InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Começar de Novo || Capítulo 15

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
valdir sales pitombeira

avatar

Idade : 49
Cidade : ARACAJU

MensagemAssunto: Começar de Novo || Capítulo 15   02.03.13 9:18

CAPÍTULO 15
Continuação direta da ultima cena,Breno se mostra inconformado com a situação dele
___Então quer dizer que eu estou preso a esse mundo pra sempre?
___Pra sempre é muito tempo meu caro, apenas você ainda não aprendeu a real razão de estar passando por isso.
___Aprender!! que eu estou louco..que isso não pode acontecer? Que eu estou vivendo numa vida que não é a minha que eu não a escolhi...o que eu tenho que aprender.
___Há muitas coisas entre o céu e a terra que você precisa compreender.
___Eu não sei! Me sinto perdido...essa gente
___Seus amigos....
___Sim,mas eu não os conheço...falam de coisas que eu não sei, que eu não vivi me sinto perdido...Morfeu você precisa me ajudar, eu tenho que voltar pra minha vida, eu sei que eu posso mudar muitas coisas, a clausula do contrato da seguradora,posso ajudar aquelas pessoas do hospital...mais no entanto estou aqui....preso...preso a um mundo que não é meu.
___Um mundo em que você não quis viver
___Sim, eu fiz a minha escolha...será que é errado isso...pelo amor de Deus Morfeu! Será que você não percebe que tudo isso é uma loucura queneu nunca farei parte da vida deles,que eu não sou essa pessoa que eles pensam que eu sou?
___Será que você não entende! Será que você não percebe que Deus tem um projeto na sua vida e que são poucas pessoas que teve a oportunidade que você teve para recuperar certas coisas, que alias estão a sua frente e você simplesmente não quer ver ou não esta percebendo..aquelas pessoas ali...são seus amigos, a sua família..e o que eles querem de você...nada! A não ser vocês, eles não querem seu dinheiro, seu status...sua posição...a sua família só que ter o pai deles de volta é só isso e você tem a chance de resgatar isso...de resgatar o homem que você deveria ter sido...não jogue fora a oportunidade que Deus esta te dando meu caro...e aprenda! O ontem já passou, o amanhã pertence a Deus e o hoje...é você quem faz. Aproveite __Morfeu se afasta..Breno continua sem entender.
Horas depois
Luciana se despedia de alguns amigos na porta da casa
___Bom que tenham gostado....nos vemos no Culto
___Claro que sim...meu jovem ( fala a Breno)_fiquei muito feliz com a sua recuperação...nos veremos no domingo no culto,uma boa noite (Sai, Luciana fecha a porta)
___Ah..graças a Deus, tudo saiu bem...e ai meu amor gostou da festa de seu aniversário.
___Foi ´ótima,estou cansado acho que vou me deitar com sua licena (Breno sai, Luciana começa a arrumar as coisas na sala,a porta se abre e entra Melissa
___Já foram todos?
___Já...e por falar nisso,quem mandou você convidar aquele rapaz.
___Ah mamaẽ! Vai começar de novo! Esqueceu que ele é filho do Pastor Jonas de quem a senhora e o papai gostam tanto
___Filha..você sabe muito bem que o pastor é um grande homem, um homem de Deus, mais sabemos perfeitamente que ele não é exatamente um herdeiro dele, esse menino só cria problemas,primeiro foi a irmã a Rosneive que...você sabe..agora ele que eu não gosto que você ande com ele e seu pai também não.
___Mamãe eu amo o Wallace e ele me ama. E quanto ao pastor, ele não é exatamente um santo, lembra o que ele fez com a filha dele? Ele a expulsou de casa quando ela estava gravida
___Isso não é um problema nossa...se o pastor fez o que fez ele teve os motivos dele, agora não podemos julga-lo filha.
___Ah não( Fica indignada ) Mais ele pode julgar os outros?
___Do que você esta falando?
___Ora mamãe...todos nós sabemos, alias a cidade em, peso sabe que o Pastor Jonas só sabe criticar os outros,de se mostrar um fiel escudeiro de Deus, mais quando se trata da família dele,ele os trata como um carrasco...a Rosneive praticamente foi humilhada pela cidade toda...e o que o grande pastor fez? Nada simplesmente a expulsou de casa, que homem de Deus é esse mamãe hein me diga que homem é esse que vira as costas para a sua própria filha?
___Ele teve os motivos dele...Rosneive caiu em pecado,o que queres que o pastor compactue com o pecado
___E quem é ele pra julgar os outros mamãe hein? Atire a primeira pedra que não tem pecado! Esqueceu dessa frase mamãe..esqueceu o maior mandamento de Deus...o perdão.
___Pelo visto pra defender o seu namorado você é bem convincente mais na hora de ir aos cultos..aí você não quer isso.
___sabe porque mamãe, por que eu não aguento ver tanta demagogia
___Filha!! não podes falar assim do nosso pastor!@
___Ah não! Porque? Isso não é a verdade, ele prega a Deus os mandamentos dele, mais quando acontece com a filha dele,ele simplesmente vira as costas, que homem é esse mamãe, que é capaz de virar as costas para a filha dele num momento em que ela mais precisava e agora ela esta lá naquela casa,sozinha. perdeu a família,o respeito de todos e pior...perdeu o filho que tiraram dela.
___Ela não tinha como cuidar da criança o pastor Jonas fez certo em dar a criança em adoção.
___Era o filho dela, ela é que tinha que tomar essa decisão e não ele mamãe isso não é justo.
___Você não sabe o que diz ela tinha apenas 16 anos que maturidade ela tinha pra cuidar de uma criança.
___O que eu sei mamãe é que o pastor Jonas, apesar de ser um homem de Deus, ele precisa aprender algo que ele jamais conseguiu aprender...a amar as pessoas.
___Do que esta falando?
___Que é comodo para o pastor,gostar daqueles que o seguem..que fazem exatamente o que ele quer, porque, quando se colocam contra ele..ele simplesmente bane essas pessoas,e os filhos dele são assim...ele quer forçar ao Wallace a ser um pastor, e ele nem percebe que isso não é a vontade e ele força..isso é errado...o Wallace é um bom moço.
___Ele não servi pra você minha filha.
___E porque não?
___Porque não...ele não trabalha,não faz nada..que futuro você terá com ele?
___Futuro!! mamãe eu não estou pensando em me casar não..eu gosto do Wallace mais daí a achar que eu e ele vamos nos casar, isso nunca, eu quero me formar primeiro..ei sim,eu penso nisso...por enquanto mamãe...somos apenas namorados tá...eu vou pra cozinhar lavar os pratos( Melissa sai)
___Essa daí não tem jeito!
Enquanto isso:
Breno estava sentado na cama...ele anda pelo quarto olhando as fotos em sua mente tudo que Morfeu havia lhe dito “ o ontem já se foi., o amanhã pertence a Deus e o hoje faça você mesmo” com isso na cabeça Breno mal consegui pregar o olho,ele volta para a cama tentando se conformar com o que esta acontecendo,tarefa nada fácil para um homem acostumado a tomar as suas próprias decisões.


UM MES DEPOIS

Bem cedo Breno já estava andando de bicicleta ao lado de um enorme lago...enquanto isso Luciana acordava e dava por falta dele,ela o procura pelo quarto, banheiro e desce as escadas Melissa estava fazendo o café:
___Você viu seu Pai filha?
___Quando eu acordei ele estava saindo de bicicleta
___Estranho...bem deixe eu ir acordar a Molly, ela brincou demais ontem e esquece que tem aula hoje.
___O café já esta saindo ( Luciana sai da copa,Melissa volta a fazer o café
Enquanto isso Breno para a bicicleta em frente ao Pier..desce encosta a mesma num alambrado e sai andando...ver pessoas correndo fazendo couper, todos muito tranquilos e se divertindo, depois ele sobe na bicicleta e sai pedalando.
Na posta da escola,Luciana deixava a filha e seguia direto, em outro local ela conversava com uma amiga
__Então ele não melhorou ainda?
__Não e isso está me angustiando..não sei o que fazer.
__Mas eu pensei que na festa de aniversário e com os amigos ele pudesse lembrar de alguma coisa
__Mais eu também pensei isso, mais anão aconteceu, ele continua calado, pelos cantos..eu não sei mais o que fazer,já fazem um mês que ele saiu do hospital e nada ;
__ Temos que ter fé minha amiga...pedir a Deus ele sabe todas as coisas e ele saberá a hora certa ( Nisso toca o telefone de Luciana)
__É da escola da Molly (Atende ) Alô..é ele sim (Ouve)O que! Como aconteceu? ( ouve) sei..sei...to indo pra ir agora(Desliga )
___O que aconteceu minha amiga
___A Molly..ela desmaiou na escola..eu tenho que ir pra lá
___Vamos eu te levo,você não esta em condições de dirigir (As duas saem apressadas)
Na escola:
Luciana entrava nervosa e ia a sala da diretoria
__A onde está a filha?
__Calma o nosso médico esta com ela dona Luciana
__Eu quero ver a minha filha
Na sala do consultório a filha na cama )__ Doutor o que tem a minha filha...Molly...Molly fala com a mamãe Luciana se desespera com a situação da filha)
___Calma...já mandei chamar uma ambulância -la ao hospital.
___Hospital ( Se desespera ) Então é tão grave assim?
___Eu não posso adiantar nada,sem fazer os exames...por enquanto esse é o nosso procedimento,assim que os exames forem feitos,eu poderei dar um prognostico a senhora.
___Meu Deus..minha filha ( Luciana abraça a filha que continua inconsciente.
Minutos depois a ambulância leva Molly ao hospital enquanto Luciana chora abraça a uma amiga se dirigia ao hospital.
Detalhe:
a porta da emergência se abre e Molly é lavada as pressas para fazer os exames, na recepção...Luciana tentava encontrar Breno,mas sem exito.
___Meu Deus...ele não esta em casa ( desliga)
___Calma amiga..tudo vai da certo, já liguei para o Pastor Jonas ele vai encontrar o Breno...fique calma
___Meu Deus o que esta acontecendo com a minha família,primeiro o meu esposo e agora a minha filhinha..Meu Deus! (Luciana se abraça a amiga )
Enquanto isso:
Breno chegava calmamente em sua bicicleta, ele a coloca na garagem e entra em casa e estranha a casa vazia, ele procura nos cômodos,ele sobe ate o andar de cima e nada, nisso a o telefone na mesa da cozinha, ele desce as escadas e atende.
___Alô...e ele (Ouve ) Calma...Calma Luciana o que aconteceu?( Ouve ) A molly? Mais como aconteceu? (Ouve ) sei,sei...sei estou indo pra ir..calma...fique calma ( Breno começa a ficar desesperado, procura nas gavetas a chave do carro,até achar, imediatamente ele entra no carro e o liga,quando percebe um detalhe
___Onde fica esse hospital ?__Breno sai em alta velocidade a procura do hospital, enquanto isso sentada num cadeira Luciana rezava segurando uma bíblia, quando entra o Pastor JoNAS.
__Vim logo que soube,como ela está?
__Eu não sei, os médicos não dizem nada
___Calma...Calma que Deus não deixara nada de mal acontecer a ela...e o Breno.
___Acabei de falar com ele, ele esta vindo pra ca
___Mais o que aconteceu afinal?
___A professora disse que ela simplesmente desmaiou na sala...há dias que ela estava se queixando de dores na cabeça,mais eu a levei ao médico....Pastor...será que é grave?
___Calma...eu vou conversar com alguns amigos meus aqui er voltarei com uma resposta...fique aqui e aguarde o Breno ( O pastor sai..Luciana fica sozinha, andando de um lado a outro?
Enquanto isso:
Na sala dos Exames o rosto do médico no era satisfatório,ele olha para a sua assistente e faz sinal para ela sair da sala,em outra sala ele já entra tirando as luvas
___Então doutor é Grave
___Infelizmente a menina esta em coma.
___Meu Deus! E agora?
___Não temos como fazer os exames que ela precisa aqui..o hospital não tem condições pra isso.
___Ela vai ter que ser transferida?
___O mais rápido possível
___Pobre da Luciana...como ela vai reagir a mais isso?
___Eu vou falar com ela ( O médico sai,deixando a assistente super preocupada.
___Pobre da Luciana, mais essa, primeiro o marido..agora a filha. Pobre menina...pobre família.
Na recepção
Breno chegava atônico
___Como ela está?
___Lá dentro fazendo uns exames..ah Breno( SE abraça ) eu to comedo.
___Calma...não há de ser nada de grave;
___Eu não sei...já tem duas horas que ela esta lá dentro de não me disseram nada....eu to com medo Breno ( Eles se abraçam)
a porta do consultório se abre e aparece o médico
___Então doutor...como esta a minha filha?( Close no rosto do médico olhando para os dois _) Vamos doutor...fale..fale como esta a minha filha? ( Luciana se mostra desesperada )
___Por favor me acompanhe a meu escritório sim]
A porta do escritório abre, entra o médico e Luciana abraçada a Breno.
___Por favor sente-se (Eles sentam em frente ao médico)
___Doutor por favor...não me esconda nada sim.
___Eu vou ser direto..bem..segundos os exames preliminares que fizeram..constatamos que (Luciana aperta as mãos de Breno) __que a sua filha, esta em coma ( Desespero de luciana
__Em coma!! meu Deus (Abraça Breno )minha filha
__Esse como é induzido ou não?__Indaga Breno
__Infelizmente não. O estado de coma é natural...eu não posso fazer nenhum diagnostico sem a conclusão dos exames, mais pela minha experiencia...a sua filha tem um coagulo no cérebro
___Um coagulo ( Luciana para,olha para Breno ) masa como isso pode ter acontecido...ela é uma menina sadia
___As coisas acontecem, ela reclamou de algo? Nessas duas semanas?
___Sim...dores de cabeça,mais eu não imaginei que fosse isso doutor...e agora....o que faremos..é grave? Ela...ela pode...
___Eu vou ser muito sincero com vocês o caso dela é grave sim..ela terá que ser submetida a uma cirurgia
___Não!!! ( Luciana levanta da cabeça,se sente sem folego ) ela só tem 6 anos doutor...como isso pode acontecer?
___As coisas acontecem...acredite há crianças de menos de um ano com problemas cardíacos
___Doutor quais são as reais chances de uma cirurgia com exito, nesses casos (Luciana estranha Breno falando assim ) sim porque o senhor teve ter um prognostico disso...
___O senhor parece entender bem do que esta falando?
___Isso não vem ao caso..eu quero saber,quais as chances reais de uma cirurgia craniana numa criança de 6 anos...poderá haver sequelas por exemplo?
___Ainda é cedo para que eu possa lhe dar esse diagnostico.
___E nesses casos, qual a probabilidade de exito. Digo se tirar esse coagulo sem que haja prejuízo mental a criança
___Breno...como você sabe isso?
___Luciana...depois conversaremos...então doutor..
___Bem eu não vou engana-los o caso é bastante critico,mais não posso avalia-la aqui nesse hospital,não temos os equipamentos necessários para que seja feito um mapeamento do cérebro dela...ai sim poderemos avaliar com mais exatidão e vermos qual a cirurgia que mais seria viável.
___Então esta tudo certo....vamos fazer esses exames
___O senhor não entendeu...não dispomos desses equipamentos aqui...a criança terá que ser transferida para um hospital de alta complexidade os senhores tem plano de saúde condições dessa transferência...aviso que isso se tornará bastante dispendioso...pra não dizer caro
___Plano de Saúde ( Luciana olha para Breno ))Temos sim doutor..nós temos.
___Eu aconselho a entrar em contato com eles,para ver a melhor maneira de transferi-la daqui...o quanto antes possível qualquer duvida mande que eles entrem em contato comigo e eu explicarei mais detalhadamente as condições da paciente;
___Claro doutor...eu vou ver isso agora...daqui a pouco eu entrarei em contato com o senhor.... vamos Breno..temos que agir
Na casa de Luciana:
Ela procurava nas gavetas os documentos do plano de saúde
___Estava aqui...eu mesmo guardei...Melissa você não viu?
___Não mamãe!! eu não vi. Não
___Temos que procurar em todos os lugares tem que estar aqui em casa..mais a onde? ( Todos procuram, dentro de gavetas,armários...Melissa consegue encontra-la dentro de uma pasta
___Achei mamãe ( entrega a Luciana que rapidamente folia as paginas
___Está aqui o numero do plano .
___Obrigada
Luciana vai ao telefone e começa a discar...espera um momento ) Alô...aqui é Luciana Palmer Sherman, eu gostaria de falar com o setor de cirurgias sim ( Fica esperando ) tá eu espero ( Ouve,Breno cruza os braços a espera de uma solução?
Minutos depois:
Luciana coloca o telefone no gancho, detalhe para o rosto dela abatida, Melissa percebe e senta-se em frente dela
___E ai mamãe..o que disseram
___Eles disseram ( Breno a interrompi )
___Que o plano não cobre a cobertura da viagem ( Todos param olhando para Breno, ele percebe )
___Como você sabia disso papai?
___Sim Breno! Como você sabia?
___Eu apenas sabia.
___Mas e agora mamãe,como faremos com a Molly
___Eu não sei filha...eu preciso pensar não vamos ter condições de pagar essa transferência;
|___Mais e a nossa poupança mamãe
___Não será suficiente filha...Breno...o que faremos?
___Vamos ao banco..quem sabe ele nos possa emprestar..e daremos a casa como garantias
___Sim...mamãe, papai esta certo o gerente do Banco é nosso amigo ele não ira se opor a isso. Vamos
(Luciana olha para Breno )
Já no Banco:

___Eu sinto muito Luciana,mas infelizmente a linha de credito para esse tipo de situações...esta suspensa.
___Mais Prado! É a minha filha...o médico disse que ela não tem condições de operar aqui...que precisa ser transferida para a capital com urgência.
___Eu sinto muito, mas essa quantia...é alta demais para os padrões econômicos que vocês tem
___Mesmo colocando a nossa casa?
___Infelizmente não...a casa de vocês não valem essa quantia
___Mais isso é um absurdo __ Comenta Luciana somos clientes desse banco há anos nunca pedimos nada, Prado..você nos conhece...sabe que somos pessoas de bem...além disso é uma questão de saudê...você não pode nos negar isso.
___Somos uma empresa privada...lamento ter que dizer isso a vocês....mais o nosso banco trabalha com garantias e francamente vocês não terão com honrar esse compromisso ,lamento muito mais não podemos fazer nada....nada

Fora do Banco
Luciana sai arrasada ela abraça Breno e Melissa
___E agora mamãe...o que faremos,onde conseguiremos esse dinheiro?
___Eu não sei...eu não sei
___Vamos falar com o médico...deve haver outra solução sem precisar fazer a transferência.
___Breno esta certo...vamos falar com ele;

No consultório Médico
___Infelizmente não podemos fazer mais nada senhora Luciana..o nosso hospital não tem recursos para tal operação,seria muita imprudência fazer essa cirurgia aqui sem os mei0os necessários o estado dela é grave demais.
___Então...o senhor esta dizendo que a minha filha...vai morrer se não fizer essa cirurgia?
___Eu lamento dizer isso...mas..
___De quanto estamos falando exatamente. Quanto custaria essa cirurgia? ___Com o jatinho, mais a infraestrutura da Uti..e as dependências do hospital... por faixa de..dez mil dólares
___Isso é muito dinheiro,como vamos conseguir?
___Eu estou fazendo o que eu posso, eu entrei em contato com o hospital da capital, e eles me enformaram que esse preço é o menor que eles podem fazer, eu lamento muito....mais é a única maneira de salvar Molly ___ Luciana se desespera e chora abraçada a Breno, ele ao mesmo tempo lembra de compras que ele fazia em que dez mil dólares era uma cifra insignificante.
___Vamos dar um jeito Luciana, acredite em mim:( Breno se mostrava decidido a reverter essa situação

Na casa dele, ele conversava ao telefone com a seguradora
___E exatamente o que nós faremos...amanhã mesmo entraremos com uma ação contra vocês...não...não eu não quero saber isso é um absurdo....temos direito a essa cobertura sim e eu não vou medir esforços para que vocês paguem pelo tratamento da minha filha...nos encontraremos nos tribunais ( Breno desliga bruscamente o telefone )
___Você acha que isso vai dar certo, Breno.
___Temos que tentar pela Molly...
Luciana se levanta, estava completamente fora de si
___Eu não quero perder a minha filha
Breno se comove e a abraça por trás
___Isso não vai acontecer?
___Não temos esse dinheiro Breno..e você viu que o médico disse...ela tem que ser operada o mais rápido possível .como vamos conseguir dez mil dólares em pouco tempo..isso é uma fortuna
___Calma...sente-se aqui ( Breno força Luciana sentar na mesa, ele senta ao lado ___Vamos ser pratico...temos a casa...temos os dois carros..você mesmo disse que temos algum no banco.
___ Mil Dólares>
___Isso é mais do que suficiente,essa casa deve fazer uns 20 mil dólares..mais as venda dos carros, teremos dinheiro para fazer a transferência e para o resto do tratamento.
___E depois..a onde vamos morar? E mesmo assim, não temos tempo meu amor...não temos tempo...vamos perder a nossa filha...meu Deus...porque estas fazendo isso conosco...porque...porque ( Luciana chora abraçada a Breno, a principio ele reagi mais depois ele mesmo abraça Luciana e se compadece do sofrimento dela.
Horas depois:
Breno estava sozinho..pensativo andando pelas ruas, precisava encontrar uma solução, quando ele avista Morfeu
___Por que ele esta fazendo isso comigo?
___Quem você esta falando?
___O seu Deus
___O nosso Deus, não esqueça disso.
___Sim, por que ele esta fazendo isso comigo...com a Molly, se ele estar querendo me punir. Porque coloca uma criança que não tem nada haver.
___Você acha mesmo que Deus seria capaz disso .de se vingar de uma criança para lhe atingir;
___Mais não é o que ele esta fazendo.
___Será mesmo?
___Mais o que esta acontecendo afinal...se não é ele é quem...o diabo...
___Eu já te disse isso antes e volto a refrescar a sua memória...as mazelas do mundo não são culpa de Deus e sim dos homens...lembra.
___Então é natural que uma criança pague pelos meus erros, que uma criança sofra.
___Molly não esta pagando por nada, nem por ninguém.
___Mais se não...porque ela esta sofrendo naquele hospital....não temos dinheiro para custear as passagens, ela vai morrer, ele vai permitir que ela morra é isso?
___Você não aprendeu nada até agora.
___Aprender!! aprender que uma criança esta precisando fazer uma cirurgia e não temos dinheiro para isso.
___Quantas pessoas estavam nessa mesma situação e você simplesmente cruzou os braços ( Breno para ) quantas mãe chorando te pediu ajuda e você as negou? Talvez Deus tenha colocado essa situação na sua vida, para você veja o quanto de sofrimento você causou...por ter lucros na sua empresa. Quantas pessoas perderam seus entes queridos,por causa de uma clausula que você fez.
___Então...esse é meu castigo Ver a Molly morrer sem eu puder fazer nada....( Breno respira fundo e se volta para Morfeu ) Mais eu não vou deixar isso acontecer....ouviu...ou não me chamo Breno Sherman.
___Nada...nada do que você pensar em fazer vai mudar as coisas.
___Eu não vou cruzar os meus braços e ver a minha filha morrer ( Breno para...percebe que disse a palavra filha0) quer dizer a Molly...
___Você esta começando a ver essa família como a sua
___E pelo visto...vocês querem que eu perca uma é isso? Mais eu não vou perder...não vou ( Breno sai furioso,fica Morfeu)
___Ah meu Caro! Vejamos o que você pode fazer?
Breno sai apressado,determinado a fazer qualquer coisa para ajudar a Molly a sua filha..ele chega em casa e vai direito ao computador..lá ele entra em site da bolsa de valores e começa a olhar a cotação das ações.
___Eu vou conseguir...eu vou ___Continua checando os sites,enquanto Luciana não saia do vidro que separava ela e sua filha que continuava desacordada...Vista rápida em Breno que anotava algo em uma caderneta e volta a olhar a tela do seu micro, as horas se passam..já são 2 e meia da madrugada e Breno continuava a mexer no site, enquanto Luciana dormia em uma das cadeiras do hospital....o dia amanhece e Breno continuava na frente do computador. O pastor Jornas vai visitar Luciana
___Então minha filha,como estão as coisas
___Ah pastor...eu não sei mais o que fazer...não temos dinheiro para transferi-la para o hospital da capital...
___Você precisa ter fé.
___Ah pastor...sabes que tenho..mais sei também que ele pode estar me fazendo uma provação...e eu tenho que acatar as ordens dele..e ele a quer ao lado dela..o que eu posso fazer?
___calma...você passou a noite toda aqui, vamos tomar um café sim e conversaremos....vamos simplesmente

Na copa do Hospital eles sentam frente a frente
___Dez mil dólares pastor..é esse o montante que é preciso para salvar a minha filha..e não temos esse dinheiro
___Calma minha filha ( ele abraça Juliana ) Deus tem um proposito na vida de todos nós..com certeza ele terá um com a pequena Molly,temos que ter fé...muita fé...vou reunir nossos fieis e vamos orar pela melhora de Molly...você verá que tudo será esclarecido
___Ah pastor...eu tenho tanto medo...não quero quero perder a minha filha Pastor...não quero.
___Você não vai perder..não vai...
___Eu sei que Deus tem os desiguinos dele Pastor. Sei também que sou tão fraca diante dele...tenho medo que a minha fé seja tão pequena...que não consiga salvar a minha filha.
___Filha...lembra daquela passagem do grão da mostarda,quando Deus disse. Se tiverem uma fé do tamanho daquela mostarda direi aquela montanha...saia daí e ela saíra, não pense que existe fé maior ou menor o que existe simplesmente é ter fé.sem fé é impossível agradar a Deus ( Luciana fica abraçada ao pastor..enquanto isso
Abaixo de uma linda arvore próximo ao lado Melissa estava olhando a sua resta na água quando chega Wallace.
___Então como estas a tua irmã?
___Oh meu amor (Eles se abraçam,trocam beijos rápidos Esta na mesma...parece um anjo dormindo...pobrezinha.
___E os médicos o que dizem?
___Que ela esta em coma..e que pode ser um cisto no cérebro, um coagulo. mais aqui não tem condições de opera-la,ela precisa ser transferida e não temos esse dinheiro...eu vou perder a minha irmã.
___Calma...não vai não...vamos dar um jeito!
___Como? Papai foi ao banco...a única coisa que temos para vender é a nossa casa,mais isso leva tempo sem falar que a casa não vale tudo isso...e o que faremos...Molly precisa ser operada o mais rápido possível Wallace...e não temos como fazer isso...não temos condições, mesmo que vandamos os carros a carra ainda faltara as despesas do hospital e a estadia de papai e mamãe na capital, tudo isso custa dinheiro Wallace..e esse é um luxo que não temos. Não sei o que fazer.
___Deus não vai desamparar ninguém
___Eu sei...mais eu também sei que..quando ele quer algo nada do que possamos fazer, vai mudar isso..e se for da vontade dele levar a Moly? Nada do que possamos fazer vai mudar isso Wallace..e eu não quero ir de encontro a Deus, mais eu não quero perder a minha irmãzinha...não quero....não quero ( Eles se abraçam chorando)
Na casa de Breno
ele estava esperando o pregão...ele fica ansioso, tomava um copo de café enquanto ficava na frente da televisão. Enquanto Luciana conversava com o médico.
___Então....como esta a minha filha?
___Eu não vou enganar a senhora dona Luciana...o quadro de sua filha...esta piorando ( Luciana se desespera )a pressão craniana esta cada vez mais alta e isso está forcando o cérebro,isso pode ser muito prejudicial..se não houver uma intervenção cirurgia...eu sinto muito,mais não podemos fazer nada. ( Luciana se afasta vai a janela onde avista a Molly deitada na cama, há duas enfermeiras ao lado dela.
___Eu não vou te perder....eu não vou te perder ( Luciana chora e aos poucos vai descendo pela parede até chegar ao chão onde ela perde o controle e chora compulsivamente enquanto o Pastor olhava a cena de longe
Minutos depois:
Jonas pegava o telefone e discava algum numero..após aguardar na linha ele conversa com algumas pessoas
___Isso...hoje a noite no templo...as dezenove horas,estarei te esperando..um abraço ( desliga e volta a discar outro numero )__Alô é Renato...aqui é Jonas o Pastor,gostaria de convidar voe e sua família para um culto extra hoje no templo as dezenove horas, posso contar com você e sua família? Muito obrigado,estarei te esperando...um abraço ( Desliga e volta a discar espera um pouco ) Alô é Samantha Presly? Aqui é o pastor Jonas eu estou ligando porque precisamos fazer um culto extra hoje a noite lá no templo...você pode vir? As 19 horas..no culto eu digo qual é o objetivo...posso contar com a sua presença? Ótimo! Muito obrigado,então nos veremos a noite...a paz do senhor também (Desliga, nisso vem a esposa)
___Culto especial meu amor ( Eles se beijam,ela trazia uma xícara de chá)
___Vamos orar pela menina Molly?
___É mesmo a Luciana me contou...ela esta desesperada,coitada dela....depois do esposo...agora a filha....meu amor não podemos fazer nada?
___Podemos sim...pedir a Deus...ele é o dono da verdade minha querida,se está acontecendo algo com essa família, deve haver um proposito.
___Mais tanto sofrimento?
___Não lembras de Jó...que Deus tirou tudo dele para ver até onde a fé dele iria...amaria Deus menos a Jó por ter lhe feito tanto sofrimento? Não! Ao contrário por amá-lo demais é que Deus permitiu que tiraste tudo dele, menos a vida e a fé de jó foi tanta..que ele recuperou muito mais do que a sua vida havia lhe dado querida...o que é mais importante para Deus...o ser humano oiu os pássaros.
___Claro ! que é a sua criatura? Os seres humanos?
___E nem por isso os pássaros não trabalham. não colhem,mais Deus os alimenta diariamente não é verdade? Deus não castiga ninguém, nós é que trazemos os sofrimentos para nós de acordo com as nossas ações.
___Mais teria a criança algum pecado a pagar?
___Não! Mais as vezes Deus nos testa desta maneira,criando situações para ver até onde há a nossa fé...estar feliz é muito fácil, agradecer a Deus pela bençãos é fácil, mais é fácil agradecer a Deus pelas coisas ruins que nos acontece? Algo que nos estas deixando triste, amargurado, sofrendo..será que nessas horas não nos apegamos a Deus? Será que nessas horas o que mais importa é que ele nos ouça, nos ajude, nos proteja? Pois então é nessas horas que vimos a mão de Deus sobre todas as coisas, minha querida...Deus amou a humanidade de tal maneira que deu seu único filho “ JESUS “ para morrer por todos nós em troca de nossos pecados, pode se dizer que ele é ruim, que castiga ass pessoas? Não...em grande parte do sofrimento humano é causado por nós mesmo..o homem hoje se esqueceu de Deus...o dinheiro, o poder são coisas que os homens correm atras todos os dias,eles matam,brigam...tudo pelo dinheiro e pelo poder, viste alguém brigando por Deus? Vistes alguém correndo atras de Deus? A não ser nas horas ruins...tenho certeza que Deus tem um proposito na vida dessa família, uma provação não sei, mais creio que tem algo sim por trás de tantos embates, pelejas...sofrimentos...ainda vamos perceber isso minha querida...cedo ou mais tarde..bem deixe eu ir ao templo,vou preparar o culto de hoje a noite,te espero lá sim.
___Claro que irei ( A esposa beija o Pastor ele ele sai,fica ela pensativa_
___Ele está certo...Deus deve ter algum proposito na vida dessa família....deve ter.
Na casa de Breno:
ele estava assistindo ao pregão pelo computador, quando de repente ele percebe que as ações que ele apostou,despencaram, ele fica irritado...
___Droga!!! droga...isso não podia acontecer, era uma empresa tão sólida (Nisso entra Luciana )
___Meu amor...ouvi gritos o que passa?
Breno desliga o computador, não sabia o que dizer a esposa,ele passa as mãos no cabelo..
___Luciana, senta aqui?
___Breno meu amor...você esta me deixando preocupada
___Você lembra que eu apliquei as nossas reservas;
___Sim,você disse que sabia como aplicar na bolsa,é isso?
___Eu apostei
___E então...conseguimos uma boa venda com elas
___Infelizmente não...perdemos tudo.
___Você quer dizer, que perdemos mil dólares,o único dinheiro que tínhamos para ajudar no tratamento de Molly,você apostou e perdeu tudo? (Breno se afasta,fecha os olhos sem querer falar ) esse seu silencio é uma resposta sim.( Breno fecha os olhos ) Não....não...meu DEUS!! como..como você foi fazer isso com a gente...não era muita coisa,mais era a única coisa que nós tinhamos Breno...como pode desperdiçar dinheiro em jogos de azar]
__Isso não é jogos de azar.
__Não importa o nome...o que importa é que perdemos..e agora...se com esse dinheiro já estava difícil ..e agora como vai ser..hein me diga ( Luciana perde a cabeça e começa a bater em Breno que não reagi apenas ouve ) Desgraçado...desgraçado como pode fazer isso comigo...com sua família,com sua filha,eu te odeio..eu te odeio Breno Sherman...eu te odeio..eu te odeio ( Luciana perde as forças desesperada ela se afasta, não sabia mais segurar a tensão ) Eu odeio..eu te odeio ( Luciana sai da sala completamente desequilibrada,cai aos prantos na cama,enquanto na sala, Breno se sentia incapaz de ajudar a sua família,sentia remorso pena dele mesmo e de sua filha, sem saber o que fazer ele sai pelas ruas, abalado, ela passa pelas ruas sem olhar os carros que despistavam dele “ Seu doido..quer se matar “ dizia um dos motoristas que desviavam dele, que continuava andando sem perceber onde estava...sem perceber Breno estava de frente a uma igreja católica..ele observa a pequena movimentação dos fieis, ele aproveita e entra, clima calmo,seremos a igreja estava vazia,vários bancos sem fieis..ele se aproxima o máximo que pode do altar...ele estava abatido abalado...quando ele ver a imagem de Jesus cristo na cruz. Ele para se aproxima e encara a imagem.
___PORQUE...PORQUE ME DIGA!! SE QUERES ME PUNIR,QUE ME PUNA,MAIS NAO AQUELA MENINA, ELA NÃO TEM CULPA ( Voz alta e ofegante )__PORQUE ESTAS FAZENDO ISSO COM ELA., ELA É APENAS UMA GAROTA INOCENTE QUE NÃO TEM CULPA DA PORCARIA DO PAI QUE TEM ( Alguns fieis ouvem atentos aos gritos dele ) __ SE TEM ALGUÉM AQUI QUE MERECE SOU EU...EU ENTENDES...EU!! NÃO ELA...NÃO A MOLY ELA SÓ TEM 6 ANOS...6 ANOS.ELA NÃO MERECE..NÃO MERECE...SE QUERES ME CULPAR..ME FERIR...PODE VIR..EU SOU FORTE..EU AGUENTO...EU AGUENTO TUDO...MAIS ELA NAO!! VOCVE NÃO PODE ME CASTIGAR USANDO ELA..ISSO NAO E JUSTO...NÃO E, ELA NÃO FEZ NADA A VOCE,EU FIZ,EU FIZ..E SABES DISSO....FIZ MUITA GENTE SOFRER, FIZ MUITA GENTE PERDER ENTES QUERIDOS, MAIS ELA NAO..ELA É SÓ UMA CRIANÇA, ESTOU AQUI....AQUI DIAMNTE DE TI..O QUE QUERES? ME VER SE AJOELHAR EU ME AJOELHO ( Breno se ajoelha na frente da Imagem ) ESTOU AQUI...FAÇA O QUE QUIZER COMIGO...MAIS COM ELA NÃO..COM ELA NÃO! ( ele chora )ELA É UMA CRIANÇA E NÃO PEDIU PARA TER O PAI QUE TEM, QUE É UM CRAPULA, UM DEPOSTA UM MONSTRO..SIM PORQUE EU SOU..TU ME CONHECES,SABES DO QUE EU FIZ...DO QUE DEIXEI DE FAZER ENTÃO SE ALGUÉM AQUI TEM QUE PAGAR PORT TUDO QUE EU FIZ SOU EU...EU..NÃO ELA...NÃO ELA..QUIE NÃO MERECE UM PAI QUE TEM, EU ESTOU AQUI A TEU INTEIRO DISPÓR...FAÇA O QUE QUISER COMIGO...MAIS NAO DEIXE ELA MORRER POR MINHA CULPA...NÃO!!!NÃO|!!!NÃO!!! ( Chora )_SALVE ELA..TU PODES...TU PODES...TU REMOVE MONTANHAS...TU CURA FERIDOS TU FAZ CEGO VOLTAREM A VER..TU ANDASTE SOBRE AS ÁGUAS...VOCE PODE FAZER ELA SAIR DAQUELE COMA SIM...EU TE PEÇO...EU SEI QUE EU NÃO SOU DIGNO DE ESTAR EM SUA MORADA...DE ESTAR AQUI...TE PEDINDO ISSO,DEPOIS DE TUDO EU FIZ, MAS EU NÃO TENHO MAIS NINGUÉM A QUEM RECORRER A NAO SER O SENHOR...EU ESTOU EM TUAS MÃOS...ESTAIS AQUI MEU CORPO ( ele rasga a camisa, fieis se emocionam com a cena,na porta da igreja Morfeu assistia a tudo, aos mesmo tempo o pastor e os demais fieis oravam pela saúde de Molly todos estavam de olhos fechados, voltando a igreja ) ___ESTOU AQUI...PODE ME MATAR SE QUIZERES, PODE ME FAZER PASSAR FOME,SEDE...USE OS TEUS PODERES SOBRE MIM...NAO SOBRE ELA...A AJUDE...AJUDE A LEVANTAR DAQUELA CAMA EU SEI QUYE TU É CAPAZ DE DISSO E DE MUITO MAIS...NÃO DEIXE ELA SOFRER POR UM ERRO MEU...SÓ MEU ( Bate no próprio peito) SÓ MEU...EU ME ENTREGO A MINHA ALMA...OS MEUS PASSOS...O MEU SANGUE,MAS NÃO DEIXE A MINHA ( Ele hesita em dizer mais fala)FILHA..A MINHA FILHA PAGAR POR UM ERRO QUE É SÓ MEU,NÃO PERMITA....EU ENTREGO A MINHA VIDA EM SUAS MÃOS.EU FAÇO O QUE VOCÊ QUISER, MAIS NÃO PERMITA QUE ELA MORRA...NÃO PERMITA QUE ELA MORRA POR ALGO QUE EU SOU CULPADO...MINHA CULPA...MINHA MÁXIMA CULPA,QUER ME POUNIR...POIS ENTÃO...ESTOU AQUI DE BRAÇOS ABERTOS ESPERANDO...VAMOS...JOGUE OS SEUS PODERES SOBRE MIM, DESTRUA-ME..DESTRUA-ME AGORA AQUI DIANTE DE TODOS, MOSTRE O SEU PODER,MAIS NÃO A ELA...NÃO A FAÇA SOFRER, NÃO HÁ DEIXE MORRER, PELO AMOR DE Deus... NÃOI DEIXE ELA MORRER !!!EU TE PEÇO...OH PAI ( Breno cai de joelhos na frente do altar e chora compulsivamente. Morfeu se aproxima dele
___Vamos meu rapaz?
___Ela não pode morrer Morfeu, não me perdoaria por isso
___Vamos meu rapaz ___ Morfeu estende aos mãos, Breno se levanta e sai os dois abraçados...Breno estava abatido e encostava a cabeça no ombro de Morfeu, os dois saem a pé pelas ruas,começa a chover fino...mais eles não se importam...aos poucos a chuva aumenta,pessoas correm de um lado a outro..há ventos, arvores tombam, pedaços de papel voam...latas de lixo rolam pelas ruas...as pessoas fecham as janelas...começa relâmpago....trovões,pessoas correm assustadas
Na casa de Luciana:
Ela no silencio da sala,olhava a chuva que cai, quando ouve bater a porta.
___Já vai...(Abre nota Breno ensopado)__Meu amor o que houve?
___Me perdoa Luciana ( Se ajoelha aos seus pés ) Me perdoa por tudo
___Breno...levanta-se homem..o que deu em você (Luciana fecha a porta e coloca Breno no sofá )__ o que esta acontecendo?
___Eu fui lá conversei com ele..pedi a ele que a ajudasse eu pedi a ele...eu pedi
___Pediu a quem ( Toca a campainha )__Deixe eu ver quem é..deve ser a Melissa que esqueceu novamente a chave ( Abre )Pastor JONAS?
___posso entrar...temos uma surpresa pra vocês ( Luciana abre mais a porta e Breno nota que havia pessoas do lado de fora a espera de entrar )__Fizemos um culto essa noite no templo e essas pessoas decidiram ajudar a menina...entrem por favor, todas elas resolveram doar uma pequena quantia para ajudar no tratamento,não é muito mais sei que Deus tocou no coração delas..por favor entre ( Algumas pessoas começam a entrar e colocam uma quantia de dinheiro sobre a mesa...mais uma....e outra, e outra....em poucos minutos a mesa de centro estava cheia e ainda havia muitas pessoas do lado de fora esperando para entrar, mesmo embaixo de uma chuva forte..Luciana chorava emocionada a cada cumprimento..Breno também cumprimentava ,estava emocionado...de repente ele olha pela janela e Ver Morfeu do outro lado da rua...sorrindo.
___Por que temeis!!!!...homem de pouca fé ___Ao terminar isso ele se afasta andando na chuva.

No outro dia
as rosas brotam nos jardins, os cisnes desfilam no lago...os pássaros voam livres e soltos.. na casa de Luciana, ele terminavam de contam o dinheiro.
___Eu não acredito__ Luciana estava admirada
___Quanto tem ai mamãe ?
___Vinte cinco mil dólares filha...25 mil dólares
___Isso é mais do que suficiente para a transferência e a estadia de vocês na capital ( Breno estava emocionado, não fala nada e sai correndo por entre as ruas os carros, dessa vez estava feliz...ele entra na igreja...o padre estava celebrando uma missa e para diante da entrada brusca de Breno...ele se dirige a imagem
___Me desculpe Padre...fieis...mais eu precisava vir aqui( Ele olha para a imagem e se ajoelha )__ OBRIGADO..OBRIGADO..OBRIGADO ( ele começa a gritar na igreja,a principio todos estanha,mais percebe a emoção dele e começam a bater palmas.
Corta pra
Aeroporto de Smalltown...ritmo acelerado, ambulância chega descarregada Molly que é colocada no avião UTI, Breno e Luciana acompanha tudo de perto abraçados. Melissa e Wallace mais algumas pessoas estão na pista. O pastor se aproxima de Luciana e Breno antes deles embarcaram
___Oro a Deus que de tudo certo.
___Eu nem sei como agradecer senhor...muito obrigado
___Não agradeça a mim, agradeço ao pai, sem ele nada disso seria possível.
___Mais uma vez obrigada pastor ( Luciana cumprimentava o pastor e subia para o avião.
___Nos mantenha informado sim__Indaga o pastor
___Pode deixar
Minutos depois de taxiar o jatinho pela impulso e decola do aeroporto em direção a capital,dentro da cabine sentados lado a lado Breno e Luciana olhava a Molly que era assistida por uma enfermeira...já na capital, após o pouso Molly é colocada numa ambulância que sai em alta velocidade em direção ao hospital, as portas do centro cirurgião são aberta,Molly é retirada da maca e coloca na cama...os preparativos para a cirurgia se inicia,enquanto na recepção Luciana e Breno aguardavam ansiosos,ele olhava o relógio, marcava 2 horas da tarde, já seria 7 horas da noite e ainda não tiveram respostas, a porta do centro cirúrgico o médico aparece tirando as mascaras de proteção
___Então doutor...como foi a cirurgia
___Como esta a minha filha doutor __Aflita Luciana não se segura em pé na expectativa.
___acalmem-se os dois...por favor...vamos a mina sala sim ( a porta abre e eles entram aflitos, Luciana não aguenta esperar
___Então doutor nos fale,como esta a minha filha
___Ainda é cedo para dizermos algos, temos que esperar 48 do pós operatório e ai sim conseguiremos avaliar a situação do paciente
___Mais então ainda há riscos?
___Toda e qualquer cirurgia contém riscos senhor,o que temos que avaliar agora é como ela reagiu? Ela esta sedada e ficará assim por mais de 12 horas, assim que o efeito passar, veremos em que estado a mesma se encontra para fazermos uma avaliação mais detalhada.
___Doutor...nós sabemos que isso é um procedimento de praxe...mais eu quero que me diga e não me esconda nada. De acordo com a sua experiencia..qual é a real situação da minha filha?
___Bem...conseguimos estancar o cogulo no cérebro dela..o cérebro ainda esta muito inchado devido a incisão...mais em minha experiencia posso afirmar sim que a operação foi um sucesso.
___Graças a Deus __Luciana se alegra
___Mais doutor...pode haver alguma sequelas?
___Ainda é cedo para darmos esse diagnósticos...no mas tudo ocorreu de acordo com as nossas perspectiva...e dentro de no máximo 24 horas poderemos reavaliar a paciente e aí sim..daremos um diagnostico seguro.
___Mais há essa possibilidade de sequelas...não há?
___Sim...suposto que uma cirurgia no cérebro é considera muito arriscada...mas desde de já eu a conselhos aos senhores a não pensar negativo...pensamento positivo é sempre bem vindo nessas horas..agora podem ir para o hotel
___Eu não me afasto da minha filha
___Como queira, mais adianto que não poderão entrar em contato com o paciente até a fase do termino do pós operatório a criança ficara em observação na UTI...só amanhã pela manhã eu vou conceder a um de vocês a visita....hoje é impossível,por isso eu digo que vão para o hotel,descanse...tiveram um dia bastante desgastante, viagens...a duração da cirurgia...um bom banho uma boa ducha ajudaram aos senhores na relaxar e amanhã vocês bem melhores para o dia que promete ser longo.
___O médico tem razão meu amor...vamos pro hotel..Molly esta em boas mãos
___Não se preocupe dona LUCIANA.. qualquer alteração do quadro do paciente nos os informaremos imediatamente
___Tudo bem doutor..o senhor esta certo...amanhã cedo estaremos aqui...vamos meu amor ( Luciana cumprimenta o médico e sai abraçado a Breno)
No hotel...Breno estava ansioso andava de um lado a Outro, Luciana sai do banho em volta de uma toalha
___O que há meu amor....(Ela o abraçava por trás)
___Estou sem sono (Toca o telefone, eles se olham)__AlÕ é sim .do hospital? Ah sim..sim...pode passar a ligação.___Luciana fica apreensiva.
___Então o que o médico disse?
Luciana fica parada sem saber o que dizer,
___Então Luciana....o que aconteceu? Como está a Molly?



Fim do 15º capítiulo.

Próximo capítulo
A operação de Molly foi um sucesso,Melissa sente-se mal e descobri que está grávida,Breno leva Luciana para conhecer a Secondlife e descobri que a empresa não existe,Wallace planeja matar o filho de Melissa e contrata um médico para fazer o aborto,Molly chega a cidade e,é recebida com festa, Rosneive descobri que Meliisa esta prestes a fazer um aborto sem saber.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Começar de Novo || Capítulo 15
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Começar de Novo-
Ir para: