InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Começar de Novo || Capítulo 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
valdir sales pitombeira

avatar

Idade : 49
Cidade : ARACAJU

MensagemAssunto: Começar de Novo || Capítulo 7   20.02.13 16:05

SÉTIMO CAPÍTULO

Continuação da cena anterior...todos estavam admirados com Luciana,Lealdo aproveita o momento e a apresenta a todos.
____Essa é Luciana Palmer, ela é presidente de uma ONG que a empresa esta patrocinando, Otto pediu para que ela ficasse uns 3 dias na semana,para ver como as outras ONGs que a empresa ajuda.
____Você esta deslumbrante querida ___Cumprimentava Cecília,enquanto vivi a olhava com desdém.
____Obrigada.___ cumprimentava Luciana.
____Vamos entrar...se sinta a vontade a casa é sua..por aqui ___Cecília entra na mansão sobe os olhares de Vivi.
____Presidente de ONG!!! Sei...essa não tem cara de presidente..tem cara de outra coisa.
DENTRO DA MANSÃO
Breno não parava de olhar para Luciana,que estava ao lado de Lealdo,conversando com alguns amigos. Vivi também notava o interesse dele.
___É impressão minha...ou você também está admirando essa Luciana?
___É impressão sua querida...você é sem duvida a mais bela da festa ___Breno sorrir mais Viviane fica com uma pulga atrás da orelha,mais percebia que ele não tirava os olhos dela um só instante.
EM OUTRA PARTE DA MANSÃO:
Viviane avistava Lealdo e se aproxima, já soltando o veneno.
___Bela amiga a sua...se é que podemos chama-la de amiga.
___Está com ciúmes?
___Eu como ciúmes de você....Imagina!!! querido, eu sou noiva __Mostra a aliança no dedo ___ só achei ela um pouco....digamos extravagante demais...pra você que sempre foi tão reservado...aparecer com uma mulher assim?
___As pessoas mudam,querida....eu também posso mudar.
___Pelo visto,mudou pra pior, porque...cá entre nós...ela é muito exagerada,veja só o vestido dela!! Não me parece ser uma mulher seria...tome cuidado querido,porque uma mulher daquelas....facilmente encontrará encrencas com os outros homens.
___Eu estou a enganada-o,porque além de ciúmes,esta com inveja dela.
___Eu com ciúmes daquela lá....uma mulher sem classe....ma charry,eu nasci de berço tá...tenho stirpe....now how...não vou me impressionar com uma mulher vulgar daquela...era só o que faltava.
___Pois pra mim,esta aparentando isso...enquanto você a chama de vulgar,eu a considero...sexy....veja todos aqui...parecem que tem a mesma opinião que a minha.
___Homens queridos!! Todos são assim,não sabe diferenciar uma mulher de classe. De uma sem classe.pensam que todas são iguais...mais existe uma enorme diferença tá.
Vivi sai deixando Lealdo sozinho e pensativo.
___Hum...essa daí...não tem jeito.


DENTRO DOS SALÕES
Luciana era vista por todos os homens, Breno estava conversando com Otto,mais não tirava os olhos dela...após ser servida por um dos garçons,Luciana sai do salão e vai a imensa varanda que dava para o jardim....Breno aproveita e a segue, ao encontra-la na varanda,não percebi que Vivi estava trás de uma coluna e ouvia tudo.
___Não sabia que conhecia o Lealdo?
___Conheci ele não empresa e ele me convidou para..almoçamos juntos,porque?
___Eu fiquei surpreso,quando eu a vi com ele...vocês estão....juntos? quero dizer...
___Ele é apenas um amigo.
___só amigo?
___Você deveria esta atrás da sua noiva,eu a conheci,é muito bonita;
___Você sabe que eu ainda a amo___ Luciana se afasta ___que eu...
___Guarde as suas mentiras Breno,porque eu não caiu mais nelas.
___Mas é a pura verdade, sabes que meu casamento com Vivi é mais um negocio...na verdade eu te amo,nunca te esqueci.você sabe que eu sempre te ajudei...mandva dinheiro para a ONG
___Dinheiro!!! Dinheiro!! Tudo pra você e dinheiro,mais eu não estou a venda...
___Você tem que me entender
___tarde demais não acha? 15 anos se passaram Breno...muita coisa mudou inclusive eu....por tanto....não é bom que nos vejam juntos...vai que a sua noiva é ciumenta,pode estragar os planos do seu casamento...e eu creio que não é isso que você queira...é?
___Vivi também não me ama,esse casamento pra ela é mais um capricho de menina rica
___Como é que você trata as pessoas assim,como um simples negocio?como se as pessoas não tivessem sentimentos, pobre dessa menina, apesar de ser rica,com certeza você vai torna-la infeliz.
____Tudo na vida tem um preço.
___Pois eu não estou a venda senhor Breno...não sou e nunca vou ser um de seus negócios...por tanto...não gaste suas lábias comigo...com sua licença.
___Posso te ver mais tarde no hotel?__Ele a segura no ombro
___Acho melhor,você me soltar....quanto ao encontro....esqueça...não temos mais nada a dizer um ao outro....fique com a sua noiva...ou melhor,com o seu negocio,quanto a mim...,esqueça __ Luciana sai..fica Breno....Vivi que acaba de ouvir tudo,fica furiosa..joga a taça de uísque no canto e sai furiosa.
JÁ NO BANHEIRO
Viviane entra enfurecida...bate a porta e dar de cara com Brunelly que estava retocando a maquiagem.
___Ah mais eu mato ele!!___Furiosa ela se olha no espelho___Não percebe Brunelly no banheiro.
___Nossa!! O que deu em você?
___Oi ___Vivi disfarça a ver Brunelly ___nada...nada...
___O que foi amiga,não confia mais em mim? Que bicho te mordeu?
___Nada...eu já disse...que saco !! ___ Vivi sai do banheiro furiosa.
___Xiii...ai tem!!! Ah se tem.
NOS JARDINS
Vivi passa rapidamente e Lealdo....percebe que algo aconteceu...e vai atrás dela.
___Vivi o que houve?
___Me deixa em paz!!eu quero ficar só.___Lealdo pega Viviane pelo braço. Viviane o olha de cima a baixo.
___ta acontecendo alguma coisa?
___Ta sim___Ela se solta ___...quer saber...a sua amiga...se é que é amiga..tava dando em cima do Breno...o meu noivo.
___Luciana!!! Não pode ser?
___Pois foi..eu ouvi...eu bem que sabia com aquela cara de santa, na verdade é uma boa de uma sonsa isso sim...ah mais ela me aguarde...se depender de mim,a ONG dela não vai receber um só tostão do meu pai....]
___Calma...vamos conversar?
___Me deixa em paz!! Va embora...volta lá pra sua amiguinha,se não ela pega os homens todos da festa ___ Vivi sai correndo,deixando Lealdo sem entender.
___A Luciana e o Breno!! Não , não pode ser!eu tenho que fazer algo.o quanto antes...
VIVI CHEGA AO ESTACIONAMENTO
___Alfred me leve pra casa.
___Mas já senhorita....a festa mal começou
___Escuta aqui...você é pago pra obedecer ordens e não pra dizer a hora que eu saiu ou não das festas....vamos embora....AGORA___Viviane entra furiosa no carro.
___Sim senhora ___Ele abre a porta e ela entra.
___Negocios...eu vou mostrar a Breno o que são negocios.... ____o carro sai dos jardins da mansão....Vivi estava completamente furiosa com o que tinha ouvido.
DENTRO DA MANSÃO
Luciana estava em pé no canto,quando vem Lealdo
___Eu posso falar com você?
___Aconteceu alguma coisa?
___aconteceu sim...por aqui ___Saem os dois juntos
DO LADO DE FORA.
___Eu....mais o que essa menina pensa que eu sou?
___Eu sabia que tinha algo de errado. Mas ele me pareceu furiosa.
___Não me importa ___Luciana lembra da conversa __A não ser que ela ouviu
___Ouviu o que? Do que você está falando?
___É uma longa história Lealdo,
NA BIBLIOTECA DA MANSÃO
Eleildes estava conversando com um amigo,quando aparece Breno. Ela disfarça com o amigo e sai ao encontro dele.
___Parabens pela indicação ao Senado.
___Obrigado...viu a Vivi?
___Não, mas ouvir dizer que ela já foi.
___Sem mim.. é com ela mesma...com sua licença.
___Você esta se achando com essa indicação ao senado..é uma longa caminhada querido,esta preparado?
___Eu sempre estou preparado pra tudo.porque eu sempre consigo o que eu quero Eleildes e nada do que você vier a fazer vai mudar isso.então se acostume...eu sempre venço...sempre...com essa indicação ao senado e com a aproximação do meu casamento..nada pode me impedir...nada,muito menos a inveja de certas pessoas.
___Cuidado meu caro...não vá com muita sede ao pote.
___O que, quer dizer exatamente?
___Que muitas águas correm pode debaixo da ponte querido..e casamentos podem acabar até na hora da igreja.
___isso é seu grande sonho,não é?
___Digamos que eu sou a única pessoa aqui,que sabe quem é você e seu golpe do baú.
___Olha aqui Eleildes....
___Olha aqui você....o seu reinado está por um fio....pode apostar nisso.
___tome cuidado comigo. Eu não sou homem de ameaças.
___Muito menos eu...mais se prepare...você terá uma surpresa na segunda feira...pode apostar nisso.
___Eu acho que você é que terá, e não será nada agradável....até segunda....___Eleildes sai,deixando Breno com a pulga atrás da orelha.
ENQUANTO ISSO
Na mansão...Viviane chegava enfurecida...entrava no quarto, quebrava alguns objetos,jogava outros na parede.
___Um negocio!! Ele me trata como um negocio!!! Pois muito bem Breno,é assim que você quer,não é...pois é assim que você terá...eu te prometo. Eu vou transformar a sua vida num inferno....não é um negocio que você quer..pois vai ser um negocio que você terá.pode apostar nisso...quem viver....verá....
VOLTANDO A FESTA
Luciana conversava com Lealdo sobre seu passado com Breno.
___Então é ele...o Breno...juro ! eu nunca poderia imaginar que tivesse sido ele___Disfarça tentando enganar Luciana__É uma pena.
___Pena porque?
___Eu sei que o Breno é um homem sedutor e já percebi que você ainda pensa muito nele...não é verdade.
___Mas isso faz 15 anos...eu só o vim reencontrar agora...se eu soubesse que ele seria o vice presidente do grupo,eu jamais teria vindo.
___E você não sente mais nada por ele?___Luciana se afasta não querendo tocar no assunto.
___Mágoa...apenas isso.o Breno fez sua escolha..eu não posso fazer mais nada...a não ser...
___A não ser___ Insiste
___Esquecer um passado...só isso, nada mais...o Breno já não sigfnifica nada pra mim,a não ser uma página virada pode apostar nisso.
___Mais o que houve para Viviane ter uma atitude daquelas.
___Sabe que o Breno,teve a coragem de mim dizer? Que ainda me amava,que o casamento dele com a Vivi,era apenas um negocio, eu acho que foi isso que ela ouviu.
____É deve ter sido isso mesmo,se eu conheço a Vivi..a essa altura ela deve estar odiando o Breno...e você também.
___Eu não queria causar problemas....
___Vivi já é um problema.
___Mais você acha que eles podem romper o casamento? Por minha causa.
___Não...claro que não! Esse casamento para Viviane é como um troféu...ela não perderia a chance de ter o casamento dos sonhos...amanhã ela vai acordar calma e ira esquecer tudo isso. Você vai ver.... bem...acho que esta na hora irmos,que tal?
___Acho bom,mesmo...essa festa já deu o que tinha que dar.
Lealdo e Luciana saem da festa, de longe Brunelly apenas observava, do outro lado..Breno que não estava gostando do que via..ele fica apenas observando os dois entrando no carro
NO APARTAMENTO DE BRENO:
A porta abre e ele entra...furioso..vai ao bar e se serve com um uísque, ao vira-se toma um susto...Vivi estava a sua frente
___O que você esta fazendo aqui Vivi?
___Por que? Não posso ir ao apartamento do meu noivo...ou será que isso não esta incluso no negocio.
___Do que você esta falando?
___do negocio..que é o nosso casamento...porque pra você é um negocio não é?
___Eu não sei do que você esta falando?
___Pois eu vou refrescar a sua memória...eu ouvi você dizendo lá pra quela sua ex noiva que ainda a ama..e que o nosso casamento é apenas um negocio....pois muito bem,se é um negocio...eu quero saber o que eu vou ganhar com esse negocio.....
Breno fica sem ação diante das afirmações de Viviane.
___Querida....você entendeu errado.
___Ah quer dizer,que além de idiota, eu sou surda agora é?
___Não se trata disso...você entendeu errado,só isso.
___Entendi...sabe o que eu entendi...é que pra você esse casamento não passa de um negocio,bem lucrativo não é....que o que eu penso e sinto,não importa
___Viviane nós dois sabemos perfeitamente...que entre a gente não há Amro.
___Sim eu sei! Mas isso não lhe dar o direito de me ridicularizar na frente de todos..das minhas amigas por exemplo...imagine se uma delas sabe disso.estou perdida.
___Eu falei sem pensar...
___Pois pense agora por diante tá. Porque eu não vou passar por idiota,perante a sociedade...se você ama aquela mulherzinha lá, o problema é seu, agora quanto a mim,eu exijo respeito..se pra você o nosso casamento é um negocio! Saiba que pra mim,é muito mais do que isso. Eu investi muito nele e não vou se quer admitir que nada saia errado entendeu....nada entendeu?nada....
____Você precisa se acalmar!
____ Me aCalmar ...eu estou calmíssima...eu só vim aqui,pra te dizer isso,não pense que eu sou idiota....e se hoje eu decidi romper esse casamento...quem vai sair perdendo é você meu caro,pense nisso....por tanto...até o dia do casamento...se mantenha longe de fofocas....e de suas amantes,eu quero , eu exijo....que antes do casamento,nós dois continue a ser o casal do ano...fui bem clara! Porque se não...eu juro...eu juro que eu falo com papai e você está acabado...por tanto...ande na.....LINHA ___ Vivi pega a bolsa e sai,batendo a porta
____Era só o que faltava.
Vivi entra no elevador,apressada...ao sair nem percebe que Brunelly estava entrando no prédio,ela se esconde e deixa Vivi passar,depois entra no elevador e vai ao apartamento de Breno.
___Ela passou por mim,como um furacão.
___Ela veio me ameaçar.
___Mas o que aconteceu?
___Ela ouviu uma conversa entre mim e Luciana.
___Crise de ciúmes agora é?
___Vivi esta com medo é que o tão sonhado casamento dela,não saia como ela deseja....é só isso, no fundo eu sei que ela ama o Lealdo.
___É mas pelo visto,ele já está interessado em outra
___De quem você está falando.
___Você não viu o jeito que ele estava com aquela Luciana na festa..eu mesmo os vi se beijando ___Breno fica impaciente ___pelo visto você também perdeu querido..a sua ex...agora esta lá no hotel com Lealdo...
____Luciana não faria isso?
____Querido...pode apostar que,qualquer mulher se interessaria por Lealdo...charmoso como ele é.
___Vamos mudar de assunto ___ Breno sai da sala.
___Ciúmes...agora Breno...isso não combina com você.

NO HOTEL DE LUCIANA
Eles estavam tomando uma taça de vinho.
___Então gostou da festa?
___Foi ótima.apesar dos pesares
___E da companhia?
___Digamos que foi a melhor que eu já tive ___Ao terminar a frase,Lealdo aproveita e a beija,no inicio ela reagi,tenta sair,mais acaba de envolvendo aos poucos nos braços de Lealdo.
NO QUARTO
A porta da suíte se abre e entram Luciana e Lealdo aos beijos....já tirando a roupa um do outros e caindo na cama,estavam completamente entregues ao amor..enquanto sozinho Breno observava de seu quarto as luzes da cidade..enquanto tomava um uísque, ele não parava de pensar em Luciana com Lealdo,em sua mente só vinha essa cena.
___O que esta acontecendo comigo.eu não posso perder as rédias desse jogo.não posso.
Enquanto isso vem Brunelly
___Falando sozinho amor.
___Pensando alto.
___Na indicação ao senado.
___Será um grande passo na minha carreira.
___Está com medo?
___Eu não sou homem de ter medo. Apenas digo que é um caminho minado,por isso.tenho que ter cautela por onde andar e como andar...só isso.
___Vamos dormir meu amor..tive um dia cheio.
___Vá...eu vou terminar meu uisque.
NO QUARTO DE BRENO;
Brunelly estava em pé olhando a vista e pensativa.
___O que será que Lealdo fará com Eleildes? Ele não pode deixar essas fotos cairem nas mãos de Otto.não pode se não eu estarei perdida.
NO OUTRO DIA.
Luciana acorda..e percebe que aconteceu na noite anterior...ela sai da cama,se enrola num roupão de seda...havia roupas pelo quarto,duas garrafas de champanhe na mesa,duas taças,mais Lealdo não estava....havia um bilhete em cima do criado mudo,ela pega e ler
‘ TIVE QUE SAIR PRA RESOLVER UNS PROBLEMAS URGENTES
TE ESPERO PRA ALMOÇAR MAIS TARDE HOTEL
TIVE UMA DAS MELHORES NOITES
JÁ ESTOU COM SAUDADES SUAS
TE AMO.LEADO.
Luciana sorrir ao ler o bilhete e volta a deitar-se na cama
ENQUANTO ISSO
O carro de Lealdo,para numa rua esquisita, havia outro carro a sua frente,ele desce do carro e vai em direção ao outro carro,assim que ele entra entrega um envelope
___Está aqui a foto dela e o endereço.
___É pra matar Chefe?
___Não...apenas um susto...ela tem uma coisa eu quero. Encontre e me avise,ai dentro tem a foto dela,o endereço e seu dinheiro..
____ok....hoje ainda pela manhã eu consigo.
____Dia de sábado..ela costumar passear no parque,é uma boa hora para você agir,agora lembre-se ,não a machuque...agora se ela resistir sabe como fazer.
___Pode deixar Chefe.
Lealdo sai do carro e volta ao seu. Saindo em seguida.
NO APARTAMENTO DE BRENO
Ele acabava de sair do banho, enrolado numa toalha, enquanto Brunelly tomava banho ,quando ela ouve tocar o celular, ela sai do banho e atende.
___Você é louco ligar pra mim! O que foi? Sei....o o que você mandou fazer? O que!! __falava baixinho ____ a onde você está? To indo ai...daqui a uma hora...to na casa de Breno sim, não ele esta na sala, to no banho. Ta..tá...to indo ___Brunelly desliga o celular__O que foi que ele mandou fazer meu Deus.
NA SALA
___Vai sair?
___Adivinhe ? Vivi...disse que quer, falar comigo agora..
___Imagino o que seja?
___O que você aprontou dessa vez?
___Nada...ela esteve aqui na noite passada. .conversamos e eu coloquei as cartas na mesa...se esse casamento é lucrativo pra mim, será muito mais pra ela. .ela não quer o casamento do ano? Pois ela vai ter.
___Bem eu vou ver o que ela quer, depois te ligo ___ Brunelly beija Breno e sai rapidamente. Breno fica.
ENQUANTO ISSO
Eleildes estava fazendo a caminhada no Central Park, quando um carro, estaciona três homens descem, eles tiram do envelope uma foto...e fica observando quem passa, logo vem Eleildes ela não percebe que os mesmos estavam seguindo ela,
NUM LOCAL AFASTADO
Brunelly chega, estaciona o carro e entra num prédio pequeno, ela sobe as escadas,passa por um corredor e entra...Lealdo estava em, pé esperando.
___Cara o que você vai fez com ela?
___Calma! Eu não fiz nada....
___Como nada! Você mesmo disse que ia impedir que ela mostra-se as fotos ao Otto....mandou matar ela.
___Claro que não! Eu não sou um assassino....eu só não quero,que ela estrague os meus planos, se ela entregar essas fotos ao Otto, ele acaba com esse casamento.
___Mas não era isso que você e a Eleildes queriam. Tirar o Breno da parada,que ele não se casasse com a Vivi...pra não assumir a presidência...poxa ..agora que vocês conseguem...você manda destruir as provas....cara....eu não entendo.
___E quem disse que eu quero impedir o casamento dele com a doida da Vivi?
___Não!!! Mais depois do casamento ele assumi a presidência e você meu filho...cai do cavalo...porque o Breno...ele não vai querer você por perto, você e a Eleildes, Imagine! Ele vai querer te ver pelas costas.
___Sabe qual é o seu mal...é que você pensa pouco...
___Eu não entendi!
___Pois vai ficar sem entender...o lance é tirar essas fotos da Eleildes,depois na hora certa eu sei como usa-las em meu favor....deixe o Breno cantar de galo, ele pode até assumir a presidência se casar com aquela antipática....por que depois...ele vai pra cadeia e vai apodrecer lá....
___Lealdo....Lealdo...o que você esta armando?
___Eu não...ele esta fazendo a própria cama dele...eu apenas vou assistir a sua queda...de camarote...Otto não apostou as cartas nele? Não fez tudo por ele,enquanto eu..ali do lado dele...ele nem me ver....quando eu me separei da Vivi...ele nem se quer me ligou pra dizer nada...talvez ele tenta até gostado...claro! eu não era o Breno...o infalível..o conquistador o filho que ele nunca teve....pois então...é esse filho dele que vai...mata-lo.
___O Breno!!! Matar o Otto....brincadeira...ele adora o Otto, ele o tem como um pai...ele faz tudo pela empresa, você acha que ele vai matar a galinha de ovos de ouro dele ,nunca...Breno pode ter todos os defeitos ,é ambicioso ,passa por cima de todo mundo ,agora assassino...isso não...Matar o Otto...nunca!
___matar o Otto...eu sei que não...agora....acusado...ele pode ser.. ou não?
___Agora eu entendi...claro!!! é esse seu plano...mandar matar o Otto e acusar ele de assassino...ele vai preso...e você assume a presidência do grupo?mas como você vai assumir a presidencia...voce precisaria ter 51 por cento das ações...e isso....você tem?
___Eu tenho um trunfo ainda maior querida.
___E que trunfo é esse?
___Segredo...todos vão saber.. mas na hora certa. Por enquanto essas fotos ,serviram como prova da traição do Breno...e elas vao aparecer justamente nas investigações.com certeza a policia ira achar ótimo..essas provas....já estou vendo a matéria ,genro que traia a filha do magnata mata o sogro,para esconder provas do adultério. Ai eu quero ver sem o Otto, sem apoio de ninguém...Breno vai apodrecer na cadeia.
___Mas o que vai acontecer com a Eleildes.
___Ela ficara ausente uns dias...ela pode abrir a boca sobre as fotos..então eu preciso mantê-la longe dos meus planos. Mas não acontecerá nada de mal com ela, eu prometo ___Lealdo fixa o olhar, enquanto Brunelly ficava pasma com tudo que ouvia.
NO CENTRAL PARK
Quando Eleildes se aproxima do carro...os homens chegam
___Quem são vocês?__Ela se assusta ao ver a arma
___Entra no carro,dona __Ele mostra a arma
___É um assalto?___Os homens a empurram contra o carro.
___cala a boca e entra __Os homens empurram Eleildes para dentro do carro,um ocupa o volante e sai em desparada,sem destino.dentro do carro assustada..Eleildes tenta se soltar mais os homens forçam as cordas.

___Me tira daqui...quem são vocês o que,querem de mim?
___Cala a boca dona...se não vai sobrar pra você..por tanto fique calada.quieta e tudo vai dar certo.___O carro sai em alta velocidade pelo central park
VOLTANDO AO APARTAMENTO DO LEALDO
Fala ao celular.
___Ótimo..já sabem o que fazer? Isso...a levem pro local combinado...depois entre em contato...___Desliga ___ pegaram ela? Agora é só uma questão de tempo, e as fotos estarão na minha mão ___ Lealdo sorrir satisfeito.
NA MANSAO
Viviane descia as escadas e encontrava Dora na sala.
___Bom dia filha...saiu da festa que eu nem vi
___cade o papai?
___Jogando Golf...não vai tomar café?
Viviane sai sem deixar a mãe terminar, no campo de golf ela chama pelo pai,que estava terminando de fazer sua ultima tacada...depois ele se aproxima
___Bom dia filha?
___Pai..eu preciso falar com o senhor é urgente.
___Aconteceu alguma coisa?
___Aconteceu...eu sou dona da empresa não sou?
___Sim filha...você é a herdeira de tudo...porque?
___Pois então...se eu sou dona da empresa, eu posso opinar sobre tudo que acontece os investimentos...
___Filha...você nunca se interessou pelos negócios da empresa,o deu em você agora?
___Ah sempre a primeira vez...pois então...eu fiquei sabendo que a empresa estava interessada em ajudar uma certa ONG?
___Sim...inclusive ela estava na festa da Cecília ontem?
___Eu sei...é por isso mesmo...papai...eu não quero que a minha empresa ajude essa ONG
Otto para diante da proposta de Viviane.
___O que...mais por que eu faria isso?
___O senhor mesmo não disse que eu também sou a dona da empresa,pois como dona eu não quero e não vou permitir que seja feita nenhuma doação aquela mulher entendeu papai?
Otto fica sem entender.
NUM LOCAL AFASTADO
Os homens chegam com Eleildes,que estava amordaçada e com vendas nos olhos...eles a jogão dentro de uma casa suja, com moveis velhos e algumas frestas nas paredes que dava uma luminosidade ao local. Após jogarem ela dentro eles saem...Eleildes tenta gritar mais estava amordaçada e não conseguia gritar....mais estava apavorada.
VOLTANDO A MANSÃO
___Filha o projeto social dela é maravilhoso,eu mesmo vi..ela cuida de centenas de crianças carentes.
___O governo que tome conta dessas crianças,porque a gente tem que ajudar não é a nossa obrigação.
___Filha eu já dei a minha palavra.
___Pois volte atrás papai...eu não quero que deem dinheiro aquela fulana ,papai ta na cara que ela vai gastar esse dinheiro com outras coisas ,menos com as crianças, ta na cara que ela não presta ..e como dona da empresa...papai eu exijo que não seja dado nada a ela...ouviu bem e aih...aih...do senhor se eu souber que eu fui traída, eu nunca mais falo com você papai...ouviu....nunca mais. ___ Viviane sai.
MINUTOS DEPOIS
Otto e Dora comentam o que aconteceu.
___Mas vivi passou dos limites Otto, você não vai acatar essa maluquice dela vai?
___Eu não sei...ela é dona também da empresa.
___Eu não acredito que você vai fazer isso...que vai deixar de dar uma ajuda a uma ONG seria,só porque a vivi não se deu com a presidente da ONG..não isso é no mínimo um capricho dela. E você não pode..não deve fazer isso...Vivi não pode achar que o mundo gira em torno dela. Otto...pelo amor de Deus...não faça isso...não faça.
Otto fica apreensivo.
NO HOTEL DE LUCIANA
Ela estava lendo,quando alguém bate na porta, ela vai abrir. Ao abrir a porta.
___Demorei ___Entra Lealdo já beijando-a
___Eu adorei as flores e o bilhete.
___Então...preparada para conhecer a cidade?
___Eu tenho voo amanha cedo.
___Meu amor...Nova Iorque é uma cidade fantástica...você não pode passar po ela sem conhecer...certos lugares....eu prometo que não vou cansá-la...ah não ser que você queira ___lealdo a beija novamente, quando ouvem bater a porta.
___Ué...esta esperando alguém __Diz Luciana.
___deve ser o almoço que eu pedi...eu vou abrir, do lado de fora Viviane esperava ansiosa.
VOLTANDO AO ESCONDIRIJO:
Dois homens estavam na frente da casa, muito bem armados...enquanto Eleildes dentro da casa,,estava tentannto tirar a mordaça.
VOLTANDO AO HOTEL DE LUCIANA.
Lealdo vai abri a porta.
Ao abrir a porta, ele dá de cara com vivi...ela para e olha os dois.
‘ ___Viviane!!! Oq eu faz aqui?
___Nossa que surpresa!! A vagabunda e o conquistador barato. Os pombinhos não vão me convidar pra entrar? Ou estão em alguma orgia?
Lealdo olha para Vivi e ficam os dois sem saber o que falar.


Fim do Sétimo Capítulo.

Resumo do Proximo capítulo.
Viviane se irrita com a presença de Lealdo no quarto de Luciana e arma um barraco,,Eleildes é deixada num escondirijo..Viviane decidi impedir que a empresa doe a ONG de Luciana..Breno e Lealdo discutem por causa de Viviane,e verdades são ditas,os dois discutem e acabam de pegando aos tapas , Viviane revela a Brunelly que ela foi a responsavel pela separação dela com Lealdo...a mãe de Paulo procura Breno e ameaça ele,se o filho não for encontrado,Viviane exige que Otto despeça Lealdo.O misterioso homem com quem Dora se encontra é revelado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Começar de Novo || Capítulo 7
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Começar de Novo-
Ir para: