta e já tira a camisa...joga a gravata e abraça Gelide por cima de sua mesa.
___Hoje você não me escapa __os dois caem aos beijos sobre a mesa....os dois se entragam ao amor.

NA MANSÃO.
Viviane descia as escadas apressada, Dora sua mãe estava no sofá lendo.
___Vai sair filha?
___Sim, vou a empresa, quero ver qual desculpa que ele vai me dar,por ter me dado um bolo..ah mais se ele pensa, que pode marcar comigo e não aparecer,ele esta completamente enganado.
___Filha, Breno é um homem muito ocupado.
___Sim ! mais é o nosso casamento...o que ele quer? Que seja um fiasco? Isso nunca..esse casamento tem que fechar essa cidade mamãe, quero matar as minhas amigas de inveja...pode apostar nisso.
___Filha ___ Dora dobra a revista colocando na mesa de centro e levanta-se indo de encontro a filha ___ eu não sei se esse casamento,vai te fazer bem
___Como assim? Do que a senhora esta falando?
___Filha...olha pra mim e me diga,você ama o Breno?
___Claro que eu amo.
Viviane se afasta ,tentando disfarçar
___E Lealdo... você já o esqueceu?
___Lealdo...Lealdo...sabe que eu nem sei mais quem é ele
___Vivi....vivi...eu te conheço filha, sei que esta falando da boca pra fora,eu não queria te dizer isso ,mais eu acho que você fez uma escolha errada...não que o Breno seja mal pessoa, não é isso...mais eu não sinto da sua parte um sentimento verdadeiro por ele.
___Não foi a senhora mesmo que me ensinou...que primeiro a mulher se casa ,depois se apaixona pelo marido, não foi assim com a senhora e o meu pai? Pois então ,eu me caso com Breno, e depois ..depois eu me apaixono.
___Filha, o que eu quis dizer, é que pra se casar ,temos que ter certeza daquilo que queremos, e não por estar apaixonada ,isso não ,mais daí a se casar sem amor ,por capricho.
___E quem disse que é capricho? Eu gosto do Breno...aliás a senhora deveria me agradecer ,afinal de contas eu estou casando com o vice presidente do grupo de papai,o homem de confiança dele, o que a senhora queria, que eu me casasse com um empregado qualquer ,como o Lealdo?
___Lealdo não é um simples empregado, ele faz parte do conselho ,é um homem serio, dedicado...e eu sei que ele ama você de verdade, eu sempre eu não quero te ver sofrer
___Sofrer!! Eu ? imagina mamãe, vai ser o casamento do ano .o que mais eu poderia querer...bem agora deixa eu ir, que eu tenho muita coisa a providenciar ,esse casamento tem que sair impecável...e vai sair sim, pode apostar nisso ___Viviane sai apressada ,Dora fica pensativa.
___Algo me diz, que esse casamento será um grande erro.
Assim que Viviane ia saindo, Alfred chama a sua atenção.
___Dona Viviane, um momento.
___Mas o foi agora Alfred, eu vou sair.
___Madame Pompéia esta ai fora e quer falar com a senhorita.
___Mais quem é essa madame Pompéia?
___A especialista em bolos senhorita...ela disse que marcou aqui essa horário.
___Ah é ! eu havia esquecido...não posso deixar de ver os modelos de bolos,dizem que são lindos mamãe....a senhora não quer vim ver?
___Sim...claro...Alfred, mande a senhora a biblioteca enquanto eu mando a Marta preparar um lanche...vá filha...não deixe ela esperar.
___Claro mamãe....uma deusa dos casamentos...dizem que ela fez o bolo da Angelina Jolie ...___ Viviane sai apressada, nisso toca o celular de Dora, ela examina ..há um clima tenso, ela olha pros lados e se afasta indo ao canto da casa.
___O que você quer? __Ouve__ me encontrar, mas agora? Mais eu não posso__Ouve __ sei... mas tem que ser agora?... sei...sei..tá...tá eu to indo sim ___ Dora fecha o celular,olha para os lados e sobe as escadas correndo.
ENQUANTO ISSO
Breno e lealdo conversam enquanto descem no elevador
___Você teve uma atitude de mestre, parabéns.
___Obrigado...foi fácil, o dinheiro compra tudo.
___Nem tudo...o amor...o dinheiro não compra o amor.
___O amor é um sentimento para pobres, homens como nós ,somos práticos ,não somos movidos por esses sentimentos dos tolos e inúteis você deveria aprender isso Lealdo.
___Então você não ama a Viviane?
___Não me faça rir, quem pode amar uma criatura daquela ___Lealdo ouve e fica triste ___Uma patricinha ,mimada pelo pai...na verdade esse casamento esta sendo um calvário para mim ,mas o que eu posso fazer? Esse casamento me renderá muitos frutos ,principalmente com o velho Otto ..por outro lado.com esse casamento e com o contrato pré nupcial, eu ganharei 20 milhões de dólares por ano, em 10 anos ,imagine quanto eu não lucrarei.
___Mas e a Vivi...você não pensa nela? Que ela pode gostar de você
___Gostar de mim? Na verdade para a Viviane esse casamento é mais um acontecimento ,igual aquelas festas que ela costumava a fazer, ela quer se mostrar para a sociedade ,para as amigas, isso sim...após o casamento meu querido ,e depois que ela receber a herança do pai dela, com certeza ela vai fazer o que ela mais gosta, viajar e gastar dinheiro, ela pode até se interessar por outro homem, e daí.. sorte minha que não terei que aguentar aquela mala sem alça...esse casamento ,será bom, pra nós dois, pode apostar nisso. Em cinco anos, eu terei tudo que eu quero...e se pra ter o que eu quero tenho que aguentar aquela mala...então farei o sacrifício.
HORAS DEPOIS

Enquanto isso, na mansão Dora descia as escadas vestidas para sair,o mordomo Alfred esperava na ponta da escada com as chaves do carro.
___Aqui estão suas chaves madame.
___Obrigada Alfred !
Dora pega as chaves e quando ia saindo, aparece Viviane.
___Vai sair mamãe ___ Dora vira-se desconfiada.
___Ah vou! Marquei um jogo de gamão com uma amiga.
___Amiga!! ___Viviane faz cara de espanto ___ pelo que eu saiba a senhora não tem amigas mamãe.
___Engano seu...tenho amigas sim, e por falar nelas já estou atrasada. ___Dora sai,deixa Viviane confusa
___Amiga!! Hum...essa é boa....___Viviane não acredita na história de Dora.
Corta pra:
Dora entra em seu carro, coloca seus óculos escuro, liga o carro e sai em alta velocidade,da janela da mansão, Viviane observa tudo.
Em outro local afastado da cidade, o carro estaciona, Dora desce do carro ponhe o lenço sobre a cabeça e sai, era uma praça arborizada, ela entra rapidamente por entre os arbustos,até encontrar um pátio com um jardim onde havia um banco, nele um homem sentado,de pernas cruzadas, lendo um jornal, Dora da a volta pela frente do homem, tira os óculos e indaga com voz ríspida.
___O que você quer comigo Normando? Eu não tenho tempo a perder.
O homem dobra o jornal, calmamente levanta-se e fica de frente com ela.
___Calma minha querida. Só quero conversar com você.
___Não temos mais nada a conversar.
___Isso é o que você pensa,___ ele dá uma volta em torno de Dora ___ eu te dei o que você tanto queria, agora eu quero o que você me prometeu ___ Normando fala ríspido e Dora fica sem ação diante daquele fato.
CORTA PRA:
A especialista em bolos, mostra varias fotos de seus bolos, enquanto Viviane se deslumbrava com cada fotos ,as duas conversavam muito.
Enquanto isso, numa igreja qualquer...Dora para o carro, e desce entrando na igreja..vista lateral ela se aproxima de um banco, onde se ajoelha e faz o sinal da cruz
___Meu Deus!! Me ajuda a resolver isso, eu não posso mais continuar com essa história ,não posso ..pai nosso que estas no céu, santificado seja vosse nome, venha nós o vosso reino, seja a feita a sua vontade ___ Doira começa a rezar.
ENQUANTO ISSO:
Nas empresas de Otto...Breno estava lendo o dossiê quando entra Lealdo.
___vamos almoçar?
___Oh meu caro, já marquei com a Viviane.
___Ah tá...então depois a gente se fala
___Hei espera ___ Breno abre a gaveta e mostra a joía __que tal?
___Nossa é muito bonita e deve ter custado os olhos da cara
___Digamos que é um investimento...após o casamento meu caro! Isso aqui é fichinha pra o que eu vou ganhar.
___Voce esta apostando tudo nesse casamento não é mesmo
___Digamos que é uma questão de uma troca, eu dou a Viviane o casamento do século, que ela tão sonha...dou ao Otto um marido correto para a filha e em troca eu ganho o bônus....a presidência...e com a presidência meu caro! O seu é o limite.
___Eu não sei se eu aceitaria uma situação dessa.
___Infelizmente...uns contão...outros não! Eu não tenho culpa se você pisou na bola na questão da striper...cara que vacilo.
___Eu posso jurar que eu não tive nada haver com aquilo
___Ah lealdo...pra gente...somos homens tá. Você sozinho naquele apartamento,, com uma gata daquelas...cara __ Põe a mão no ombro dele __ Até eu ___Rir ironicamente ___Pena que Viviane pegou.... eu. .eu...juro fiquei com pena de você .
___Cara..eu juro, eu não fiz aquilo?
___Tá...tá... tudo bem se você vai continuar mentindo pra você mesmo, tudo bem. .agora que foi um furo foi...ah foi?... sorte a minha !!
___Que conseguiu pegar a filha do patrão?
___cara.. eu vou ser sincero com você, eu fiquei muito mal com a situação, mas depois, quando a Viviane chegou pra mim, daquele jeito...querendo ficar comigo, eu ainda relutei sim...mais ela estava decidida, e o Otto...bem voc~e sabe que ele tem um dom de convencimento. Mas acredite...se isso não tivesse acontecido...eu estava contente...voce sabe que te agradeço muito por tudo que você fez....cara eu o tenho como um irmão. Mas aconteceu ,não se preocupe...assim que eu assumir a presidência a presidência. .eu te darei a vice presidência...afinal de contas, amigos são pra essas coisas.
___Bem...deixe eu ir almoçar....já que o meu grande amigo, vai almoçar com a noivinha...o que me sobra é chamar a Jéssica.
___Ah por falar nisso ___ Vai ao interfone ___ Eu quero um dossiê completo desse Luan Marques....tudo...endereço, nome de filhos, tudo. Eu quero aqui nas minhas mãos.
___E o que você pretende fazer com essas informações?
___Acabar com esse homem.
Lealdo para diante da indagação de Breno.
___Como assim Breno?
___Se ele pensa que vem aqui me chantagear, que pode dizer o que quer e muito menos achar.. que pode ir de encontro a mim? Quem ele pensa que é.. ah Lealdo, ele pode tirar o cavalinho da chuva...quem é ele, comparado a mim? Se ele se meter comigo,eu juro Lealdo...eu acabo....eu acabo com ele. ___ Breno se mostra decidido a fazer o que for preciso para

Próximo Capítulo
Breno consegui impedir que a viúva de Luan,denuncie a empresa,mais o filho dele decide ir em frente, um sério risco para Breno que já tomou um atitude e esta prestes a ter o filho de Luan em suas mãos, para desespero Eleildes que não aceita mais essa vitória e declara guerra a ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Começar de Novo || Capítulo 2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Começar de Novo-
Ir para: