InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 CAPÍTULO 48|| SABER VIVER

Ir em baixo 
AutorMensagem
Gabriel Adams
Platinum
avatar

Idade : 22
Cidade : Rio das Ostras

MensagemAssunto: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   22.12.14 20:14

Capítulo 48, Saber Viver 

CENA 1. RIO DE JANEIRO/ PETRÓPOLIS – CASA DO ENZO/NOITE
Quarto de Rebeca...
O banheiro de Rebeca está cheio de sangue, seguindo as gotas de sangue, encontramos Rebeca, caída no chão com o pulso toda cortada. Ela está desmaiada.


TRÊS DIAS DEPOIS...


CENA 2. RIO DE JANEIRO/ TAQUARA – CASA DA DONA DITA/DIA
Társio toma café na casa da dona Dita.
DITA                          Você tem certeza que era a Cristina? – ela pergunta, ainda meio zonza com a notícia.
TÁRSIO                    Tenho certeza absoluta! Era a Cristina sim, ela estava tacando fogo no corpo de duas pessoas. E na maior crueldade, ela assistia tudo!
DITA                         Eu ainda não consigo acreditar que a Cristina tenha coragem de ter feito isso, e pelo o que você insinuou, ter matado a Telma? Ela fez um escândalo no dia.
TÁRSIO                    Ela fez um escândalo para tentar disfarçar, era a própria, eu vi tudo!
DITA                         Se a Cristina matou essas duas pessoas, ela matou a Telma. Ela é uma criminosa e tem que ser presa!
Társio “faz que sim” dando a última golada de café.  

CENA 3. RIO DE JANEIRO/ CENTRO DO RIO – DELEGACIA – PÁTIO/DIA
ANDERSON            Amanhã é véspera de natal, e eu aqui, preso! Primeiro natal que passo no xilindró.
PRESIDÁRIO          Vai se acostumando amigo, pelo o que você aprontou, será assim durante muito tempo.
ANDERSON            Eu achei que isso nunca fosse acontecer comigo. Eu já não aguento mais, eu vou armar um plano para fugir daqui.
PRESIDIÁRIO        Vai se dar meu amigo, aquele delegado do capeta te acha até no quinto dos infernos. E parece que chegou um novo, um tal de Amaral, esse é pior ainda.
ANDERSON            E ele consegue encontrar coisas assim, que são escondidas?
PRESIDÁRIO          Uma vez ele achou um homem que fingia estar morto. Esse delegado é do cão.
ANDERSON            Esse é bom! – ele sorri.

CENA 4. RIO DE JANEIRO/ PETRÓPOLIS – CASA DO ENZO/DIA
Cozinha/Copa
Todos tomam café, inclusive Rebeca que está com o braço enfaixado.
ALICE                      Amanhã é véspera de natal, estão animados? – ela não obtém resposta. – Pelo jeito não.
ENZO                        Eu estou indo para a empresa, você vai Alice?
ALICE                      Não, ficarei em casa descansando e cuidando da Rebeca, aliás o médico pediu que ela tomasse os medicamentos certinhos.
REBECA                  Não preciso de ninguém para cuidar de mim, muito menos de você, pode ir se quiser.
ALICE                      Rebeca, isso é modos de falar com a tua mãe?
ALINE                      Ai gente, não começa. Já não basta o vexame que vocês deram na minha festa. Já se passaram três dias mas eu ainda não esqueci isso!
REBECA                  Culpa essa daí. – diz, apontando para Alice. – Aliás, ela que acabou com a tua festa Aline.
ENZO                        Chega vocês! – ele limpa a boca. – E você, Aline vai para a empresa?
ALINE                      Pai, eu estou em uma gravidez de risco, a médica pediu repouso ABSOLUTO. Só volto a trabalhar depois que eu ganhar meus filhotes.
ENZO                        Davi, você pelo menos vai?
REBECA                  É claro que vai! Davi não falta trabalho, não é mesmo, Carol? – ela debocha.
CAROLINA             Sim, sim. Meu marido é um trabalhador compromissado! E que por sinal, competente. Está realizando uma mega festa para a empresa, nunca vista antes.
REBECA                  Tem certeza que é ele? – Enzo não entende e questiona. – Nada pai, em breve você saberá. Tenho certeza que o Davi irá te contar! – ela debocha, se levantando.
DAVI                         Pai, eu vou sim. – ele se levanta. – Aliás, vamos?!

CENA 5. RIO DE JANEIRO/ TAQUARA – CASA DA CRISTINA/DIA
Cristina acorda e toma um banho. Em seguida ela desce e prepara o café.
CRISTINA               Ai, como é bom ter essa casa toda para mim. Aliás, tenho que ir lá visitar o Vítor, tenho que ver como aquele mané está, fazer aquele teatro.
Ela não termina de tomar o café. Ela pega uma bolsa e sai, mas esquece de trancar a porta. Dita e Társio invadem a casa de Cristina.
DITA                         Társio, aqui não tem nada para procurar. E se ela chega e nos encontra aqui, nos faz de vítima!
TÁRSIO                    Dita! – ele a chama, mostrando um taco que estava jogando pelo canto da casa. – Está com marca de sangue!
DITA                         Então foi ela mesmo que matou as duas pessoas. – em seguida encontra a borracha. – Um pedaço de borracha! Ela usou essas duas coisas para matar ambos.
TÁRSIO                    Eu tenho certeza que você encontrar mais coisas por aqui, vai para o banheiro ver a roupa, talvez a roupa que ela usou ontem esteja com cheiro de fumaça e o principal: com sangue.
Alguns minutos depois...
Ambos chegam perplexos a sala. Társio com uma faca, cheia de sangue, e Dita com uma blusa cheia de sangue.
DITA                         Então foi ela, Társio! Ela que é a assassina.
TÁRSIO                    Dita, precisamos levar isso o mais rápido possível para a delegacia. Se foi ela realmente que matou as duas pessoas, ela vai pagar por isso.
DITA                         Mas como conseguiremos provar que o sangue é de uma das vítimas, ela tacou fogo!
TÁRSIO                    Isso a polícia resolve com perícia, o importante é denunciar essa víbora, colocar ela na cadeia. Ela matou três pessoas, quem será a próxima vítima?!

CENA 6. RIO DE JANEIRO/ BARRA DA TIJUCA – QUIOSQUE DO MARCÃO/DIA
Edu e Hugo terminam de correr, eles se sentam no quiosque.
MARCÃO                 Já vou levar o de sempre para você Edu, é mesmo para o rapaz.
EDU                           Pode ser sim, Marcão. – ele olha para Hugo. – Mas o problema é como eu vou provar que a Rebeca é minha filha.
HUGO                       Mas se ela está negando, você tem que acreditar. Por qual fato ela esconderia isso?
EDU                           Porque ela tem ódio. Não sei! O fato é que eu tenho certeza que a Rebeca é minha filha.
HUGO                       Edu, você já tem um filho com ela o Lukas, para quê outro?
EDU                           A questão não é querer outro filho, o fato é que ela mentiu, escondeu. E se a Rebeca é minha filha, eu mereço estar perto dela.
HUGO                       A menina jamais iria te aceitar como pai, ela foi criada pelo Enzo, na maior mordomia.
EDU                           Pode ser. – Marcão coloca as coisas na mesa e ele agradece. – Mas eu acho que essa história é muito mal contada. – eles ficam em silêncio. – Eu te levo na delegacia, tenho que conversar com o Diego.
HUGO                       Alguma denúncia? – ele desconfia.
EDU                           Sim, eu te conto no meio do caminho.
Algumas horas depois...


CENA 7. RIO DE JANEIRO/ PETRÓPOLIS – APT. DO GABRIEL/TARDE
Rafaela e Gabriel terminam de almoçar.
RAFAELA               Ainda estou meio surpresa com aquela atitude da Valentina, não esperava aquilo.
GABRIEL                Achas que foi sinceridade da parte dela ou falsidade?
RAFAELA               Eu acho que foi sinceridade dela. Você viu, ela chegou a chorar e tudo. E disse que não podia morrer sem antes receber o meu perdão. Será que ela vai se matar?
GABRIEL                Acredito que não. Mas ela sabe que vai ser presa, e por tudo o que fez, capaz de passar o resto da vida na cadeia, até morrer lá.
RAFAELA               Espero. Não quero me sentir culpada por ter tirado a vida de uma pessoa.
GABRIEL                Ela tirou teus sonhos, e destruiu tua vida. Você só retribuiu!
RAFAELA               Assim espero. – ela sorri.

CENA 8. RIO DE JANEIRO/ ILHA DO GOVERNADOR – AEROPORTO GALEÃO/TARDE
Lukas e Madalena estão esperando o embarque.
LUKAS                     Ai, ir para a casa da Tia Jô foi a melhor coisa que pensamos. Teremos dias de descanso lá.
MADALENA                       Sim, estávamos precisando desse descanso mesmo. É tanto problema que vem acontecendo.
LUKAS                     É. Pena que voltaremos logo depois. Vê se não fica assanhada quando ver o Samuel.
MADALENA                       Tentarei me controlar, juro! – eles riem. – Eu sou filha de Deus, não sou feita de ferro, e o Samuel é um GOSTOSO.
LUKAS                     Toma jeito! – eles riem e se abraçam.

CENA 9. RIO DE JANEIRO/ CENTRO DO RIO – CENTRO DE REABILITAÇÃO/TARDE
Cristina conversa com Vítor, que já apresenta uma melhora.
VÍTOR                      Eu fiquei tão mal esses dias. O natal jamais será o mesmo com a Telma longe.
CRISTINA               Não pense que está sendo fácil. A Telma sempre organizou tudo, sempre nos ajudou muito. E agora, o que faremos sem ela? – ela força o choro.
VÍTOR                      O médico disse que eu já estou apto a sair daqui, eles viram alguma irregularidade, mas querem me manter aqui. Cris, você sabe que eu só usei drogas duas vezes, e não mais que isso.
CRISTINA               Você contou isso para eles? – ela pergunta, assustada.
VÍTOR                      Não, no dia que eu conversei com a psicóloga ela disse que isso era loucura minha.
CRISTINA               Entendi. Você vai sair dessa meu irmão, você vai sair. E Olívia onde está, gosto tanto dela.
VÍTOR                      Parece que a Olívia morreu, foi encontrada morta lá perto de casa.
CRISTINA               Sério?! Não fiquei sabendo de nada disso. – eles param de conversar. – Vítor, eu preciso ir. Até mais!
Ela sai com nojo de Vítor, se limpando.

CENA 10. RIO DE JANEIRO/ PETRÓPOLIS – EMPRESA DAN QUADROS/TARDE
Alessandra e Laís conversam.
ALESSANDRA       Animada para a festa da empresa? Já está chegando.
LAÍS                          Nem um pouco animada. Aliás, nem sei o porquê do Davi querer fazer essa festa.
Davi chega na hora e escuta tudo.
DAVI                         Porque eu estava afim! Aliás, vocês não passam de duas recepcionistas, ninguém aqui merece ouvir a opinião de vocês.
ALESSANDRA       Desculpa, Dr. Davi, é que/ – ele não deixa ela terminar.
DAVI                         Cala a boca, Alessandra. Tem dias que eu não estou afim de ouvir voz de empregada, principalmente a usa, NOJENTA!
Ambas abaixam a cabeça e Davi vai embora.
LAÍS                          Aposto que isso é falta de mulher, é verdade. Meu sonho é que uma pessoa assuma isso aqui, tome rixa dele, e o demita. Meu sonho! Não suporto esse idiota.
ALESSANDRA       Continua falando, daqui a pouco a demitida aqui é você.
LAÍS                          Enzo jamais me demitiria, sou da confiança dele de muitos anos. E esse Davi não manda em nada, também não passa de um EMPREGADO!
Elas dão gargalhada e continuam a trabalhar.
Sala de reuniões...
Davi entra na sala e Enzo está vendo as fotos dos candidatos à presidência. Ele guarda as fotos na hora.
DAVI                         Vendo fotos dos concorrentes, pai?! – ele debocha.
ENZO                        Sim! Aliás, eu já marquei o dia em que direi quem irá me substituir na empresa. Inclusive quero falar exatamente com você sobre a data da festa.
DAVI                         O que tem a data da festa pai? Dia 09 de janeiro, não está bom?
ENZO                        Péssimo, eu quero que essa festa seja adiantada. Eu tenho uns problemas para resolver, e preciso resolvê-los o quanto antes.
DAVI                         Pai, você não está com problemas com a fiscalização, né? Além do que o tempo em que era vendidos quadros falsos já passou.
ENZO                        Claro que não, Davi. Os quadros fabricados aqui são intensamente verdadeiros. E por isso vamos adiantar a festa.
DAVI                         Quanto aos convites? Vamos ter que mandar fazer outros.
ENZO                        Mande. Faça do mesmo modelo, retoque apenas à data. – ele se levanta. – Continue trabalhando, eu preciso ir, até mais!

CENA 11. RIO DE JANEIRO/ PETRÓPOLIS – CASA DO ENZO/TARDE
Alice está sentada no sofá. Odete chega.
ALICE                      Odete, me faz um favor? Depois preencha a banheira com aquelas espumas. E se possível coloque aquela essência de rosa, quero tomar um banho relaxante hoje.
ODETE                     Sim senhora. Mas, algum motivo especial?
ALICE                      Claro que não! Estou muito cansada. – ela vê o corte em sua coxa. – E preciso me livrar das bactérias que ainda se encontra em mim.
ODETE                     Essa marca ainda não cicatrizou, né?!
ALICE                      Senta aqui, “Dete” – ela bate no sofá e Odete se senta. – Essa marca é a prova de que um dia eu sofri. Mas parece que eu não aprendi a lição.
ODETE                     Está se referindo a dona Rebeca? O que você fez com ela na festa?
ALICE                      Sim! Eu machuquei a minha filha com aquelas minhas atitudes. Eu gosto tanto dos meus filhos, Odete. Eu sempre criei uma rixa com eles, eu quase morri no parte, mas eu amo eles.
ODETE                     Já pensou em pedir desculpas a dona Rebeca? Ela vai te perdoar, a Rebeca te ama! – ela se levanta. – Dá licença, preciso ir. – ela sai.
ALICE                      Mesmo com as palavras que ela me disse.

FLASHBACK – 2014 – PETRÓPOLIS
REBECA                  Xinga, critica, humilha! – ela chora. – Aliás, já estou acostumada com isso. Acostumada desde bebê. Lembra?! LEMBRA DE TODAS ÀS VEZES QUE EU FAZIA CARTÃO DE AMOR, EM DIA DAS MÃES, NATAL. Consegue puxar na lembrança? – ela limpa as lágrimas. – E EU NUNCA, NUNCA, RECEBI UM CARINHO, UM ABRAÇO, UM BEIJO, UM “EU TE AMO”! – ela chora mais ainda. – E VOCÊ VEM FALAR DAS MINHAS ATITUDES? QUERER REVENDICAR O AMOR? POUPE-ME DA SUA HIPOCRESIA, DA SUA FALSIDADE.
ALICE                      Rebeca fica quieta, não me faça perder a cabeça, cala essa boca!
REBECA                  Ouvir a verdade às vezes dói, né? Mas você é a culpada de hoje eu ter me tornado essa mulher fraca, nojenta e ignorante. O único sentimento que eu tinha por você, ANTES, HÁ MUITO TEMPO ATRÁS, era amor. HOJE EU TENHO NOJO, NOJO! – ela chora. – Eu cansei de ser humilhada, de todas às vezes que você me largava na escola, me tratava feito um lixo. E nem quando você falou que preferia ter me jogado fora a ter me criado, eu deixei de te amar. MAS EU CAN-SEI, CAN-SEI! Eu aprendi que preciso me amar primeiro. ENTÃO, FORA DAQUI, FORA DAQUI! VÁ BANCA DE FALSA, HIPÓCRITA NO RAIO QUE O PARTA. FORA-A-A-A-A! – ela grita, chorando.
VOLTA A CENA


ALICE                      Essas palavras me doeram muito mais que esse corte, muito mais. – ela diz, chorando.
O telefone dela apita. Ela abre a mensagem e lê.
Na mensagem diz “Alice! Meu dinheiro está acabando, não vou ficar de bico fechado por muito tempo. Vamos nos encontrar na Cafeteria Americana. Te encontro lá, hoje às 16:30. Abraços!”
ALICE                      Era só isso que me faltava. Mais um pepino para segurar. – ela diz, limpando as lágrimas.

CENA 12. RIO DE JANEIRO/ CENTRO DO RIO – DELEGACIA /TARDE
Edu entra na sala de Amaral. Na sala estão reunidos, Amaral, Diego e Heitor.
HUGO                       Amaral, dá licença. – ele mostra Edu. – Esse daqui é meu amigo, Edu. Ele tem uma denúncia a fazer.
AMARAL                 Entra, Edu. Entra.
HUGO                       E o vídeo da Carla já chegou. Depois eu trago para vocês verem.
DIEGO                      Hugo, alguma pista sobre o caso do Marcone, quero resolver esse caso o quanto antes.
HUGO                       Foi encontrado um relógio, de um homem! Mas vamos averiguar melhor sobre esse relógio.
HEITOR                   Não tocaram no relógio, né? A digital do dono do relógio é fundamental.
HUGO                       Não! O dono escondeu direitinho, parece que ele queria que a gente encontrasse. Tenho certeza que ninguém tocou no relógio.
Hugo sai e Edu se senta.
AMARAL                 Então, meu caro, a denúncia é sobre quem?
EDU                           Cristina Gouveia! – Amaral gela na hora. – E eu tenho provas contra ela.
Amaral engole seco e gela. Foca em Amaral, assustado.

CENA 13. RIO DE JANEIRO/ CENTRO DO RIO – CENTRO DE REABILITAÇÃO/TARDE
Efésios vai até o quarto de Vítor.
EFÉSIOS                  Vítor, será que podemos conversar?!
VÍTOR                      Entra, entra. – ainda meio triste com a conversa de mais cedo.
EFÉSIOS                  Eu fiquei sabendo do falecimento da sua irmã. Eu sinto muito. – ele abraça Vítor e em seguida se afasta. – Mas eu vim aqui para te dar uma excelente notícia.
VÍTOR                      Encontram a Olívia? Ela está desaparecida!
EFÉSIOS                  Infelizmente ainda não. Mas a notícia é outra: você está liberto!
VÍTOR                      Sério?! – ele se emociona. – Quando a Telma me colocou aqui, ela disse que sairíamos daqui juntos, isso não vai acontecer... – ele abaixa a cabeça.
EFÉSIOS                  Vítor, sua irmã está em um lugar bem melhor que nós. Tenho certeza! Não adianta se culpar pelo ocorrido, ela está te vigiando, te protegendo e está ao seu lado. – ele dá uma pausa. – E já que estamos falando de irmã. Deixa eu te perguntar: você confia totalmente na Cristina?
VÍTOR                      Sim! Mas por que a pergunta? – ele desconfia.
EFÉSIOS                  Vítor, eu preciso conversar com você. E o assunto é sério!
Vítor o encara, assustado.

CENA 14. RIO DE JANEIRO/ PETRÓPOLIS – CAFETERIA AMERICANA/TARDE
Alice chega para falar com uma mulher. Está mulher é Sandra.
ALICE                      O quê que foi dessa vez, Sandra? Será que todo o dinheiro que eu te dei não foi o suficiente? Você quer mais, é isso?!
SANDRA                  E por que não?! Você me deu pouquíssimo dinheiro. Aliás, eu sou sua amiga, não sou? – ela ironiza.
ALICE                      Bem que eu desconfiei que toda aquela amizade no passado ia me custar caro no futuro. Quando a esmola é grande o santo desconfia. Eu fui burra em ter caído na sua!
SANDRA                  Alice, Alice, não renega teu passado. Você sabe que não era só uma filha mimada da mãe, você também era.../ – ela é interrompida por Alice, que tapa a boca de Sandra.
ALICE                      Cala a boca! Ninguém precisa ficar sabendo disso, nem minha família. Eu te dou o dinheiro que você quer. Fala, fala logo quanto você quer!

CENA 15. RIO DE JANEIRO/ PETRÓPOLIS – PARQUE GUANABARA/TARDE
Valentina está no topo do morro que pertence ao Parque Ecológico Guanabara.
VALENTINA           É, parece que você destruiu a vida de muita gente. Até a sua ser destruída. – ela tira a peruca e alisa a cabeça, sentindo falta do cabelo, ela cai no choro. – Chegou a hora de sair desse mundo, Valentina.
Ela tira a roupa e fica completamente nu em cima do morro.
VALENTINA           Hora de se despedir do mundo! – ela abre os braços. – Foi bom estar com todos vocês! – ela sorri em seguida se joga.
A imagem mostra Valentina, batendo nos galhos das árvores e rolando o morro por meio de espinhos, folhas e troncos.
Foca em Valentina, que cai no meio das árvores morta. 

FIM DO 48° CAPÍTULO!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel Adams
Platinum
avatar

Idade : 22
Cidade : Rio das Ostras

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   22.12.14 20:17

Fim de linha para Valentina, aliás essa semana de reviravolta só tem causado mortes! Fim da Vacatina, como diz o Rodrigo. E eis que surge um novo segredo: O que Alice esconde da família?! E quem é essa mulher, em breve vocês terão dicas... Edu vai ter coragem de denunciar Cristina, eita eita eita. Efésios querendo conversar sério com Vítor, e por falar, Cretina como sempre fazendo seu teatro. Mas parece que deixou pista demais: Dita e Társio encontram coisas que incriminam ela, eita. Anderson arranjando um jeito de fugir, será que ele terá o mesmo fim da Valentina ou vai se dar bem?! Comentem o que acharam e até amanhã com os capítulos 49/50.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rodrigomes
Gold
avatar

Idade : 19
Cidade : São Paulo

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   22.12.14 21:10

Ainda bem que a Beca não morreu. Ela está mais furiosa ainda com a Alice.
Davi tem mais que ser desmascarado o quanto antes. #ABREOOLHOENZO
Deu até dó da Alice falando da Rebeca com a Odete. Mas, parece que ela esconde algo... e só a tal Sandra sabe.
Társio e Dita vão acabar se ferrando. Espero que antes disso, eles tenham entregado a Cretina para a polícia.
Falando na falsa... deu mais um show de fingimento, ela deveria ser uma atriz.
Finalmente a liberdade cantou para o Vítor  cheers e o Edu está prestes a entregar a megera da irmã dele.
Ai meu core, Vacatina morreu finaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaalmente!!!! Já não era sem tempo Razz

....................................................................................
Rodrigomes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
João de Oliveira
Gold
avatar

Idade : 16
Cidade : Maringá

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   23.12.14 10:18

Valentina além de tudo é uma covarde, eu hein. Diferente de Társio e Dita, esses não temem muito a Cristina mesmo sabendo tudo que ela fez, e Edú também não, esse acabou de denunciá-la! Quero ver onde isso vai dar! 
Também quero ver o futuro dessas ameaças de Sandra. O que será que Alice fez, detao grave? Vou até pedir uma consulta com Alessandra.

....................................................................................
JOÃO de OLIVEIRA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Morais
Gold
avatar

Idade : 21
Cidade : São Bernardo do Campo

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   23.12.14 10:48

Queria pedir um minuto de silêncio pela morte de Valentina. MENTIRA, PODEM COMEMORAR! Fim de linha pra criminosa, agora a vilã-mor da web é a Cristina, logo Dita e Tarso descobrem tudo tudo tudo, fora que ainda tem o tal Rodolfo vingativo, espero que eles não tenham o mesmo fim da Olivia e do outro lá. Nossa esse Davi é bem RUDE né? Já quero o mendigo da esquina na presidência e nenhum desses quatro merecem.

....................................................................................
POR VICTOR MORAIS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel Adams
Platinum
avatar

Idade : 22
Cidade : Rio das Ostras

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   23.12.14 14:00

Rodrigomes escreveu:
Ainda bem que a Beca não morreu. Ela está mais furiosa ainda com a Alice.
Davi tem mais que ser desmascarado o quanto antes. #ABREOOLHOENZO
Deu até dó da Alice falando da Rebeca com a Odete. Mas, parece que ela esconde algo... e só a tal Sandra sabe.
Társio e Dita vão acabar se ferrando. Espero que antes disso, eles tenham entregado a Cretina para a polícia.
Falando na falsa... deu mais um show de fingimento, ela deveria ser uma atriz.
Finalmente a liberdade cantou para o Vítor  cheers e o Edu está prestes a entregar a megera da irmã dele.
Ai meu core, Vacatina morreu finaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaalmente!!!! Já não era sem tempo Razz
Simm, para alegria de poucos e tristeza de muitos, Beca está vivinha da silva. Rebeca é a única que sabe de tudo, será que ela teria coragem?! Será que Rebeca pegou pesado, como disse Alice, ou ela estava certa?! Só essa tal de Sandra e outras pessoinhas que já se foram, em breve vocês irão ter pistas sobre o tal segredo. E pode ser que alguns descubram até antes pelas pistas, mas eu nego, nego, nego até a morte. Hehehe
Será que Cristina fará Dita e Társio como vítimas também? Ela é louca né, não se pode duvidar... Sim, finalmente a liberdade deu luz para o Vítor!! Simm, coragem está chegando nele. Morreeeeuuuuuuuuu, acho que foi para alegria de todos, hehe. Obrigado por comentar, Rodrigo!!  Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel Adams
Platinum
avatar

Idade : 22
Cidade : Rio das Ostras

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   23.12.14 14:02

João de Oliveira escreveu:
Valentina além de tudo é uma covarde, eu hein. Diferente de Társio e Dita, esses não temem muito a Cristina mesmo sabendo tudo que ela fez, e Edú também não, esse acabou de denunciá-la! Quero ver onde isso vai dar! 
Também quero ver o futuro dessas ameaças de Sandra. O que será que Alice fez, detao grave? Vou até pedir uma consulta com Alessandra.
Tadinha da moça, já tá morta. Não mesmo, basta saber se Cristina fará mal para os dois, ou se eles conseguirão entregar ela antes. Em breve vocês receberão pistas sobre o passado de Alice, em breve. Tadinha da Alessandra, hahaha. Obrigado por comentar, João!!!  Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabriel Adams
Platinum
avatar

Idade : 22
Cidade : Rio das Ostras

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   23.12.14 14:06

Victor Morais escreveu:
Queria pedir um minuto de silêncio pela morte de Valentina. MENTIRA, PODEM COMEMORAR! Fim de linha pra criminosa, agora a vilã-mor da web é a Cristina, logo Dita e Tarso descobrem tudo tudo tudo, fora que ainda tem o tal Rodolfo vingativo, espero que eles não tenham o mesmo fim da Olivia e do outro lá. Nossa esse Davi é bem RUDE né? Já quero o mendigo da esquina na presidência e nenhum desses quatro merecem.
Ela merece esse um minuto de silêncio, coitada! Hahahaha nem deixou o defunto esfriar e já está comemorando. Simmm, Cristina pegou o posto. Será que terão?! Cristina é meio louca, não se pode duvidar de nada! Simm, demais demais. Um mendigo?! Hahahaha tem o pobre Lorenzo, que nunca fez nada a ninguém, UM SANTO. Obrigado por comentar, Victor!!  Very Happy Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wagner Nascha
Gold
avatar

Idade : 21
Cidade : Formosa do Rio Preto

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   23.12.14 18:59

Valentina se matou Surprised pelo menos não vai mais causar sofrimentos em ninguém, já a Cristina sempre aprontando, tomara que o Vitor descubra logo tudo sobre ela.
Edu resolveu denunciar a megera mas porque esse tal Amaral agiu assim ao ouvir o nome dela Surprised bastante intrigante.
Alice e seu passado, o mulher para esconder coisa gente, Deus me livre.
Vamos ver o que se precede Smile Wink Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://webficção.forumeiros.com
Gabriel Adams
Platinum
avatar

Idade : 22
Cidade : Rio das Ostras

MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   24.12.14 16:34

Wagner Nascha escreveu:
Valentina se matou Surprised pelo menos não vai mais causar sofrimentos em ninguém, já a Cristina sempre aprontando, tomara que o Vitor descubra logo tudo sobre ela.
Edu resolveu denunciar a megera mas porque esse tal Amaral agiu assim ao ouvir o nome dela Surprised bastante intrigante.
Alice e seu passado, o mulher para esconder coisa gente, Deus me livre.
Vamos ver o que se precede Smile Wink Very Happy
Simm, se matou. Agora só resta a Cristina para aprontar, rs. Eles já tiveram um caso no passado, eu coloquei até o flashback dela tentando o matar, mas ele não denunciou ela. Simm, esconde muita coisa, mas em breve vocês saberão hehe. Sim! Obrigado por comentar, Wagner!!  Very Happy Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: CAPÍTULO 48|| SABER VIVER   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
CAPÍTULO 48|| SABER VIVER
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Web Novelas :: Saber Viver-
Ir para: