InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Salamandra/ 25° Capítulo- Angelina flagra Romano e Carmela no Delicias do Café exclusivo!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Wilson Bernardo



Idade : 33
Cidade : Santa Isabel

MensagemAssunto: Salamandra/ 25° Capítulo- Angelina flagra Romano e Carmela no Delicias do Café exclusivo!!!   04.09.14 21:51


Salamandra


25° Capítulo
1° parte:
 Plano Geral, Estrada Deserta, Noite, Externa.
Annetta vem caminhando foco em Três Vezes em Câmera Lenta, sobre a vilã entrando em uma floresta com arvores assustadora, e segue em uma rua de terra que a leva para um centro de macumba...

 Câmera Aérea focando em Zoom In lento varias pessoas dançando e entre aquela roda sátira uma mulher nua a se exibir como se ela estivesse possuída e se chocalha de frente com a Câmera Externa, uma oferenda é feita e a mesma mulher com uma galinha nas mãos ergue ao alto, batuques dos bandolins uma roda é formada em ciranda e todos dançam em círculos, uma outra mulher bebe uma garrafa de vinho, os olhos de Annetta se arregalam diante do inevitável sob a presença da lua cheia que brilha sobre sua minas oculares, a galinha é degolada e o sangue banha o terreiro de Mãe Graça.
A sensualidade dos negros dançando e cantando a musica “Tranca Rua Meu Advogado” https://www.youtube.com/watch?v=lDvh3aGm_2o, e surge um homem com uma capa preta e entre um pentagrama feito na terra onde esta uma oferenda, joga-lhe a mão direita fazendo com que as três velas acendam-se a mulher dança em frente à Annetta, sensual vulgar. Não era uma simples e frágil mortal feminina e sim um corpo usado por uma cigana que bailava em Câmera Lenta, uma forte neblina paira ali e misteriosamente daí surge seu Bará com uma capa negra e segurando um cedro com uma caveira na ponta, uma figura horripilante, Zoom In em seu Bará gira a capa para traz e nota se um senhor com o olho direito sem vida ergue seu cedro para os céus como se proclamasse a guerra vinda... Corta Para:

Interna, Casa de Seu Bará, Noite, Plano Médio, Fundo Musical de: Dead Can Dance/ Frontier (1984).

Seu Bará aguarda Annetta sentado em sua cadeira de Page, Imagens emaranhadas a mulher se sacode de frente para a Câmera Externa, Imagem Retornando em Annetta que é conduzida pelas velhas serviçais, Imagens emaranhadas de uma galinha sendo degolado, um belo jovem toma o sangue da mesma em noite de Lua Cheia, Imagem Retornando em Annetta frente a frente com Seu Bará, este suspira olha dentro dos olhos de Annetta.

Seu Bará- Você tem coragem de desafiar as forças ocultas? Você esta disposta a se entregar de corpo e alma? Entenda guria você esta disposta a lutar pelo seu ebó? (Zoom In em Annetta que quase que enfeitiçada diz).

Annetta- Eu estou disposta a tudo pelo amor de Cesar até a vender minha alma para demônio em troca do amor descomedido que Cesar irá sentir tudo que eu mais quero é ver este homem se rastejando implorando o meu amor eu quero ser completa para este homem como sempre sonhei a vida toda.

Seu Bará- É!... He! He! Vamos ter muito trabalho para conquistar este homem, você trouxe? (Annetta retira um lenço de cor clara e um pouco nervosa entrega para seu Bará).

Annetta- Qual será o procedimento seu Bará? (Seu Bará cheira a peça de roupa de Cesar).

Seu Bará- Este lenço é de mona, tem certeza que este sangue é do teu ebó?

Annetta- Sim é de Cesar.

Seu Bará- Muito bem! Nos vamos fazer um trabalho de sangue pra Exu e vai ser uma lábia. Tu ta preparada? (Annetta sorri).

Annetta- Incondicionalmente seu Bará. (Seu Bará pega a mão direita de Annetta e repousa sobre seu lenço, Câmera Detalhe nas mãos de seu Bará alisando o pulso de Annetta que sorri gloriosa e então Efeito na Imagem surge uma Salamandra, e na outra seu Bará que entra em transe e então surge a fogueira que se envolve com a lua cheia, e na outra seu Bará se transforma, sua fisionomia muda e então pega uma faca Efeito na Imagem surge uma mulher nua a dançar possuída pela noite, ela agora dança em Câmera Lenta, e na outra cena seu Bará se transforma, treme gira os olhos e com a faca vai lentamente cortando o pulso de Annetta e surge muito sangue esta não se intimida se satisfaz com sua dor e seu Bará finaliza o corte e fecha o pano sobre o sangue de Annetta).
Seu Bará- Hu! Hu! Ta feito! (Annetta sorri deslumbrante).

2° parte:
Mansão Pellegrini, Externo/ Interno, Manhã, Quarto de Annetta fundo musical de: “Maria Bethânia/ É O Amor Outra Vez”, carro de Cesar saindo, Annetta fica a olhar pela janela de seu quarto seus olhos percorrem e seguem o carro de Cesar que some por entre as Araucárias na Mansão.
Esta sorri concisa, se olha no espelho penteia seu cabelo.
Annetta- Eu te amo Cesar... Maldição! Estou ficando louca de amor, como eu desejo este homem, como nunca desejei alguém.(Annetta desce as escadas e se depara com novos sofás sobre a sala).

Annetta- Devo estar sonhando, devo em fim Carmela o que esta acontecendo?

Carmela- A minha querida sorella sabe os sofás estavam às mínguas e resolvi modernizar.

Annetta- Carmela você ficou louca quer ficar na miséria é isso? (Annetta senta se aos novos sofás).

Carmela- O que eu fiz de errado?

Annetta- E eu que pensei que alguma coisa tinha mudado neste país, você coloca o pés logo ali e já começa a sentir este calor horroroso, gente horrível no caminho, gente feia parados esperando aqueles ônibus caquéticos, o dólar a trezentos e você torrando seu dinheiro como milharia para gente triste e sem noção?

Carmela- Querida fiz pensando no bem estar nossos, os outros sofás estavam deploráveis, e de...

Annetta- Que Depois Carmela? Que depois? Trocando estofados sem necessidades, vai ficar na miséria e depois não fique pensando que vou ajudar a você não, porque minha filha eu tenho te avisado.

Carmela- Annetta é couro é bem mais durável, e depois aqueles tecidos que comprei na Genebra tinham umas cores tão feias e escuras.

Annetta- Oh Carmela, você trocou ate de carro, você acha que eu não reparo nas coisas? A última vez que estive na Itália a negócios, seu carro não tinha nem cinco mil quilômetros rodados e você já trocou de carro Carmela... Será que você não pensa?

Carmela- Mas pensei que podia ser útil para te agradar, pensei na...

Annetta- Olha querida mas nem Judas agradou a Deus quem dirá você, o que é que tem nesta sua cabeça? Você pega como exemplo este quadro, ele tem um certo valor serve para fazer uma revenda num caso de emergência, desde meninas que ensino isso a vocês, você só deve comprar coisas que um dia você possa vender depois numa emergência, o  mundo esta um caos Carmela. (Manolo interrompe a conversa).

Manolo- Dona Annetta o carro a espera na frente da Mansão, com licença!

Carmela- Amada não vai tomar café?

Annetta- Olhando você com esta cara de cadela prenha todas as minhas vontades foram despejadas no lixo é isso! No Lixo! E agora sai da minha frente que tenho assuntos que não sejam gastos desnecessários a fazer.

Delicias do Café, manhã, Fundo Musical de: “Tanto Tempo/ Bebel Gilberto-”.
Juca pega nas mãos de Mônica, esta sorri envergonhada.

Juca- Obrigado pela noite, você é maravilhosa...


Mônica- Não você que é meu Guarda Costas, estou me sentindo uma Whitney Houston, ao seu lado. (Sorrisos Juca acaricia o rosto de Mônica que fecha os olhos). ...Estava tão bom, devemos ir para a CTA?

Juca- Estamos vivendo uma realidade agora! Fizemos amor foi maravilhoso acordamos e a vida continua e devemos encara lá, a CTA nos espera, vamos? (Juca estende a mão direita para Mônica e se vão abraçados). Corta Para:

CTA, Externo, Manhã, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Interno, Departamento Pessoal. Fundo Musical de: “James Newton Howard/ School Nurse”.
Romano prepara os documentos do divórcio de Cesar e Gerald entra na sala:

Gerald- E então estes são os documentos do divorcio de Cesar e Roberta?

Romano- Ele foi mais esperto que imaginava se casou em regime de separação de bens e ela novamente caiu na armadilha, o que era dele continua a ser dele claro não é dizia que amava a mulher, mas o que da a entender e que ele sempre teve os pés atrás com Roberta.

Gerald- E será que não tinha? Como pode esta mulher ser tão idiota, também uma favelada é claro que tinha que ser passada para traz... (Gerald então sorri freneticamente e Romano também sorri  em gargalhadas). Corta Para:

CTA, Diretor Geral, Interna, Noite, Fundo Musical de: “Teu a Deus/ Roberta Miranda”.
Cesar para de digitar no computador, Zoom In lentamente sobre Cesar passando para Plano Médio, Cesar levanta- se de sua cadeira e caminha em direção à janela abrindo vê funcionários trabalhando no subsolo, o sol reflete em sua face se angustia senta sobre sua poltrona, pega o retrato de seu filho Lucas que sorri este então chora desolada tristeza.
Cesar- Ter tudo e ao mesmo tempo não ter nada, como ser feliz sem ao menos sentir a emoção de ter uma família? E mentir! Mentir! (Imagens distorcidas voltam ao passado na memória de Cesar... Hospital de Gramado, Plano Geral Externo passando para Interno, Roberta é conduzida por uma cadeira de rodas por Cesar se olham apaixonados, Cesar beija Roberta na boca com intensidade).

Cesar- Hoje vamos fazer uma coisa diferente mocinha.

Roberta- Como assim? O que você esta aprontando mocinho?

Cesar- Isso foi na época dos meus pais, lembro- me de quando eles faziam isso, não só eles eram um hobby naquela época de grandes movimentações políticas, mas só havia pessoas que ali vivia a palavra amor, ate porque minha mãe me falava que um dia quando eu amasse de verdade levaria este alguém importante em minha vida alguém que me fizesse sentir o amor sabe Roberta?

 (Roberta se emociona secando as lagrimas segura o rosto de Cesar que a olha com ternura). Roberta- ...Sabe Cesar, todo dia é dia de recomeçar, hoje foi um dia perdido, mas se você tiver ainda uma chama ai dentro do seu coração ela se chama fé, tudo vai se transformar. (De repente o silêncio, troca de olhares, câmera se mexendo e surge um beijo em câmera lenta).

Cesar- Te amo! (Se beijam novamente, voltando à realidade este diz sozinho).

Cesar- O amor que cega o homem, que amor é este meu Deus que tem o dom de machucar, de criar cicatrizes profundas esta mulher destruiu o amor que eu sentia por ela, eu amava ela eu fiz juras de amor e promessas também, e ela me enganou, me feriu, eu fui um idiota, idiota!

3° parte:
Delegacia de Gramado, Noite, Interna, Fundo Musical de: “James Newton Howard/Goodnight”. Padre Ottero, entra na sala do delegado Orestes.

Delegado Orestes- Desculpa seu Padre, mas receio um tanto exagerado quando ressalta que seria capaz de morrer para salvar a vida de sua serva e...

Padre Ottero- E porque não? Nesta vida seu Delegado nada pode temer o homem seria sim capaz de entregar minha vida pelo dos meus fieis e sei que esta moça não matou aquela mulher naquela noite no navio, no entanto...

Delegado Orestes- No entanto seu Padre que esta conversa esta saindo dos padrões da nossa sociedade...

Padre Ottero- (Sorri desconfortado), Bem desculpa com bem vimos justiça e religião são muitos parecidas mas não são iguais seguem o mesmo caminho mas toma outros no final, política, justiça e religião sempre serão uma questão sem respostas, bom então deixe-me ir como disse tenho que preparar a igreja vai haver um recital de um coral que vem de João Pessoa estão de curta temporada na cidade, até mais seu delegado!

Delegado Orestes- Desculpa se fui intransigente talvez, mas como bem sabe trabalhamos a serviço da justiça por pena ou por certeza agimos de forma neutra... (Um silencio e um aperto de mãos).

CTA, Externo, Manhã, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Interno, Departamento Pessoal. Fundo Musical de: “James Newton Howard/ School Nurse”.
Romano bate na porta de Cesar e entra:

Romano- Já marquei a data da separação as copias os documentos que comprova que vocês estarão legivelmente estão nesta pasta tudo conforme a lei pede quer dar uma olhada?

Cesar- Não Romano! Confio no seu trabalho, e só me responda uma coisa quando chegar no dia preciso estar de frente com aquela mulher?

Romano- Como é uma separação em regime de separação de bens e não amigável não é necessário que esteja presente no dia em que ela precisara assinar o documento que consta que estarão legalmente livres. Irei amanhã conversar com ela e explicar em detalhes como será feito a separação.

Cesar- Bom pode levar esta pasta, e pode ir preciso fazer ligações, novos projetos em vista Romano e mais investimentos para o crescimento da CTA não posso me desconcentrar não! Não agora! (Romano se retira e Zoom In em Cesar que fica atônito). Corta Para:

 Delicias do Café, manhã, Fundo Musical de: “Beatriz/ Milton Nascimento”.
Romano estaciona seu carro e entra no Delicias do Café e em Câmera Lenta depara se com Carmela sentada na mesa, Câmera Detalhe nos olhos de Romano e nos de Carmela ambos surpresos ambos apaixonados:

Carmela- Já faz muito tempo que não nos vemos Romano, antes mesmo da viagem no navio.

Romano- Sim! Há muitos que não nos vemos, é realmente é uma surpresa em vê-la por aqui e... (Mas esta conversa é interrompida sob a presença de Angelina que se aproxima de Romano com sua cadeira de rodas).

Angelina- Há muitos que nos três não ficava- mos assim tão próximos, não é Romano? Esta cena merece uma indicação ao Oscar...

 (Encerramento com a música de: “(Instrumental) Beatriz/Milton Nascimento no show de Maria Bethânia”).



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TainaRo



Idade : 21
Cidade : Tocantins

MensagemAssunto: Re: Salamandra/ 25° Capítulo- Angelina flagra Romano e Carmela no Delicias do Café exclusivo!!!   08.09.14 21:00

To amando!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Babi lih



Idade : 18
Cidade : sao paulo

MensagemAssunto: , eu to amando a sua história.... Estou muito curiosa pra saber o desfecho dessa trama.   09.09.14 23:49

Wilson Bernardo escreveu:
sd

Salamandra


25° Capítulo
1° parte:
 Plano Geral, Estrada Deserta, Noite, Externa.
Annetta vem caminhando foco em Três Vezes em Câmera Lenta, sobre a vilã entrando em uma floresta com arvores assustadora, e segue em uma rua de terra que a leva para um centro de macumba...

 Câmera Aérea focando em Zoom In lento varias pessoas dançando e entre aquela roda sátira uma mulher nua a se exibir como se ela estivesse possuída e se chocalha de frente com a Câmera Externa, uma oferenda é feita e a mesma mulher com uma galinha nas mãos ergue ao alto, batuques dos bandolins uma roda é formada em ciranda e todos dançam em círculos, uma outra mulher bebe uma garrafa de vinho, os olhos de Annetta se arregalam diante do inevitável sob a presença da lua cheia que brilha sobre sua minas oculares, a galinha é degolada e o sangue banha o terreiro de Mãe Graça.
A sensualidade dos negros dançando e cantando a musica “Tranca Rua Meu Advogado” https://www.youtube.com/watch?v=lDvh3aGm_2o, e surge um homem com uma capa preta e entre um pentagrama feito na terra onde esta uma oferenda, joga-lhe a mão direita fazendo com que as três velas acendam-se a mulher dança em frente à Annetta, sensual vulgar. Não era uma simples e frágil mortal feminina e sim um corpo usado por uma cigana que bailava em Câmera Lenta, uma forte neblina paira ali e misteriosamente daí surge seu Bará com uma capa negra e segurando um cedro com uma caveira na ponta, uma figura horripilante, Zoom In em seu Bará gira a capa para traz e nota se um senhor com o olho direito sem vida ergue seu cedro para os céus como se proclamasse a guerra vinda... Corta Para:

Interna, Casa de Seu Bará, Noite, Plano Médio, Fundo Musical de: Dead Can Dance/ Frontier (1984).

Seu Bará aguarda Annetta sentado em sua cadeira de Page, Imagens emaranhadas a mulher se sacode de frente para a Câmera Externa, Imagem Retornando em Annetta que é conduzida pelas velhas serviçais, Imagens emaranhadas de uma galinha sendo degolado, um belo jovem toma o sangue da mesma em noite de Lua Cheia, Imagem Retornando em Annetta frente a frente com Seu Bará, este suspira olha dentro dos olhos de Annetta.

Seu Bará- Você tem coragem de desafiar as forças ocultas? Você esta disposta a se entregar de corpo e alma? Entenda guria você esta disposta a lutar pelo seu ebó? (Zoom In em Annetta que quase que enfeitiçada diz).

Annetta- Eu estou disposta a tudo pelo amor de Cesar até a vender minha alma para demônio em troca do amor descomedido que Cesar irá sentir tudo que eu mais quero é ver este homem se rastejando implorando o meu amor eu quero ser completa para este homem como sempre sonhei a vida toda.

Seu Bará- É!... He! He! Vamos ter muito trabalho para conquistar este homem, você trouxe? (Annetta retira um lenço de cor clara e um pouco nervosa entrega para seu Bará).

Annetta- Qual será o procedimento seu Bará? (Seu Bará cheira a peça de roupa de Cesar).

Seu Bará- Este lenço é de mona, tem certeza que este sangue é do teu ebó?

Annetta- Sim é de Cesar.

Seu Bará- Muito bem! Nos vamos fazer um trabalho de sangue pra Exu e vai ser uma lábia. Tu ta preparada? (Annetta sorri).

Annetta- Incondicionalmente seu Bará. (Seu Bará pega a mão direita de Annetta e repousa sobre seu lenço, Câmera Detalhe nas mãos de seu Bará alisando o pulso de Annetta que sorri gloriosa e então Efeito na Imagem surge uma Salamandra, e na outra seu Bará que entra em transe e então surge a fogueira que se envolve com a lua cheia, e na outra seu Bará se transforma, sua fisionomia muda e então pega uma faca Efeito na Imagem surge uma mulher nua a dançar possuída pela noite, ela agora dança em Câmera Lenta, e na outra cena seu Bará se transforma, treme gira os olhos e com a faca vai lentamente cortando o pulso de Annetta e surge muito sangue esta não se intimida se satisfaz com sua dor e seu Bará finaliza o corte e fecha o pano sobre o sangue de Annetta).
Seu Bará- Hu! Hu! Ta feito! (Annetta sorri deslumbrante).

2° parte:
Mansão Pellegrini, Externo/ Interno, Manhã, Quarto de Annetta fundo musical de: “Maria Bethânia/ É O Amor Outra Vez”, carro de Cesar saindo, Annetta fica a olhar pela janela de seu quarto seus olhos percorrem e seguem o carro de Cesar que some por entre as Araucárias na Mansão.
Esta sorri concisa, se olha no espelho penteia seu cabelo.
Annetta- Eu te amo Cesar... Maldição! Estou ficando louca de amor, como eu desejo este homem, como nunca desejei alguém.(Annetta desce as escadas e se depara com novos sofás sobre a sala).

Annetta- Devo estar sonhando, devo em fim Carmela o que esta acontecendo?

Carmela- A minha querida sorella sabe os sofás estavam às mínguas e resolvi modernizar.

Annetta- Carmela você ficou louca quer ficar na miséria é isso? (Annetta senta se aos novos sofás).

Carmela- O que eu fiz de errado?

Annetta- E eu que pensei que alguma coisa tinha mudado neste país, você coloca o pés logo ali e já começa a sentir este calor horroroso, gente horrível no caminho, gente feia parados esperando aqueles ônibus caquéticos, o dólar a trezentos e você torrando seu dinheiro como milharia para gente triste e sem noção?

Carmela- Querida fiz pensando no bem estar nossos, os outros sofás estavam deploráveis, e de...

Annetta- Que Depois Carmela? Que depois? Trocando estofados sem necessidades, vai ficar na miséria e depois não fique pensando que vou ajudar a você não, porque minha filha eu tenho te avisado.

Carmela- Annetta é couro é bem mais durável, e depois aqueles tecidos que comprei na Genebra tinham umas cores tão feias e escuras.

Annetta- Oh Carmela, você trocou ate de carro, você acha que eu não reparo nas coisas? A última vez que estive na Itália a negócios, seu carro não tinha nem cinco mil quilômetros rodados e você já trocou de carro Carmela... Será que você não pensa?

Carmela- Mas pensei que podia ser útil para te agradar, pensei na...

Annetta- Olha querida mas nem Judas agradou a Deus quem dirá você, o que é que tem nesta sua cabeça? Você pega como exemplo este quadro, ele tem um certo valor serve para fazer uma revenda num caso de emergência, desde meninas que ensino isso a vocês, você só deve comprar coisas que um dia você possa vender depois numa emergência, o  mundo esta um caos Carmela. (Manolo interrompe a conversa).

Manolo- Dona Annetta o carro a espera na frente da Mansão, com licença!

Carmela- Amada não vai tomar café?

Annetta- Olhando você com esta cara de cadela prenha todas as minhas vontades foram despejadas no lixo é isso! No Lixo! E agora sai da minha frente que tenho assuntos que não sejam gastos desnecessários a fazer.

Delicias do Café, manhã, Fundo Musical de: “Tanto Tempo/ Bebel Gilberto-”.
Juca pega nas mãos de Mônica, esta sorri envergonhada.

Juca- Obrigado pela noite, você é maravilhosa...


Mônica- Não você que é meu Guarda Costas, estou me sentindo uma Whitney Houston, ao seu lado. (Sorrisos Juca acaricia o rosto de Mônica que fecha os olhos). ...Estava tão bom, devemos ir para a CTA?

Juca- Estamos vivendo uma realidade agora! Fizemos amor foi maravilhoso acordamos e a vida continua e devemos encara lá, a CTA nos espera, vamos? (Juca estende a mão direita para Mônica e se vão abraçados). Corta Para:

CTA, Externo, Manhã, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Interno, Departamento Pessoal. Fundo Musical de: “James Newton Howard/ School Nurse”.
Romano prepara os documentos do divórcio de Cesar e Gerald entra na sala:

Gerald- E então estes são os documentos do divorcio de Cesar e Roberta?

Romano- Ele foi mais esperto que imaginava se casou em regime de separação de bens e ela novamente caiu na armadilha, o que era dele continua a ser dele claro não é dizia que amava a mulher, mas o que da a entender e que ele sempre teve os pés atrás com Roberta.

Gerald- E será que não tinha? Como pode esta mulher ser tão idiota, também uma favelada é claro que tinha que ser passada para traz... (Gerald então sorri freneticamente e Romano também sorri  em gargalhadas). Corta Para:

CTA, Diretor Geral, Interna, Noite, Fundo Musical de: “Teu a Deus/ Roberta Miranda”.
Cesar para de digitar no computador, Zoom In lentamente sobre Cesar passando para Plano Médio, Cesar levanta- se de sua cadeira e caminha em direção à janela abrindo vê funcionários trabalhando no subsolo, o sol reflete em sua face se angustia senta sobre sua poltrona, pega o retrato de seu filho Lucas que sorri este então chora desolada tristeza.
Cesar- Ter tudo e ao mesmo tempo não ter nada, como ser feliz sem ao menos sentir a emoção de ter uma família? E mentir! Mentir! (Imagens distorcidas voltam ao passado na memória de Cesar... Hospital de Gramado, Plano Geral Externo passando para Interno, Roberta é conduzida por uma cadeira de rodas por Cesar se olham apaixonados, Cesar beija Roberta na boca com intensidade).

Cesar- Hoje vamos fazer uma coisa diferente mocinha.

Roberta- Como assim? O que você esta aprontando mocinho?

Cesar- Isso foi na época dos meus pais, lembro- me de quando eles faziam isso, não só eles eram um hobby naquela época de grandes movimentações políticas, mas só havia pessoas que ali vivia a palavra amor, ate porque minha mãe me falava que um dia quando eu amasse de verdade levaria este alguém importante em minha vida alguém que me fizesse sentir o amor sabe Roberta?

 (Roberta se emociona secando as lagrimas segura o rosto de Cesar que a olha com ternura). Roberta- ...Sabe Cesar, todo dia é dia de recomeçar, hoje foi um dia perdido, mas se você tiver ainda uma chama ai dentro do seu coração ela se chama fé, tudo vai se transformar. (De repente o silêncio, troca de olhares, câmera se mexendo e surge um beijo em câmera lenta).

Cesar- Te amo! (Se beijam novamente, voltando à realidade este diz sozinho).

Cesar- O amor que cega o homem, que amor é este meu Deus que tem o dom de machucar, de criar cicatrizes profundas esta mulher destruiu o amor que eu sentia por ela, eu amava ela eu fiz juras de amor e promessas também, e ela me enganou, me feriu, eu fui um idiota, idiota!

3° parte:
Delegacia de Gramado, Noite, Interna, Fundo Musical de: “James Newton Howard/Goodnight”. Padre Ottero, entra na sala do delegado Orestes.

Delegado Orestes- Desculpa seu Padre, mas receio um tanto exagerado quando ressalta que seria capaz de morrer para salvar a vida de sua serva e...

Padre Ottero- E porque não? Nesta vida seu Delegado nada pode temer o homem seria sim capaz de entregar minha vida pelo dos meus fieis e sei que esta moça não matou aquela mulher naquela noite no navio, no entanto...

Delegado Orestes- No entanto seu Padre que esta conversa esta saindo dos padrões da nossa sociedade...

Padre Ottero- (Sorri desconfortado), Bem desculpa com bem vimos justiça e religião são muitos parecidas mas não são iguais seguem o mesmo caminho mas toma outros no final, política, justiça e religião sempre serão uma questão sem respostas, bom então deixe-me ir como disse tenho que preparar a igreja vai haver um recital de um coral que vem de João Pessoa estão de curta temporada na cidade, até mais seu delegado!

Delegado Orestes- Desculpa se fui intransigente talvez, mas como bem sabe trabalhamos a serviço da justiça por pena ou por certeza agimos de forma neutra... (Um silencio e um aperto de mãos).

CTA, Externo, Manhã, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Interno, Departamento Pessoal. Fundo Musical de: “James Newton Howard/ School Nurse”.
Romano bate na porta de Cesar e entra:

Romano- Já marquei a data da separação as copias os documentos que comprova que vocês estarão legivelmente estão nesta pasta tudo conforme a lei pede quer dar uma olhada?

Cesar- Não Romano! Confio no seu trabalho, e só me responda uma coisa quando chegar no dia preciso estar de frente com aquela mulher?

Romano- Como é uma separação em regime de separação de bens e não amigável não é necessário que esteja presente no dia em que ela precisara assinar o documento que consta que estarão legalmente livres. Irei amanhã conversar com ela e explicar em detalhes como será feito a separação.

Cesar- Bom pode levar esta pasta, e pode ir preciso fazer ligações, novos projetos em vista Romano e mais investimentos para o crescimento da CTA não posso me desconcentrar não! Não agora! (Romano se retira e Zoom In em Cesar que fica atônito). Corta Para:

 Delicias do Café, manhã, Fundo Musical de: “Beatriz/ Milton Nascimento”.
Romano estaciona seu carro e entra no Delicias do Café e em Câmera Lenta depara se com Carmela sentada na mesa, Câmera Detalhe nos olhos de Romano e nos de Carmela ambos surpresos ambos apaixonados:

Carmela- Já faz muito tempo que não nos vemos Romano, antes mesmo da viagem no navio.

Romano- Sim! Há muitos que não nos vemos, é realmente é uma surpresa em vê-la por aqui e... (Mas esta conversa é interrompida sob a presença de Angelina que se aproxima de Romano com sua cadeira de rodas).

Angelina- Há muitos que nos três não ficava- mos assim tão próximos, não é Romano? Esta cena merece uma indicação ao Oscar...

 (Encerramento com a música de: “(Instrumental) Beatriz/Milton Nascimento no show de Maria Bethânia”).



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wilson Bernardo



Idade : 33
Cidade : Santa Isabel

MensagemAssunto: Re: Salamandra/ 25° Capítulo- Angelina flagra Romano e Carmela no Delicias do Café exclusivo!!!   14.09.14 18:54

TainaRo escreveu:
To amando!
Obrigado por acompanhar Taina fico feliz que esta amando e você ja tem seu suspeito?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Salamandra/ 25° Capítulo- Angelina flagra Romano e Carmela no Delicias do Café exclusivo!!!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Salamandra/ 25° Capítulo- Angelina flagra Romano e Carmela no Delicias do Café exclusivo!!!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Web Novelas :: Salamandra-
Ir para: