InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Começar de Novo || Capítulo 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
valdir sales pitombeira

avatar

Idade : 49
Cidade : ARACAJU

MensagemAssunto: Começar de Novo || Capítulo 3   14.02.13 15:17

TERCEIRO CAPITULO.
Lealdo ficava tenso com a indagação de Breno.
___Você não está falando serio? Ou está?___Breno sorrir ironicamente e se aproxima de Lealdo.
___Claro que não! O que pensas?, que eu sou um assassino?
___É que você me pareceu tão serio ,mais o que você pretende fazer?
___Eu tenho um plano.. ___ Breno vai ao interfone ___ Gessica.. você já preparou a ficha do senhor Luan...exatamente o que se matou...eu quero agora...isso, traga a minha sala imediatamente,.
___O que você esta pensando em fazer?
___Como dizia um provérbio Chinês o homem em se é bom, até que se prove ao contrario...se esse Paulo se faz tanta questão de dar um exemplo, em vingar a morte do pai ,pois então, eu quero ver se ele fará justiça, contra eles mesmo....vamos até onde a justiça dele ,dependerá a sua própria existência.
NUM BAR QUALQUER
Eleildes e Paulo conversam enquanto tomam um suco.
___Aqui estão os nomes de alguns clientes que tiveram o mesmo problema do seu pai, foram impedidos de continuar o tratamento por estarem com doenças terminais.
___Você trabalha nessa empresa, isso não é uma traição?
___Não! Eu sei que esse é a clausula principal da empresa,mas eu não concordo com a maneira que o Breno agir nesses casos, se eu conseguir provar ao Otto,que esse processo depende exclusivamente das atitudes arbitrarias dele,ele esta ferrado,seu pai foi uma vitima dele...e não podemos deixar isso em pune.
___E o que eu ganho com isso?
___Uma boa indenização...e honra a morte do seu pai,em contra partida eu ganho pontos com o Otto,mostrando a ele que as atitudes de Breno só prejudicam a empresa,se o Otto pensar que todas essas pessoas vão entrar na justiça contra a empresa e que será uma fortuna pagar por todas essas indenizações ,certamente a credibilidade de Breno caíra por terra e ai eu entro como a salvadora da pátria. Consigo um acordo favorável,mostrando qual e a diferença a gestão dele e da minha.
___Então você esta me usando...um engodo para enganar seu chefe.
___É por uma boa causa...você recebe o que tem de direito e Breno,deixa o cargo de vice presidente...todos nós sairemos ganhando....não concorda.
___Esse Breno não me parece um homem de temer ameaças, ele mesmo foi a casa da minha mãe e a chantageou se ela não tirasse a queixa ele iria protestar a hipoteca da casa.
___Eu sei os meios que o Breno usa,para conseguir o que deseja, mais eu tenho meus meios...o Otto acredita muito nele,na capacidade dele,mais quando eu mostrar que essa capacidade ira desfalcar a empresa em milhões, certamente essa credibilidade ira acabar...eu não posso chegar nessas famílias, que certamente estão sendo chantageadas por ele,mais você não...você teve uma vitima na família,eles acreditaram em você.
___Eu serei uma espécie de bode expiatório?
___Digamos que o salvador da pátria..então aceita trabalhar comigo,você recebe uma boa grana...paga a hipoteca da casa da sua mãe e eu destruo de uma vez esse Breno...é pegar ou largar ___ Eleildes da a mão a Paulo,para confirmar a parceria.
VOLTANDO A SALA DE BRENO
Ele estava em seu computador,checando toda a fica de Paulo, a cada passo que ele ler,ele tem certeza que terá um trunfo nas mãos para impedir que ele entre na justiça contra a empresa,a cada passo que ele ler,seu semblante se mostra animado.
___Alguém lá em cima gosta de mim __ Começa a rir ___dessa vez Paulo,você não tem como escapar de mim. ___ Breno começa a imprimir alguns documentos..e armazenar.depois ele sai imediatamente...no estacionamento ele entra em seu carro,coloca seus óculos escuros,liga o carro e sai em alta velocidade, em plena avenida ao som bem alto..Breno olhava pasta com as informações sobre Paulo,sorria, pois tinha certeza que ele teria Paulo em suas mãos.
VOLTANDO AO ESCRITÓRIO
Gessica passa apressada e esbarra em Eleildes.e derruba alguns papeis,
__Ah me desculpe dona Eleildes___ Cai tudo no chão, Eleildes a ajuda a pegar os papeis.
___Mais que pressa é essa?
___è que eu tenho que levar esse cheque para o senhor para ele assinar e fazer o deposito da ONG, mais ele já saiu.
___Deposito? Da ONG..que ONG é essa?
___Seu Breno manda mensalmente uma ajuda para uma ONG em Smaltown..a senhora não sabia?
___Venha a minha sala sim.
NA SALA DE ELEILDES
___Eu quero saber que história é essa de doação a ONG
Géssica engole a seco
___Eu estou esperando Géssica...eu nunca fui informada dessas doações...que ONG é essa? E de quanto é a doação?
Eleildes conta a Eleildes tudo que sabe sobre as doações feitas por Breno a ONG.
MINUTOS DEPOIS
Eleildes estava em sua sala pesquisando a ONG..cada página que ela lia ela se interessava.
___Interessante!! Eu acho que essa Luciana pode me dizer e muito sobre o Breno...muito mesmo!!!___Continuava a ler as informações e imprimia.
HORAS DEPOIS ELA CONVERSAVA AO TELEFONE
___Isso mesmo...essa tal de Luciana Palmer pode ser muito interessante pra nós...claro..se ele banca essa instituição,algo tem é por que eles são amigos e essa ONG é justamente na cidade em que ele veio...por tanto se queremos descobrir algo sobre o Breno...ela é a ponte ___Ouve___ Sei..sei..estarei indo pra lá o mais rápido possivel..o quanto antes acharmos algo que nos ajude contra ele será bem melhor..claro...claro...isso...isso...claro...já mandei providenciar as passagens, quem sabe essa Luciana não será a nossa chance de desmarcarar ele perante ao Otto? Com certeza...se ela sabe algo da vida dele,pode apostar, que eu descubro...ou não me chamo Eleildes...assim que estiver vtudo certo eu te comunico....outro ___Desliga ___É seu Breno...o seu reino está com os dias contatos.pode apostar nisso ___Começa a rir.
ENQUANTO ISSO:
Breno estaciona o carro diante da casa de Laura, ele dá uma rápida lida no dossiê e desce do carro indo de encontro a casa.
CORTA PRA
Casa de Laura, ela estava costurando,quando ouve bater a porta, ela levanta-se e vai a porta.
___Pois não ___se assusta com Breno ___O senhor aqui..de novo..eu já não prometi que não faria nada contra a sua empresa.
___A senhora me dá um minuto de sua atenção?
___Já falamos tudo o que tínhamos pra falar...saia por favor
Nisso Paulo aparece na sala.
___Mais o que você esta fazendo aqui?
___Que ótimo que nos encontramos ,é com você mesmo que eu quero falar
___Eu não tenho nada a falar com você, só nos falamos nos tribunais.
___Se eu fosse você me ouvia... ou então...você nunca mais verá seus filhos ,eles moram com a mãe na Austrália não é __Paulo pára diante das informações de Breno.
__Como você sabe disso.?
___Você vai ou não me ouvir..se eu fosse você me ouvia...acho que eu tenho uma ótima proposta para vocês.
MINUTOS DEPOIS
Paulo estava cabisbaixo...falava de sua vida,ao seu lado estava Laura e Breno.
___tem 5 anos,que eu não vejo meus filhos...desde que eu me saparei da minha esposa, ela foi pra Austrália e...nunca mais deu noticias,eu procurei tanto,fui lá e nada,como você conseguiu isso.
___Eu tenho os meus meios...bem a proposta é simples,vocês desistem da ação...e eu te coloco amanhã mesmo num jatinho da empresa e te levo a onde estão seus filhos. E além do mais...te consigo uma equipe de advogados,que iram dar a guarda deles a você...é uma troca justa...ou não?
Paulo se levanta,olha para a mãe....pega o porta retrato dos filhos que estava em cima de um móvel na sala.
___Eu tenho tanta saudades deles.
___Filho ___Laura se aproxima ___ Eu Acho que você deveria aceitar,você já gastou tanto dinheiro atrás deles e nunca conseguiu nada, agora que você tem a chance de reaver seus filhos e pode ter a guarda deles...___ Laura vira-se para Breno ___ Infelizmente não temos como ir de encontro a eles, eles são poderosos demais.
___Se eu fosse você ouviria a sua mãe...ela está certa,esse processo se arrastará por anos...isso com a plena certeza que iríamos ganhar, temos os melhores advogados que o dinheiro pode pagar...mais estamos disposto a disponibiliza-los para ajudar a voc~e a ter seus filhos,aqui perto de vocês...além do mais...você ganhará uma boa quantia para ajudar na educação deles...é pegar ou largar? ___ Breno fica em pé...Paulo olha a foto dos filhos.
MINUTOS DEPOIS
Paulo assinava um documento junto com um dos advogados da empresa,depois passa para a sua mãe que também assina.
___Otimo...é assim que se faz!...com esse documento,vocês inocentam a empresa de qualquer danos que veio a acontecer com a morte de seu esposo,em contra partida,amanhã mesmo eu disponibilizar um dos nossos jatos para que possa ir a Austrália e resgatar seus filhos, inclusive o nosso advogado já esta a par de tudo e irá lhe instruir no processo de guarda.
___Eu lamento muito meu pai...___Paulo diz isso a foto dele na parede,depois ele vira para Breno ___ Eu não vou te agradecer por isso, mais eu vou te dar um conselho,você conseguiu mais uma vez...agora eu não estou sozinho nessa guerra há gente que,quer e vai ter a sua cabeça...gente do seu próprio escritório. Bem mais próximo do que você imagina,gente tão esperta,quanto você.
___Não se preocupe....eu sei me cuidar muito bem.. mais .agora me deem licença eu tenho um jantar com a minha noiva....passar bem...e tenha uma boa viagem de encontro a seus filhos.
DO LADO DE FORA
Breno entra no carro, estava satisfeito,mais com uma pulga atrás da orelha com o que Paulo havia lhe dito.
___Quem será...eu preciso descobrir...o quanto antes __Breno liga o carro e sai. Antes pega o celular e liga, espera um pouco e atende.
___Meu amor! ___ do outro lado Viviane.
___Almoçar !!! hoje...onde?...claro que eu aceito....amor você não sabe o que eu fiz hoje vi uns bolos que vão abalar o nosso casamento...sabe tem um..
___Vivi ___ Interrompi ___ A noite tá...a noite você me conta....eu passo as nove pra te pegar....um beijo ___ desliga ___Esse jantar promete ___Liga o carro e sai
NA CASA DE ELEILDES
Ela nervosa atendia ao telefone
___Como não vai mais me ajudar? O que aconteceu? Foi o Breno não foi? Paulo é a sua chance de ganhar uma grana preta...mais me diga o que aconteceu? Paulo..Paulo...Paulo...droga desligou...ah que ódio, Breno venceu mais uma vez...droga!ah mais amanhã...amanhã Breno...o seu reinado vai acabar.ah se vai.
NUM RESTAURANTE BADALADO
BRENO ESTACIONA O CARRO, DA A VOLTA E ABRE A PORTA PARA VIVIANE DESCER.LOGO EM SEGUIIDA UM MANOBRISTA PEGA O CARRO E LEVA.,VIVIANE ENTRA NO RESTAURANTE OLHANDO E DEIXANDO SE OLHAR,ESTAVA NUM VESTIDO VERMELHO LONGO..ELA ACENA PARA ALGUMAS PESSOAS...BRENO PUXA A CADEIRA E ELA SENTA-SE,IMADIATAMENTE ELE POE UMA CAIXA PRETA EM CIMA DA MESA. VIVIANE RAPIDAMENTE ABRE A CAIXA.E FICA ADMIRADA ERA UM ANEL.
Viviane fica admirada com o anel que Breno acabará de te dar.
__Mais é muito bonito meu amor.
__Eu sabia que você ia gostar
__Você sempre me surpreende.
__Você não viu nada meu amor....nada. ___Os dois se beijam enquanto Viviane não parava de olhar o anel. ____ então estou perdoado?
__Não sei!__Faz cara de boba___....vou pensar. Ah Breno.. você trabalha demais, nunca tem tempo pra gente, nós vamos nos casar ,e eu queria tanto escolher as coisas com você e a gente não escolheu ainda os moveis...MEU DEUS!!!! ___Ela grita histérica. Breno se assusta.
___O que foi amor?
___Esqueci!!! Como eu poderia escrever...o bolo...eu tinha que escolher o bolo hoje a tarde e esqueci... ,um casamento sem bolo não é casamento ,onde eu estava com a cabeça. Tá vendo ..sem você eu esqueço as coisas mais importantes, casamento sem bolo é como ir a Roma e não ver o Papa. Você não acha? Olhe eu vi umas revistas, menino ! você precisa ver os modelos ,tem um sabe como cascatas ___ Viviane começa a falar sem parar e Breno fica impaciente.
HORAS DEPOIS:
A porta abre e entra Breno, ele joga o palitó sobre o sofá, tira a gravata, e vai ao mine bar, e se servi ,depois ele senta-se no sofá, jogando os sapatos ,respira fundo ,o seu dia tinha sido bem complicado, mais o silencio é interrompido.
___Pensei que ia passar a noite com a noivinha.
Breno vira-se, Brunelly estava apenas de roupão com uma taça de champanhe nas mãos. Ela o envolve num beijo ardente
___Eu não esperava você aqui. Como entrou?
___Esqueceu que eu tenho as chaves? quer um drinque?
___E o Adam?
___Hoje é o dia de folga dele...eu preparei a banheira pra gente...com sais e tudo que a gente merece, então... vamos...___Ela puxa ele pelo braço e o empurra por cima do sofá.
___Eu acho que estou realmente precisando de um bom banho .
___Eu sabia meu amor ___ Ela o envolve em seus braços e lhe dar um beijo ___Tá vendo. .eu sou a mulher ideal pra você e não aquela....sem graças da Viviane. Você não acha?
___O que eu acho É que esse assunto não te pertence __Ele se afasta indo para o outro lado da sala ___você sabe muito bem ,que o meu envolvimento com ela é apenas negócios. Negócios, nada mais do que isso.
___Se eu fosse rica, como ela...teria uma chance.?
___Rica você é....Viviane é milionária a única herdeira do grupo Otto Maldonatto...sabe o que significa isso? Centenas de filiais espalhadas pelo mundo, duas redes de Tv..uma empresa aérea com mais de 90 Boeings ...e uma fortuna....essa!!! então...essa é sim é a razão com que eu estou pensando....
___Então você não me ama? ___Breno sorrir
___O que você quer? Que eu abandone essa fortuna por você. Meu amor__Ele se aproxima e lhe dar um rápido beijo ___ Eu sou um homem pratico...aliás você deveria saber disso, nós estamos tão bem assim...pra que complicar hein?
___Eu não nasci pra ser a outra Breno....
___Você sabia desde do inicio que seria assim....mais é por pouco tempo..assim que eu herdar a presidência e me manter casado com ela por 3 anos, eu recebo a minha parte do acordo pre nupcial..e ai...eu serei livre.... livre pra você
___Você tá falando sério...___Breno a agrara por trás
___Claro que sim! Claro ___Breno abraça, mais seus olhos estavam fixos no nada ___ Vamos tomar esse banho enfim.
___Só se for agora ___Os dois correm para o banheiro.
NA MANSÃO.
Dora estava na piscina, tomando champanhe...quando aparece Viviane radiante, mostrando o anel.
___Mami...Mami...veja...veja o que meu noivo me deu? ___ Mostra o anel
___Nossa filha!! Que lindo!! Breno tem bom gosto.deve ter custado uma fortuna.
___Claro mamãe, você acha que meu noivo ia me dar coisa barata, ele tem um bom gosto...além do mais...ele não seria louco de me dar qualquer coisa, ele sabe que eu conheço joias e as caras então...ah mamãe eu estou tão feliz, eu sei que ele é o homem da minha vida...eu sei disso.
___Ah filha, eu queria tanto acreditar nisso.
___Ah mamãe a senhora nunca aceitou o Breno , eu não entendo. .ele é o vice presidente do grupo, braço direito de papai...que mais a senhora quer?
___Não confio nele...só isso...mais se ele te faz feliz...oh filha eu tenho mais é que agradecer a Deus por isso.
___Ah mamãe...eu sei...tenho certeza que ele me fará muito feliz, sem falar no casamento...ah mamãe....vai ser o casamento do ano...ah se vai!!!___ Viviane dá voltas mostrando o anel.
NO APARTAMENTO DE ELEILDES
Ela estava ansiosa, andando de um lado a outra, usava um roupão preto e tomava um uísque, olhava intensamente o relógio toca a campainha ela se apressa e abre a porta
___Ainda bem que você veio...pensei que havia esquecido o nosso encontro ___O homem entra e Eleildes fecha a porta.

NO OUTRO DIA
Breno acordava em sua cama....estava sozinho...ela olha o relógio, depois liga a ducha e toma um banho, já na mesa Adam lhe servia o café.
___Bom dia Senhor...teve uma boa noite?
___Dormi como um rei...pegue meus jornais sim.
___Claro senhor...é só um instante. ___Adam sai, Breno volta ao quarto...ele abre as portas do armário e ver varias reportagens de jornais com a foto de Luciana e matérias sobre sua Ong...havia centenas de jornais recortados falando sobre a Ong..ele olha algumas matérias,depois guarda todos os jornais,fecha os armários e volta a sala. Adam o entregava os jornais e ele lia,sentado em sua mesa.
ENQUANTO ISSO:
No apartamento de Eleildes, ela estava fechando as malas..depois pega as passagens..o telefone toca, ela corre a atende.
___Oi...bom dia...já estou saindo de casa...o vôo é as 9 horas...claro!!!...esta tudo combinado com ela...dessa vez eu pego o Breno...eu quero ver só a explicação que ele dará ao Otto..pode deixar eu sei como fazer....se der certo ou volto ainda hoje...e trago ela comigo...te manterei informado...um bom dia __Eleiles desliga o telefone, pega a mala e sai trancando a porta do apartamento.
Corta pra:
Um Boeing 737 decola do aeroporto, em umas das poltronas, Eleildes estava lendo um jornal enquanto tomava um café...estava ansiosa, olhava da janela a bela vista...minutos depois o Boeing toca o solo na pequena cidade de Smaltown ...segurando uma valisa, Eleildes passa pelas portas do desembarque, e entra num carro alugado.e segue rapidamente, tinha em mãos um mapa da cidade, ela observa o mapa e conversa com algumas pessoas e pede informações.
PRóXIMO DALI
O carro de Eleilde passa bem devagar ..ela observa a casa e as crianças brincando nos jardins, ela estaciona seu carro e desce. Cautelosa ela tira algumas fotos depois ela entra na casa seguindo direto ao balcão.
___Bom dia...a Senhorita Luciana ,por favor! ___Eleildes fica esperando a chegada de Luciana, enquanto observa um mural com informações e fotos da ONG...enquanto observa, não percebe que Luciana se aproximava.
___Pois não...em que posso ajuda-la?
Eleildes se vira e observa Luciana de cima a baixo.
___Luciana Palmer?
___Sim sou...em que posso ajudar?
___Eu liguei ontem e falei com você eu trabalho numa empresa que se interessa muito por projetos sociais, eu marquei que viria hoje.
___Ah claro...vamos entrar, seja bem vinda... vamos ao meu escritório as duas saem em direção ao escritório de Luciana.
ENQUANTO ISSO NAS EMPRESAS DE OTTO.
___Como viajou...nós tínhamos uma reunião importante hoje?__ Otto fica furioso ___ ela nem se quer me avisou? Mas o que está acontecendo nessa empresa?
___Parece que é assunto particular seu Otto. ___Explicava Gessica.
___E o que importa? Ela deveria ter me avisado afinal de contas temos uma reunião do conselho e ela falta,justamente num dia importante.

___Ela me avisou, mas eu pensei que você soubesse Otto __Lealdo intervém na conversa ___Se eu soubesse teria lhe dito.
___Tudo bem, só estranhei um pouco a Eleildes nunca foi de se ausentar da empresa...eu até pensei que ela não tivesse família...bem...deixe pra lá...e o Breno?
___Ele ainda não chegou senhor. Mas eu posso ligar pra ele.
___Não precisa não dona Gessica...Ainda temos tempo a reunião só é as dez...até lá ele chega...eu vou pra minha sala...assim que os membros chegarem,me avisem sim ___Otto sai...fica Lealdo e Gessica.
___Você esta sabendo pra onde ela foi?
___Eu imagina! Claro que não senhor Lealdo...logo eu.. dona Eleildes é tão fechada nesses assuntos.... bem eu vou preparar a sala de reuniões...sim...com sua licença ___Gessica sai apressada, Lealdo fica.
NO AEROPORTO
Paulo estava esperando o voo, quando chega Breno.
___Como eu havia combinado. O seu voo sai em dez minutos.
___Eu agradeço o senhor.
___Não me agradeça, temos um acordo, e espero realmente que o senhor cumpra...porque se não...você perde seus filhos pra sempre. Entendeu?
___Sim senhor....pode deixar, tudo que eu mais quero é ter meus filhos, eu prometo que eu cumprirei o meu acordo.
___Acho bom, eu não gosto que descumpra meus acordos, e lembre-se de uma coisa, eu sou muito bom quando eu quero, mais eu sei ser um cão quando descumpre meus acordos, não queira me ver como seu inimigo. Por que eu acabo com você, fui claro!! ___ Breno coloca os óculos escuros e sai, Paulo fica apreensivo.
JÁ NO CARRO
Breno entra no carro apressado.
___Pra empresa Franklim...Rápido sim...
___Sim senhor...
___Só espero que ele realmente cumpra o que prometeu ___Breno pega o celular ___ Jurandir sou eu...o cara já embarcou...isso...você sabe o que fazer? Isso ...eu quero que ele fique o mais tempo possível na Austrália ..isso...como combinamos ...eu não confio nele, isso... o quanto mais ele permanecer lá e melhor...quanto aos filhos? ___Breno sorrir ___Idiota ! acha realmente que vai encontrar os filhos, a essa altura a mãe dos bastardos estará bem longe de Sidney..e até o Paulo encontra-lo , eu ganho tempo, claro que eu sei onde eles estão...eu não sou idiota, eu convenci a ela a deixar a cidade, em troca de uma boa quantia, ela aceitou é claro! Ela nunca quis contato com o marido dela, por tanto ganhamos tempo. Ok...qualquer coisa me avise tá... ___Desliga ___Eu sempre venço...sempre
Breno sorrir enquanto se dirige ao escritório, enquanto isso dentro do avião Jurandir estava atrás da poltrona de Paulo e ele nem percebia.
EM SMALLTOWN
Luciana mostra as instalações da ONG para Eleildes que anotava tudo, minutos depois elas conversam num restaurante.
___Eu estou admirada, é inacreditável que vocês consigam ajudar tantas pessoas com poucos recursos...essa ideia foi sua.
___Não...na verdade, era uma ideia do meu noivo... quer...meu ex noivo
___Vocês terminaram?
___É uma antiga história eu prefiro não tocar nesse assunto,
___Tudo bem!! Eu não vou tocar mais nesse assunto.eu só fiquei interessada.
___Foi uma história que não deu certo, ao menos ele me deixou isso, sabe era um projeto de nós dois..mais....infelizmente ele foi embora, seguiu seus interesses.
___Interessante.___Eleildes anotava___ Bem, continue...como você administrar essa ONG com poucos recursos. ___ Luciana começa a falar de como ela administra toda a ONG com poucos, enquanto ela falava Eleildes anotava tudo.
NOS ESCRITORIOS DE OTTO.
Breno chega,desce do carro,entrega as chaves ao manobrista e entra no prédio..ele passa pelos corredores e vai até o elevador,todos cumprimentava..a porta do elevador se abre, Gessica corre com uma agenda.
___Já chegaram todos para areunião,só faltava você
Quer dizer...e a Eleildes __Breno pára.
___Ela não chegou ainda?
___Ela viajou....
___Viajou___SE mostra interessado __Mas pra onde?
___Não sei...___Breno pára..pensa um pouco
___Venha a minha sala.
___Mais e a reunião...só falta o senhor
___É rápido....
A porta do escritório se abre, entra Breno já falando
___Eu quero que você descubra pra onde ela foi?
___Eu....
___Tem mais alguém aqui na sala?...Vá no departamento financeiro..procure saber..com eles se ela mandou reservar alguma passagem e pra onde.
___O senhor está desconfiando de alguma coisa?
___Algo me diz q ue essa viagem de Eleildes é muito suspeita...eu quero estar a par de onde ela foi...e possível com quem foi...eu não sei Géssica,mais eu acho que é ela sim,que está por tras daquilo que eu lhe disse?
___O senhor acha que ela esta trabalhando contra o senhor?
___Não só acho,. Como tenha certeza, essa viagem é muito suspeita,principalmente com uma reunião de peso dessas, ela viaja assim....não Géssica...Eleildes não dá ponto sem nó...e antes que ela faça algo, quero me certificar dos passos dela entendeu...vá...eu espero aqui.
___Mais e a reunião senhor.
___Vá...faça o que eu disse, e deixe que com a reunião eu cuido...vá...vá.
___Sim senhor ___Sai apressada. Breno fica pensativo
___Uma viagem assim...inesperada...isso esta me cheiro nada bem....nada bem__Fica pensativo.
NA SALA DE REUNIÕES
Todos estavam ansiosos com a demora de Breno...Otto sorri amarelo para os acionistas, enquanto olhava o relogio e olhava para Lealdo, que tenha amenizar.
___O trânsito em Nova Iorque, está cada dia pior..principalmente nesses horários.O Breno deve estar num desses engarrafamentos....os acionistas se olham entre si;

___Com certeza Lealdo..ele deve estar preso ao Trânsito__ Explicava Otto,confirmando o que Lealdo disse.
VOLTANDO A SALA DE BRENO
Gessica entra rapidamente já com as informações.
___Consegui apurar senhor Breno. Estão aqui a autorização para a compra de uma passagem...só estrenhei uma coisa senhor?
___O que Géssica.
___Eu não sabia que Eleildes tinha parentes em Smaltown..
___A onde? Me dê isso aqui ___Breno pega a autorização de viagem..ele ler..ele fica nervoso...anda de um lado a outro ___Não pode ser.
___O que foi senhor Breno.
___Gessica...eu preciso entrar na sala dela
___Senhor Breno isso é muito arriscado e se ela vier a descobrir.
___Eu não vou mexer em nada...eu só quero ver o computador dela..só isso....consegui pra mim essas chaves.
___Claro...é só um minuto ___ Géssica sai..Breno fica pensativo.
___Ela não pode ter descoberto nada...ou pode? Eu preciso dar um jeito em Eleildes, antes que ela me crie problemas.
MINUTOS DEPOIS
___Está aqui as chaves senhor...por favor senhor Breno se ela vier a descobrir eu estou perdida.
___Você esquece quem sou? Não se preocupe...vá lá na sala de reuniões e diga que eu chego em 10 minutos,enquanto isso eu vejo o que eu preciso ver...vá..vá __Gessica sai..Breno sai atras, passa pelos corredores, olha aos lados para, percebe que ninguém estava vendo e ele entra no escritório...indo direto ao computador dela..ele liga __SE ela descobriu alguma coisa...deve estar aqui...___Breno começa a mexer em pastas...quando abre uma mostrando a foto de Luciana e uma matéria da ONG __Eu sabia...droga! droga!!! Droga!!!___Breno respira fundo...desliga o computador...sai da sala dela e já entra na sua....ele vai ao banheiro, liga a torneiro e molha o rosto..e se ver no espelho___Breno...Breno, tá acontecendo alguma coisa!!! Fique esperto cara....fique esperto...Mais o que será que ela foi fazer lá.___Imediatamente...Breno toma de susto...vai a sua mesa e liga...espera um pouco e fala ___Bom dia, eu gostaria de falar com a senhora Eleildes....sim, ela marcou um encontro com dona Luciana...eu preciso muito falar com ela...sei.___Ouve ___..saiu com a dona Luciana!!!___Ouve __ Interessante.!!!...sabe me dizer se vão demorar? Tudo bem...não!! não precisa dizer que eu liguei não,eu vou ligar pro celular dela...obrigado...um bom dia ___Desliga..num ato enfurecido ele esmurra a mesa __Droga...Dropga!!!Eleildes foi mais esperta do que eu imaginava..que ódio...ah...ah mais se ela acha que vai me dar por vencido, esta enganada....eu já sei o que fazer...ah Eleildes...você não é páreo pra mim...eu só preciso manter o foco..é isso...o foco...___Breno fica pensativo
MINUTOS DEPOIS.
A reunião estava sendo terminada e Breno, falava as ultimas palavras.
___Bem senhores, essa é a proposta da Second Life, espero que vocês avaliem as nossas estruturas e a nossa história no mercado de assistência médica e seguros de vida,em 45 anos, nos tornamos muito mais do que uma empresa solida, nos tornamos um incone do sucesso e se vocês agregarem a sua assistência medica ,com certeza teremos um futuro ainda promissor juntos.
___Um momento senhor Breno...___Insistia um membro do grupo médico __ que garantias o senhor nos dá? Como sabemos...a Second Life também atua no seguimento de planos de saúde, segundo o senhor nos relatou...são mais de 8 milhões de clientes,e num mundo industrializado, sabemos que muitas vezes pessoas tem se acometido de varias doenças, entre elas ,doenças graves, é rentável manter um plano de saúde que abre todos os patamares?
___Sim...e se vocês perceberam __Mostra um mapa na parede __ temos aqui neste mapa o nosso lucro, prova da eficiência do nosso grupo.5 por centos dos nossos clientes apresentaram algum tipo de doença crônica ,ou as chamadas terminais, em 95 por cento temos pessoas sadias de bem com a vida ,com os nossos médicos e nossas clinica conveniadas e se o grupo de vocês aderirem a nós, esse numero pode chegar a 100 por cento.ou 98.
___E se mesmo assim, acontecer de um paciente com uma doença terminal,é válido que as nossas empresas banquem o tratamento? Isso não seria inviável? Pra não dizer dispendioso?
___Não meu caro colega, todos os nossos clientes são sabedores disso,por isso temos o maior numero de clientes do mercado, o nosso lema é tratar bem e melhor hoje e não sofrer no amanhã. Podem ficar descansados que a nossa empresa, presa e muito pelo bem estar dos nossos clientes, oferecendo a eles a vida eterna...se é que vocês me entendem ,mas caso aconteça isso...porque pode acontecer sim, daremos a ele toda a assistência necessária, sem claro! Criar ônus a nós.
___Então o senhor afirma que este grupo, esta preparado para qualquer eventualidade.
___Preparadissimo !! Podem chegar se quiserem, não temos nenhum caso assim desde da nossa fundação.
___Pois muito bem...sendo assim...em nome do grupo...o negocio esta fechado ___Todos batem palmas ___Acho que faremos um ótimo negocio se associando a Second Life.
___Posso assegurar que sim...então podemos assinar os documentos e depois faremos um brinde.
MINUTOS DEPOIS
Os membros assinam os documentos, depois se cumprimentam e sai um a um, ficam na sala, Lealdo ,Otto e Gessica.
___Belo trabalho Breno, sabia que podíamos confiar em você
___Obrigado Otto... esses membros são uns idiotas mesmos, mais o que importa é que eles assinaram o contrato...o resto...a gente ver como fica.
___E por falar nisso ,como ficou o caso do tal do Paulo?
___A essa altura ele esta voando para Austrália ,onde deve ficar por um bom tempo...vamos ficar livres dele por um bom período.
NA SALA DE LEALDO
___Eu tenho que admitir Breno ,que você se supera a cada dia.
___Aprenda comigo meu caro. No mundo dos negócios, omitir fatos é sempre um bom negocio. eles acabaram ganhando com a fusão...e nós...nos tornaremos a terceira maior empresa do mundo. quer mais.
___Mas e os processos que temos, se eles vierem a descobrir?
___Eu já me cerquei de tudo...o nosso setor jurídico foi muito bem até agora e se eles verem a descobrir ,e se quiserem romper com o contrato, terão que pagar 25 milhoes de dólares. E isso eu tenho certeza que eles não farão.___ Breno sorrir enquanto tomava mais um gole de champanhe.
JÁ NA SALA DE BRENO
___Voce conseguiu mais uma vez, enganou a todos
___Ora Géssica...isso não são meios de falar de seu chefe?
___Me desculpe...mais foi isso que aconteceu?
___E a Eleildes manteve contato?
___ Bem eu fui lá novamente nop setor financeiro e ela marcou a viagem de volta para amanhã. E tem mais.ela não vem sozinha....parece que ela vem com uma tal de Lçuciana __Breno pára....seus olhos já diziam o que ele pensava...Eleildes estaria trazendo Luciana para reencontrá-lo e estragar seu casamento.
___Maldita.
___O que foi seu Breno?
___Nada Géssica...nada..por favor eu preciso ficar sozinho...sim.
___Como o senhor queira ___Géssica sai..Breno fica, num impulso de furia ele joga tudo que estava em sua mesa no chão...depois vao ao mine bar e se servi de uma dose de uisque,bebendo ela imediatamente..depois outro copo..e mais um copo...depois vai ao banheiro...lava o rosto e se ver no espelho__ É guerra que você quer Eleildes...póis é guerra que terá...pois traga a Luciana...e vamos quem se dar melhor nisso.__Breno fica parado olhando-se no espelho, estava decidido a impedir que Eleildes estrague seu casamento.

EM SMALLTOWN
Eleildes e Luciana passeiam pelos jardins da ONG
___Ir com você a Nova Iorque?
___Sim, quero te apresentar a empresa aos membros, tenho certeza que depois que eu mostrar tudo que eu vi, certamente eles terão interesses em ajuda-la.o que me diz é uma proposta tentadora...não é ___Luciana fica pensativa.
___Eu não sei...eu nunca deixei as crianças sozinhas.
___Pense que é por uma causa nobre, por elas mesmos? Hein o que me diz? aceitar ir comigo hoje mesmo para Nova Iorque? ___O convite era tentador Luciana ficava sem saber o que fazer diante do tal convite?
___Eu aceito sim.
___Que ótimo...vou providenciar as passagens agora mesmo, você vai ver Nova Iorque lhe trará muita sorte amiga...eu volto já com as passagens tá __Eleildes sai rapidamente, enquanto isso, a porta se abre,Luciana entra e seu escritório, e vai direto a gaveta onde tira uma foto de Breno, ela observa e lembra da cena a 15 anos atrás naquela rodoviária, depois ela guarda a foto.

NO OUTRO DIA
A pequena cidade de Smaltown acorda...pessoas regando suas plantas,o jornaleiro jogando os jornais nos jardins das casa,alguns comerciantes abrem suas lojas. Aos poucos as pessoas começam a se movimentar na cidade.
EM NOVA IORQUE
Sergurando uma xícara de chá nas mãos...Breno olhava a vistya da cidade....esta pensativo...sabia que teria um dia difícil.o reencontro com Luciana mexia muito com ele..ele aproveita abre o armário,pega as matérias falando da ONG. Depois ele senta-se na cama olhando a foto de Luciana..ele pára analisa tudo...
___Eu já sei como fazer....é isso!!! É isso!..ah Luciana não vai ser fácil te rever de novo...não vai!mais eu preciso ser forte....Eleildes não vai conseguor me dobrar...ah mais não vai mesmo...ela terá uma surpresa e tanto...pode apostar que sim ___Breno guarda as matérias do armário,pega o palitó e sai.
VOLTANDO EM SMALLTOWN.
CASA DE LUCIANA.
As portas do armário se abrem e Luciana começa a colocar as suas roupas em cima da cama uma a uma, depois vai pegar uma mala em cima do guarda-roupa quando cai uma foto de Breno e ela juntos na festa de seu noivado, ela pega a foto e fica olhando, quando a porta abre e entra Eleildes.
__Já confirmei o voo querida?
Luciana toma um susto.
___Ah que susto!
___Me desculpe eu não quis assusta-la ___ Eleildes ver a foto no chão e pega a foto reconhecendo Breno ___É esse seu noivo?
___Ele faz parte de um passado...só isso,não importa mais ___Luciana rapidamente guarda a foto na gaveta, ___Eleildes fica observando, enquanto Luciana colocava as roupas na mala...do lado de fora Eleildes colocava as malas no porta luva, mais quando tem uma ideia.
___Ah..esqueci meu celular...posso ir pegar?
___Claro! Querida
Eleildes entra na casa e corre ao quarto, onde abre a gaveta e tira a foto da moldura e esconde na blusa, depois volta apressada.
___Que cabeça minha...vamos ___ Já diz entrando no carro e saindo.
MINUTOS DEPOIS
As duas embarcam no avião para Nova Iorque, Luciana estava tensa e Eleilde satisfeita com a prova que ela tinha encontrado.
___Está com medo?
___Não gosto muito de voar...
___Calma querida, são apenas duas horas e e meia passam rápido..logo...logo estaremos em Nova Ior que. Por acaso você conhece Nova Iorque?
___Não...nunca tive oportunidade __ Luciana temia encontrar com Breno Lá...mais decide omitir isso. O avião decola da janela Luciana avista a pequena cidade ficando pra trás,enquanto Eleildes estava satisfeita.

NOVA IORQUE
As duas chegam a cidade, Luciana se admira com a agitação, enquanto as duas pegam um Taxi.durante o passeio Luciana olhava os enormes arranha-céus, enquanto Eleildes conversava com ela para distraí-la. O taxi estaciona em frente ao prédio, Luciana se admira com a ostentação da empresa.
___É aqui?
___Exatamente...os ultimos 5 andares são nossos,nervosa?
___E como...minhas mãos estão gelando. Eu não sei se conseguirei__Eleilde segura as suas mãos.
___Confie em mim...eu não iria trazer você aqui,se não tivesse certeza do que te prometi...a nossa empresa tem várias Ongs a quem prestados auxilio...o proprio Otto,tem esse papel social....não se preocupe...eu estarei do seu lado..vamos __Eleildes e Luciana entram no elevador...Luciana estava fria e pálida.
NA SALA DE BRENO
___Elas acabaram de chegar senhor Breno__ Breno pára diante da tal informação, respira fundo...vai a enorme janela.
___Obrigada Géssica ___Breno sai da sala,sabia que o encontro seria decidivo para seus planos.
NAS EMPRESAS OTTO
Eleildes e Luciana saem do elevador, Luciana observa todos trabalhando...bem próximo Breno ia saindo de sua sala ,ao lado de Otto, quando ao vira-se dá de cara com as duas, ambos param diante um do outro....Luciana mal consegui acreditar no que estava vendo, por outro lado a surpresa de Breno era visível.
___Luciana....você aqui?___ todos param. Luciana fica sem palavras .clima tenso entre todos....Eleildes sorrir amarelo. Sabia que agora Breno não tinha como escapar de uma boa explicação.


RESUMO DO PRÓXIMO CAPITULO:
Com a chegada de Luciana, muita coisa muda na vida de Breno e ele faz de tudo para impedir que ela revele a todos que eles eram noivos,mais o que Breno nem imaginava é que Lealdo fosse se interessar por ela..criando assim situações que ele nunca imaginou e ele não medirá esforços para mudar essa situação a seu favor, conseguirá Breno reconquistar Luciana,Lealdo então iria desistir de sua nova paixão?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Começar de Novo || Capítulo 3
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Começar de Novo-
Ir para: