InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Começar de Novo || Capítulo 17

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
valdir sales pitombeira

avatar

Idade : 49
Cidade : ARACAJU

MensagemAssunto: Começar de Novo || Capítulo 17   05.03.13 16:26

CAPITULO 17º
Continuação da cena anterior, suspense o médico continua calado.
___Por favor doutor,como está a aminha amiga?
___Fiquem calmos, já conseguimos estancar a hemorragia.
___Graças a Deus ___Ressalta Rosneive __Mais é ai doutor,como ela está;
___Ela e as crianças passam bem
Todos param diante da conotação.
___Crianças!!!
___Sim...graças a Deus vocês conseguiram evitar o aborto...a senhotita Melissa não perdeu as crianças;
___o senhor quer dizer...que a Melissa está grávida de gêmeos? ___Todos se olham, nisso toca o telefone de Jonas
___Sim, ela está gravida de gêmeos...vocês são parentes dela?
Jonas se afasta para atender a ligação.
___Prenda ele ai..até eu chegar..era só o que faltava.
___O que foi amor?
___O seu filho...o inresponsável, está lá no posto querendo abastecer para fugir..eu vou até lá ___Jonas sai rapidamente, Rosneive volta para o médico.
___Eu posso ve-la?
___Claro..por aqui ___Rosneive acompanha o médico, a porta do quarto se abre,Melissa estava deitada na cama.ao ver Rosneive ela se emociona;
___Oh minha amiga.obrigada ___Se abraçam
___Como você está?
___Péssima!!! Eu não esperava que o Wallace fosse fazer isso comigo....
___Eu bem que te avisei..eu fiquei desconfiada...mas o que eu poderia imaginar que ele fosse chegar a esse ponto.
___E agora o que faço?
___Nada...o que você tem que fazer é esperar seus pais chegarem e contar a eles...
___Gêmeos...eu nunca poderia imaginar...e o Wallace já sabe?
___Vai saber em poucos minutos...sabe que o cachorro tá lá no posto pedindo autorização para abastecer e fugir. Mais o pastor Jonas foi atrás dele...francamente amiga,eu não queria esta na pele dele.___ Melissa fica pensativa.
ENQUANTO ISSO
A conversa de Jonas e Wallace estava iniciada
___Assassino sim, como vocÇe teve a coragem de fazer isso...Meu Deus, tanto que eu te ensinei,mais parece que não adiantou em nada você continua sendo o menino mimado de sempre e agora...agora um criminoso.
___Somos jovens demais para termos filhos
___Pensasse nisso antes..meu Deus..o que eu vou dizer aos pais da Melissa...a cidade...
___O senhor só pensa nisso.no que as pessoas vão achar..mais o que eu penso..isso não importa
___O mais engraçado é que você sempre acha que está certo, mesmo depois dessa burrice. Pelo amor de Deus...você imagina as consequencias desse ato? O que causar a você e a menina? Não!!! Claro que não!!! Voc~e só pensou em resolver o problema, em jogar o lixo embaixo do tapete, mais dessa vez as coisas são sérias demais..complicada demais e francamente eu não sei mais o que fazer com você...por tanto...pegue a sua moto e volte pra casa...você não vai fugir a suas responsabilidades,entendeu?
___Eu não posso mais ficar aqui...o seu Breno me matará.
___Se ele não fizer eu o faço...vamos embora.voc~e vai aprender a ser homem, quer queira...ou não ___Wallace fica furioso..sobe na moto e volta, Jonas entra em seu carro e o segue.
ENQUANTO ISSO
Dentro do jatinho UTI...Molly brincava com a mãe, enquanto Breno não parava de olhar a vista da janela do jato..a imagem da Secondlife ainda estava presente em sua mente.
CORTA PRA
Casa de Jonas, Wallace chega furioso, joga a sacola na cama.
___Eu tenho que sair da cidade.
___Você não vai a lugar nenhum ___Jonas sai e tranca a porta por fora, Wallace se enfurece
___O que o senhor está fazendo...abra essa porta
___É melhor voc~e ficart preso em casa, do que na cadeia...até Breno chegar e eu conversar com ele.é ai que você vai ficar entendeu...___Jonas sai.
___Pai...pai..abra essa porta...pai...pai ___ Wallace esmurra a porta ___Droga!!!
EM BAIXO NA SALA
___Você acha isso necessário?
___Você não percebe a gravidade do que seu filho fez? É melhor que ele fique preso aqui, do que na cadeia...até o Breno chegar...ele ficará preso e você não vai fazer nada entendeu...nada __Jonas sai...Odete fica pensativa.
___É dessa vez ele está certo
NA CASA DE MELISSA
Rosneive coloca Melissa na cama...ela aos poucos adormece..Rosneive a cobre com um cobertor...e senta-se ao lado dela na cama.
NO OUTRO DIA
Panorama da cidade de Smalltown...algumas pessoas estavam já estavam no aeroporto, havia faixas...o pastor Jonas cumprimenta algumas pessoas, no canto Melissa e Rosneive conversam
___Voc~e deveria ficar em casa...ainda está debilitada demais.
___Eu não perdia isso por nada
Alguns avistam o jato se aproximar...aos poucos o trem de pouso toca o solo...o avião deslisa na pista...aos poucos ele taxiar até a o ponto de desembarque. A porta se abre a escada é erguida..uma ambulançia se aproxima, a maca de Molly aparece na porta do avião, alguns para-médicos ajudam a desce entrando na ambulancia, há uma salva de palmas, quando Luciana e Breno aparecem na porta do avião...Melissa corre a abraça a mãe junto com Breno.
__Que bom que teu tudo certo mamãe e a Molly como está
__Dormiu o vôo inteiro...e voc~e filha,como está...me parece abatida.
__Nada não mamãe...e o senhor papai...está melhor?
__Bem melhor...vamos pra casa
Todos recebem Breno e Luciana embaixo da escada do avião, mais Luciana notava que Melissa não estava bem....
JÁ EM CASA
Luciana cobria Molly que continuava a dormir...embaixo,alguns convidados tomam um suco...Luciana desce e o pastor Jonas a cumprimenta.
___Orei muito para que esse dia chegasse.
___Obrigado pastor...é um alívio está em casa. Não aguentava mais asquele hospital.
___E como ela está.
___Dormindo,mas os médicos disseram que que é assim mesmo...só daqui há um mês ela estará totalmente curada.
___E o Breno..a onde ele está?
ENQUANTO ISSO:
Breno estava distante de tudo e de todos..olhava as pessas chegando, trazendo presentes...ele os cumprimentava,mais sentia que algo havia mudado nele...um sentimento que ele até então não conhecia. Ele esta satisfeito com todos. A sua alegria era observada por Morfeu que estava do outro lado da rua.
CORTA PRA QUARTO DE MELISSA
Ela estava se sentindo mal...estava tonta...e se arrastava pelo quarto, mais não resisti e desmaia...Luciana ouve o barulho..ela corre so9be as escadas e se depara com a filha desmaiada.
___Melissaaaaaaaaaaaaa!!!!! __Todos ouvem...Breno corre para dentro de casa..o pastor Jonas também corre para dentro da casa.
MINUTOS DEPOIS:
Luciana e Breno estava estarrecido com a noticia, enquanto uma médica consultava Melissa...o Pastor Jonas tentava contornar a situação.
___Grávida...minha filha...grávida __Luciana parecia não acreditava.
___Eu lamento muito...em toda a minha vida,eu jamais pensaria em ter essa conversa com vocês, principalmente em se tratando do meu filho, causador de tudo isso...mais eu estou aqui...e vou acatar toda e qualquer decisão que vocês tomarem,em relação a ele.
___Eu disse a ela, que ele não prestava.
___Calma Luciana ___Breno tenta contornar a situação.
___Eu entendo...eu sei que o meu filho,bem ele não foi muito correto.
___Correto!!! Ele quase matou a minha filha...eu quero que ele pague pelo que ele fez entendeu pastor...eu exijo que esse marginal...pague pelo que ele fez..eu quero ele na cadeia ___Luciana se desespera, Jonas fica parado quieto,nesse instante a porta se abre entra a médica.
___Desculpe enterrompe-los;
___Como ela está?
___Foi apenas uma queda de pressão,mais elas e os bebês estão salvos
___Eu vou ver a minha filha ___Luciana sai,Breno a acompanha, fica apenas Jonas.
___Meu Deus...seja feita a sua vontade.
ENQUANTO ISSO:
Wallace consegui abrir as janelas e sair pelo telhado...ele desce por uma arvore..corre até a sua moto,a liga e antes de sair ele dá uma ultima olhada para a casa.
___Pra cadeia...eu ?....nem pensar...adeus ___Ele coloca o capacate e segue em sua moto.
QUARTO DE MELISSA
A porta abre...ao ver a mãe e Breno, Melissa começa a chorar.
___Me desculpem ___Eles se abraçam
___Filha, estamos aqui, somnos uma familia.
___Não se preocupe filha, aquele moleque vai pagar pelo que fez, pode apostar nisso ___Breno abraça a filha, ficam os tres abraçados no quarto.
UM MÊS DEPOIS
Há uma festa na casa de Breno..faixas falando do aniversário de Molly que já estava recuperada,correndo com alguns amigos...no canto Melissa conversava com Rsneive
__Um mês e até agora ele não deu sinal de vida
__Melhor assim...minha amiga o que importa é que você terá seus filhos...longe do Wallace...deixe ele quebrar a cara, um dia ele irá se arrapender disso…
___E ai será tarde minha amiga...muito tarde
NO CANTO DA FESTA
Jonas conversava com Breno e alguns amigos
___Vamos com tudo nesse final de semana, temos que colocar o nosso time novamente na primeira divisão,concorda comigo Breno.;
___Claro..e conte comigo,faço questão de entrar em campo...
___Ai não terá pra ninguém___Todos riem
LUCIANA ESTAVA AO LADO DE ODETE E OBSERVAVA A CENA
___Ele não recuperou ainda a memória?
___Não...maispor outro lado está cada dia mais carinhoso Odete, finalmente eu tenho meu marido de volta.
___Que bom minha filha. Que bom.
___E seu filho, deu noticias?
___Ainda não!!! E sua filha como está?
___Conformada...eu vou criar esses netos,como se fossem meus filhos Odete....nossos neto __Ambas riem
HORAS MAIS TARDE
Todos estavam cantando os parabens para Molly ao lado do bolo,após cantarem Luciana parte um pedaço do bolo
___E pra quem vai o primeiro pedaço do bolo filhinha?
___Pro meu pai..quem mais seria.
Breno se emociona e pega o pedaço do bolo e dá um beijo nela
___Obrigado filha.
___O senhor é o melhor pai do mundo ___Molly abraça o pai, ele fica emocionado e retribui o abraço.
DO LADO DE FORA DA CASA
Rosneive estava sozinha...andando de um lado a outro, quando avista Jonas, ela abaixa a cabeça e ia saindo
___Um momento...eu queria falar com você.
___O que o senhor deseja.
___Eru cometi muitos erros na minha vida.um deles foi com você..mais Deus é justo...ele me fez ver o erro que eu cometi..e me deu a chance de consertar ele.
___Como assim?
___Eu fu8i muito injusto com você na época em que voc~e engravidou.
___Eu não quero falar disso.
___Mais eu preciso falar sim...filha ___Rosneive pára havia anos que ela não ouvioa esse nome __Eu cometi erros, eu fui egoísta..e veja só o que me aconteceu, em que eu mais depositei confiança...me traiu...me traiu da maneira mais viu que uma pessoa posssa ser traído..hoje me vejo assim, sendo apontado pelas pessoas...o que seu irmão fez não tem perdão,mais ele fugio....não quiz assumir as suas responsabilidades..e qgora eu me vejo na obrigação de corrir outros erros.
___A onde o senhor quer chegar?
___Filha__Eles ficam frente a frente___ Eu quero recuperar o tempo perdido...acho que esta na hora de você ter seu filho em seus braços m___Rosneive fica emocionada__Amanhã mesmo eu te levarei a onde ela está.
__Pai..eu nem sei o que dizer, esperei por isso há dois anos.
__Você me perdoa então?
__Claro que sim pai ___Eles se abraçam em meio ao jardim..do outro lado Morfeu assistia a tudo sorrindo
VOLTANDO A CASA DE LUCIANA
A festa estava animada...Breno corria com a filha nor jardins,Luciana estava rindo com algumas amigas, de repente Breno avista Morfeu que o chama...ele se aproxima
___veja como ela esta recuparada
___Você precisa voltar___ Breno não ouve
___Nem parece que estava tão doente.
___Você não me ouviu? Você precisa voltar___ Breno pára....ouve e fica quieto.,
___Voltar...não!!! não a minha vida é aqui agora, agora eu sei o que é o verdadeiro amor, a felicidade.aquele Breno morreu....Morfeu...eu quero ficar e vou ficar
___Você dessa vez não terá escolhas....você tem que vir comigo.
___Não!!!! ___Breno se afasta...Luciana percebe algo,mais não ver Morfeu, apenas ver Breno conversando com o vazio. Breno corre pelos jardins...pega Molly no Braço e começa a beija-la...abraça-la...Luciana vai ao seu encontri.
___Meu amor..o que está acontecendo com você?
___Nada,só estou curtindo a minha filha,não é filha
___Meu papai.....
Luciana estranha o comportamento de Breno...ela olha todos ali,todos riam para ele...em sua mente lembranças do dia em que Molly foi operada, a festa que fizeram dele no dia do seu aniversário...tudo estava muito confuso....detalhes Breno da voltas em circulo, pensando o que faria para impedir que ele deixasse tudo isso...num desespero..ele corre ao carro,notra que a chave esta lá, ele entra no carro, o liga e sai em alta velocidade,Luciana ainda tenta encontrá-lo,mais é tarde demais,ele consegui ser mais rápido. No canto Morfeu assistia a cena
___Ah Breno....você não aprende mesmo,.
Durante a fulga,muita coisa estava em sua mente....ele estava dividido..havia imagens dele como Breno Sherman, Brunelly,lealdo a empresa...o Otto...em outra vez ele se lembra de Luciana..de Molly de Melissa... centenas de cenas variadas em sua mente, quando de repente ele avista um carro em sua frente, ele freia o carro o carro sai da estrada entrando numa estrada de barro,ele perde o controle e o veículo bate numa arvore...há um silencio..apenas a buzina do carro tocando e Breno estava sem sentidos em meio aos air begs.
Aos poucos Breno,começa a voltar com seus sentidos, detalhes mostra os olhos de Breno, abrindo e se fechando..a imagem é turva,mais aos poucos vai se tornando mais nítida...ele percebe que esta em outro local....a imagem por sua vez se torna clara..há um homem em sua frente....ele não consegui identificar,estava tonto e dizia coisas sem parar.
___Morfeu...Morfeu..é você
___Calma Breno...sou Otto....Otto ___Breno então percebe que voltou..ele se senta na cama e dá pra ver o quarto do hospital...Otto estava ao seu lado em pé...
___O que aconteceu?
___Você sofreu um acidente...estava em coma,mais graças a Deus se recuperou ___Breno sai da cama... ___Cuidado voc~e não pode se levantar ainda___Breno volta a cama,estava tonto.
___Quantos dias eu passei aqui?
___15 dias.
Breno estava confuso...ter voltado era tudo que ele queria,mais ao mesmo tempo ele sentia um vazio interior.
___Que bom,que você voltou meu amigo,vou avisar os médicos.
___Otto espere...por que está aqui comigo,depois de tudo.
___Meu caro...eu não podia deixá-lo a sorte,sei que não tem amigos,nem familia, era o minimo que eu podia fazer.
___Mesmo depois de tudo?
___Não é o momento certo para que falamos sobre isso..eu vou chamar os médicods __Otto sai,Breno tira os componetes que estão presos ao seu corpo e vai a janela, estava novamente em Nova Iorque....ele olha todo o quarto...se ver no espelho,tinha uns ematomas na testa..umas escoriações pelo corpo,ele anda pelo quarto do hospital, estava incredulo que o que estava acontecendo novamente com ele.
___Não pode ser...não pode ser.
NA MANSÃO DE OTTO
Alfred acaba de desligar o telefone, quando aparece Viviane.
___Quem era Alfred?
___Seu pai senhorita...o senhor Breno acordou do coma.
___Ash foi!!! Por mim, ele não acordava mais...mais vaso ruim não se quebra só assim...diga a mamãe que eu vou fazer a ultima prova do vestido sim..e depois passarei no salão, hoje eu tenho um jantar com Lealdo no Plaza. Meu carro está pronto?
___Sim senhora, está como a senhora pediu na temperatura do ar condicionado que a senhora gosta.
___Ótimo....tenha uma boa noite Alfred ___Viviane sai,ela passa pelos jardins e vai até a garagem, onde entra no carro,ao se ver no retrovisor, ela lembra de Breno ___Então ele acordou do coma....Melhor pra ele...eu tenho que me lembrar de mandar um convite pra ele...eu estou vendo a cena,de noivo a convidado...só assim ele aprende a não brincar com Viviane Maldonatto ___Ela liga o carro e sai em alta velocidade.
NAS EMPRESAS DE OTTO:
Pessoas andando de um ladoa outro, muito ritmo...Géssica passa pelas salas e entra na sala de Eleildes,, que estava em sua mesa
___Ele acordou.
___Ele quem?, de quemv ocê está falando?
___Do Breno...ligaram agora, ele saiu do coma
Eleildes pára..pensa um pouco e levanta-se
___Isso é muito bom...agora ele vai pagar na cadeia por tudo que ele me fez..pode apostar nisso.
___Você não esqueceu mesmo?
___E eu ia esquecer? Eu sei o que eu passei naquela casa Géssica,e eu não vou deixar barato...ah mais não vou mesmo.
NA SALA DE LEALDO:
Ele acaba de desligar o celular,seu rosto estava tenso, ele anda pela sala vai ao bar e se servi de um copo de uisque...
___Então ele se recuperou..ótimo...agora o meu plano vai dar inicio, me aguarde Breno...você vai se arrepender de ter acordado desse coma.Pode apostar nisso.
NUM RESTAURANTE QUALQUER
Brunelly estava lanchando, quando entra Viviane, a principio ela não a ver..mais logo em seguida, Viviane pára...olha ela de longe e decidi se aproximar.
___Eu não sabia que esse lugar recebia qualquer tipo de pessoas___ Brunelly levanta o rosto
___Viviane, por favor!
___A onde esta o metri desse local...por favor alguém me chame o metri sim ___ Todos ouvem, logo em seguida vem o Metri
___Pois não senhotita.em que posso ajudaá-la?
___Eu pensei que esse lugar, não recebia qualquer tipo de pessoas, mais me enganei...como deixam pessoas desse nivel aqui...isso é um afronta a mim...a todos nós que somos pessoas de bem, que temos berço, estirpe.
___Eu não estou entendendo dona Viviane.
___Mais eu explico...como deixca uma pessa dessa..sem classe..num local desses?
___Viviane você não pode falar comigo assim.
___E como queres que eu fale...você é um nada, por tanto querida...você não deve manchar um local desses com a sua presença..eu exijo que ela seja retirada daqui.
] ___Dona Viviane eu não posso fazert isso.
___E por que não pode?...voc~e sabe quem eu sou ? sabe que se eu quiser eu compro essa espelunca e ainda o coloco na rua...pois bem...eu exijo que tire___todos os outros clientes ficam parados,olhando a cena ___Então...vai tirar ela daqui ou não....
___Viviane por favor....
___Cale a boca eu não falo com desclassificadas..ponha-se daqui pra fora....e se você__Se vira para o metri__ não fizer isso..eu prometo que eu fecho essa porcaria aqui....afinal de contas eu sou Viviane Maldonatto e posso destruir esse local,com apenas alguns telefonemas meus..então..vai ou não vai tirar essa pessoa daqui.
___Não precisa se preocupar...eu mesmo saiu ___Brunelly levanta-se da cadeira
___Ainda bem...pessoas como você devem frequentar lugares a seu nível...por tanto querida!!! Esse lugar não te pertence...cadela.___Brunelly engoli a seco e quando ia saindo
___Espere!!! Senhor metri,não vai verificar se ela não levou algum talher de prata...nunca se sabe com esse povinho,tudo é possível.
___Escuta aqui oh Viviane!!
___Escuta aqui você...não pense que eu esqueci o que voc~e me fez....e lembre-se de outra coisa,nessa cidade os lugares que eu frequento...você não entra...a não ser pela porta dos fundos,como serviçal....aprenda isso...sim...ah tem mais ___Viviane pega um copo com água e joga na cara de Brunelly__Isso aqui é pra voc~e ver, quem manda aqui....passar bem___Viviane sai,deixando Brunelly sem ação,com vergonha ela sai apressada do restaurante.Viviane sorrir estava satisfeita com o que tinha feito, do lado de fora Brunelly chorava debruçada a seu carro,estava traumatizada.
___Ah Viviane...você me paga...ah se me paga...pode apostar..
VOLTANDO AO HOSPITAL
Breno estava em pé,sendo consultado pelo médico.
___Bem...o senhor está de alta...foi um milagre a sua recuperação,nem parece que o senhor entrou em coma por 15 dias.
___Eu agradeço o seu empenho doutor, muito obrigado.
___Não agradeça a mim, e sim ao Otto, ele não mediu esforços para a sua recuperação...bem...o senhor está de alta a partir de agora....boa sorte...depois eu entro em contato para fazermos alguns exames, é sempre bom checarmos como esta a sua recuperação.
___Muito obrigado.
NA RECEPÇÃO:
A recepcionista dava a Breno os seus pertences
___Aqui esta o seu relógio,sua carteira senhor...o senhor Otto deixou um carro da empresa a sua disposição.___Breno olha tudo...o Relogio Rolex...a carteira de couro fino...um anel..ele guarda tudo e sai...ele entra no elevador...embaixo..ele sai...olha a cidade respira fundo,e encontra o motorista de Otto a sua espera.
___O senhor Otto me deixou aqui para atende-lo..a onde o senhor deseja ir?
___Eu quero ir pra casa sim.
___Claro senhor___O motorista abre a porta,Breno entra na limosine..aos poucos que o carro se dirige ao apartamento de Breno, ele observa a cidade..parecia um sonho voltar,depois de tudo que ele passou.
ENQUANTO ISSO:
Brunelly estava nervosa e entrava nas empresa e esbarra em Otto
___Seu Otto...o senhor não vai acreditar no que Viviane me fez___ Otto se manteve frio,mal falou ___Senhor Otto,sou eu Brunelly
___Eu sei perfeitamente quem é você...
___A sua filha me humilhou.
___Agora eu estou ocupado menina...depois conversamos
___Mais ela me humilhou.
___Mais você fez a ela?
___Doutor Otto eu possso explicar
___Eu não quero explicação..eu vi as fotos, eu a tinha como muma segunda filha, me enganei...eu só não sei o que o senhor seu pai vai achar delas.
___O senhor não está pensando em mostrar as fotos ao meu pai,está?
___Claro que eu vou...ele é meu amigo e tem a obrigação de saber quem é a filha dele. Bem a filha que ele acha que você é, de verdade.
___O senhor não pode fazer isso comigo...o senhor não pode mostrar essas fotos ao meu pai...
___E quem vai me impedir,moçinha? Você...pode apostar que assim que eu tiver tempo, eu mostro as fotos ao seu pai sim e ninguém, muito menos você, vai me impedir...passar bem
___Pelo amor de Deus senhor Otto....não faça isso.
___Deveria ter pensado nisso antes de trair a minha filha, de trair a minha confiança....passar bem ___Otto sai,deixa Brunelly desesperada.
___Eu não posso permitir que ele faça isso, eu não vou permitir....__ Brunelly entra no banheiro...abre as torneiras..mola o rosto e se ver no reflexo do espelho.
___O senhor não vai fazer isso senhor Otto.ah mais não vai mesmo ___Brunelly fica enfurecida.
APARTAMENTO DE BRENO.
Após uma chuverada..Breno vai ao seu quarto, olha tudo, as suas roupas..os diversos relógios, as joias...tudo para ele era novidade..ele vai a outra sala...aviata a imensa sala as enormes janelas que davam uma vista previlegiada da cidade de Nova Iorque...ele vai ao seu escritório, abre seu computador e começa a ler os e-maills...quando a porta abre e entra Adam com um suco.
___Está aqui senhor Breno,como o senhor me pediu
___Obrigado Adam. Não sei o que seria de mim,sem você
___Senti sua falta senhor...graças a Deus o senhor saiu daquele hospital...15 dias,parecia uma eternidade;eu estava lá todos os dias senhor.
___Obrigado...eu sei que posso confiar em você...alguém apareceu aqui,enquanto eu estava ausente.
___Só o senhor Otto..ele veio aqui,saber das contas se estava tudo pago em dia.
___O Otto é um pai pra mim, eu tenho que provar a ele que eu não sequestrei a Eleildes.
___O senhor já tentou procura-la?
___Não deu certo, ela acredita que eu mandei fazer isso,devido as fotos...eu tenho que provar a ela,que eu estou inocente nessa história, mas como....como?
___Naquele dia o senhor saiu daqui disposto a isso,mais infelizmente aconteceu o acidente ___Breno pára, teve uma pensamento rápidp.
___´´E isso...Adam você é um gênio __Breno beija a testa de Adam e sai correndo para o quarto. Minutos depois ele volta já arrumado.
___O senhor vai sair...mais o médico pediu repouso
___Adam, eu posso estar enganado, mais eu sei quem está por tras do sequestro de Eleildes,
___sabe?
___Sei...o que eu preciso é ter provas disso. Mas eu vou encontra-las..ah se vou ___ Breno sai do apartamento deixando Adam confuso.
___Mas onde ele foi agora? Só espero que ele saiba o que está fazendo.
NA GARAGEM DO PREDIO
Breno sai do elevador,e com sua chave ele aciona o alarme, um de seus carros estavam lá,ele entra num Porshe coversível vermelho e sai em alta velocidade.

HORAS DEPOIS
Ele estaciona o carro em frente ao prédio de Lealdo..e fica observando.
___Se ele está por tras disso, eu vou descobrir...ah se vou___Breno fica esperando na porta do predio.
NA CASA DE BRUNELLY
Ela entra furiosa no quarto;..abre as gavetas a procura de algo
___Eu tenho que impedir que aquele velho me destrua...se meu pai souber o que aconteceu,eu estou perdida,mais onde está ___Ela continua a procurar..até encontraruma caixa...ela abre a caixa e pega uma arma ___Pronto!!dessa vez eu acabo com esse velho de uma vez por todas...
VOLTANDO A FRENTE DO PREDIO DE LEALDO
Breno estava lá....de repente Lealdo sai em seu carro...ele aproveita e segue bem atras...Lealdo não percebe que esta sendo seguido....e continua.
NA MANSÃO DE OTTO
Viviane acaba de chegar e nota um carro da policia parado, ela estranha,desce do carro e vai ao encontro de Alfred
___Alfred...o que aconteceu?
___Nada senhorita Viviane...é um amigo de seu Pai.
___Ah que susto..pensei que tivesse tido um assalto
___Pois fique despreocupada, não aconteceu nada.
NA BIBLIOTECA DE OTTO.
___Então estamos acertados.
___Pode deixar senhor Otto...a segurança do casamento de sua filha será completa....pode contar conosco.
___Ótimo, eu não quero que nada saia errado.
___Pode deixar, os nossos homens são profissionais nesses casos....uma boa tarde senhor.
___Eu te levarei a porta...ah sim..e aquele outro assunto? Conseguiu.
___Consegui sim senhor...não se preocupe,amanhã mesmo entregarei ao senhor,como combinado.
___Ótimo...por aqui.
NA PORTA DA MANSÃO:
O homem entra no carro e sai...Fica Otto pensativo,pela janela do quarto Dora assistia toda a cena.
___O que Otto está armando?

ENQUANTO ISSO
Lealdo pára diante de uma casa..ele desce do carro e entra rapidamente,Breno estaciona o carro e desce...ele consegui pular o muro e se aproxima da janela, onde avista Lealdo conversando com Normando...ele tenta ouvir mais o vidro da janela não deixa.mas ele insiste em tentar ouvir com o celular ele tira fotos, dentro da casa a conversa estava iniciada.
___O Breno ouviu a nossa conversa..e agora o que faremos Lealdo?
___O Otto não acreditou nele...isso é um ponto pra nós...precisamos elimina-lo o mais rapido possivel.
___E quando ele morri __Mostra a arma no coz da calça
___Calma..faltam 3 dias para o casamento...não quero estragar a festa...após a festa..aí sim..o Breno terá uma surpresa...ele e o Otto...eu assumo a presidencia.herdo o que tenho de direito.
___E Viviane? O que fará com ela.
___Digamos que ela,também irá ter uma surpresa..e pode apostar..ela jamais imaginou isso. Deixe ela nos preparativos desse casamento, com a morte do pai..com certeza ela ira fica perdida..e aí...eu tiro dela a herança milionária que o paizinho dela deixou...
___Você pensa em tudo Lealdo.
___Eu planeei isso há anos...esta tudo como eu planejei...com a morte de Otto, Breno sendo acusado...eu me torno o amior acionista da Secondlife...quer premio melhor para tanta dedicação a empresa ___lealdo começa a rir.___Bem, vamos ao meu apartamento...l´[a eu te mostro todo o plano, vamos
___Vamos __Os dois saem de casa,Breno se esconde atrás de uma arvore, assim que ele sai, Breno aproveita,força a porta e entra e começa a mexer em tudo...gavetas...ele acha uma arma,depois ele vai a outra sala,começa a mexer e acha uma pasta, com algumas fotos...endereços...uma passagem aerea para Italia no nome de Normando Bastos...ele guarda tudo na pasta e sai.


A NOITE.
Breno estava olhando as fotos em seu computador...depois ele entra no google e pesquisa a foto de Normando, aparece alguns nomes e ele começa a ler um por um....
NO APARTAMENTO DE LEALDO
Brunelly contava a ele o que aconteceu no restaurante com a Viviane.
___Ah mais se ela pensa que vai ficar assim, esta enganado.
___Fique calmo..a Viviane é assim mesmo,mais ela não faz medo a ninguém
___Essa Viviane é bem ousada ___Dizia Normando
___Ela é mimada sim, mais deixe ela..se ela pensa que vai me humilhar assim, esta enganada...eu vou mostrar a ela,ela terá uma surpresinha.
___Veja lá o que você vai fazer.
___Pode deixar Lealdo..eu vou tirar dela o que ela mais ama nessa vida...pode apostar nisso.

NA MANSÃO DE OTTO
Ele estava na biblioteca..quando se sente mal..ele se escora nos móveis...abre uma gaveta e toma rapidamente um remedio.
___Eu não posso ir agora, não posso.não antes de ajeitar a vida de minha filha...
VOLTANDO AO APARTAMENTO DE LEALDO
___Voc~e quer dizer que o Breno saiu do coma?
___Você não sabia?
___Não...droga..droga...estamos encrencados, ele ouviu a nossa conversa..sabe do plano.
___Ele não tem provas Brunelly...nem o Otto que gosta tanto dele acreditou...por tanto o Breno é carta fora do baralho.
___Eu não sei não!!! O Breno é muito esperto..ele vai fazer de tudo pra provar o que disse.
___Ele não tem provas e não terá tenho hábil para isso,descanse querida...daqui há 5 dias...Breno estará na prisão,pelo assassinato de Otto....
___Não substime o Breno...bem eu tenho que ir...depois conversamos, essa noticia da saida do Breno do coma,mexeu comigo...eu temo que ele me procure.
___A essa altura ele esta em casa se recuperando,esta de repouso...e quando ele for tentar agir será tarde.
___Eu queria ter essa fé.mais não tenho...bem deixe eu ir..boa noite amor...boa noite Normando___ Lealdo Beija Brunelly que sai....ela aperta o elavador e dar por conta da chaves.
___Droga,esqueci a chave ___Quando ela vem voltando,m ela ouve a conversa dentro do apartamento.
___Voc~e confia demais nessa garota...e se ela der a lingua com os dentes e contar o que sabe.
___Brunelly é ambiciosa, enquanto ela achar que tera algum lucro..ela ficara do nosso lado.
__E quando ela descobrir que ela não etrá vantagem nenhuma.
___Aí meu caro..está na hora de Brunelly fazer aquela tão sonhada viagem pelo mundo....só que abordo de um caixão,,ou você acha que eu sou homem de deixar pistas...o meu plano é perfeito e não vai ser uma Brunelly que vai estragar isso.pode apostar...a hora dela se aproxima.
Brunelly para...fica sem voz..sabe que agora é uma vitima de Lealdo, e ela sabe wque ele é perigoso op suficiente para cumprir o que promete..ela sai desesperada, entra no carro,liga e sai em desperada..durante o percurso..ela fica imaginando o que fazer, sabia que não podia ir de encontro ao Lealdo, e sabia também que seria uma vitima dele. Brunelly fica pensativa enquanto dirigi.

NO APARTAMENTO DE BRENO
Ele continuava a checar tudo..olhava a passagem e atraves do site via a hora dom embarque...tudo ele anotava, quando ouve bater a porta, Adam estava de folga e ele mesmo abre
___Brunelly o que faz aqui.
___Precisamos conversar.
___Eu não tenho nada a falar va embora..saia daqui..va atras de seu cumplice op Lealdo.
___É dele mesmo que eu vim falar....Breno se você quer destruir o Lealdo...a única pessoa que pode ajuda-lo sou eu...eu sei de tudo...todo o plano dele.___Breno fica parado.
___E queres que eu acredite em você.
___Breno...escuta..eu sei que pode parecer absurdo...mais eu e posso provar para todos quem é o verdadeiro Lealdo...Breno se você quer mesmo acabar com ele e provar a sua inocencia no sequestro de Eleildes...esse alguém sou eu...é pegar ou largar.___Clima tenso entre os dois
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Começar de Novo || Capítulo 17
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Começar de Novo-
Ir para: