InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Realeza || Capítulo 34

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rodrigomes
Gold
avatar

Idade : 18
Cidade : São Paulo

MensagemAssunto: Realeza || Capítulo 34   08.01.15 21:30

TRIGÉSIMO TERCEIRO CAPÍTULO





Cena 1- Mansão Corte Real- Noite.
Clotilde pede para que Alberto entregue Maria Letícia para a polícia.
 
Alberto: Eu acho que não escutei direito. – Ele fala se sentando em sua cama. – Por que ela fez isso com o meu filho?
Clotilde: Eu também não sei te dizer o porquê, mas... foi ela. – Clotilde se aproxima dele. – Porém, não foi só para isso que eu vim até aqui.
Alberto: Ainda tem mais? De uns tempos para cá, descobri que me casei com uma pessoa que nunca conheci. – Ele para pensar.
Clotilde: Eu tenho até vergonha de ser prima de uma pessoa como ela. – Ela se senta ao lado de Alberto. – Enfim, eu vim te pedir para que você contasse tudo isso a polícia.
Alberto: Mas como? Nós não temos provas, Clotilde. – Ele fala com aflição.
Clotilde: Pode deixar. Eu conseguirei gravar uma confissão da megera, e lhe entrego ainda esta semana.
Alberto: E por que você mesma não a entrega para a polícia? – Ele estranha.
Clotilde: Celso e Maria Letícia estão planejando me matar. E se eles conseguirem fazer isso, você estará com as provas que os incrimina. Entendeu?
Alberto: Perfeitamente. – Ele percebe o desespero estampado na cara de Clotilde. – Se você quiser ficar por aqui...
Clotilde: Não. – Ela o interrompe. - Eu posso até morrer, mas quero que Maria Letícia seja presa por tudo o que fez. – Ela é enfática. – Vou conseguir uma gravação dessa mulher confessando as atrocidades que cometeu. E pode ter certeza de que ela vai cair. – Ela se levanta para ir embora. – Se ela não me matar, pode deixar que eu mesma a entrego. Semana que vem, se tudo der certo, estarei partindo para Paris. Mas antes, acabarei com a Maria Letícia, caso ela tente me matar.
Alberto: Eu entendi. Você quer derrubar a sua prima, e faz questão de fazer isso. Mas está com medo que ela te mate, e saia impune depois de tudo o que fez. Por isso você me contou isso tudo: para que se algo aconteça com você, eu a entregue. – Ele conclui. – E não farei feio se isso acontecer.
Clotilde: Muito obrigada, Alberto. – Ela o beija na bochecha e vai embora.
Alberto: Ai meu Deus. – Ele se deita cautelosamente. – Por que isso está acontecendo comigo? Primeiro, eu descubro que a mulher que eu amava... nunca foi quem eu pensava ser. Depois, Maria Luiza é internada com uma doença grave... me deixando aqui sozinho e desamparado. Agora, descobri que o Marcelo morreu, e que foi a própria mãe quem o matou. – Ele começa a chorar. – Eu não sei se vou aguentar por muito tempo.
 
Passa-se uma semana...
 
Cena 2- Apartamento de Celso- Dia.
Maria Letícia coloca veneno no chá e dá para Clotilde, mas ela havia trocado as xícaras.
 
Maria Letícia: Ela adora tomar chá de manhã, não é? Pois chegou a hora dela partir desta para a pior. – Ela sorri, pingando um líquido escuro na xícara de chá. – Vou colocar só mais um pouquinho para garantir que ela não fique viva até chegarmos ao aeroporto. – Clotilde vê tudo.
Clotilde: “Você deveria ser mais esperta, priminha”. – Ela pensa. – “Agora eu te pego sua cachorra”. – Maria Letícia termina de pingar o remédio, e Clotilde se aproxima. – Bom dia, querida. Depois de hoje, você demorará a me ver novamente.
Maria Letícia: Assim espero. - Ela se vira para jogar o frasco do remédio fora. Nesse meio tempo, Clotilde troca as xícaras. – Espero que você goste do seu ultimo chá aqui no Brasil. Fui eu quem fez.
Clotilde: É a única coisa que sabe fazer. Mesmo assim, ainda sai um pouco aguado. – Ela caçoa da cara de Maria Letícia, e dá uma bela golada em seu chá.
Maria Letícia: Beba com calma para não se queimar. – Clotilde bebe o chá todo, e Maria Letícia bebe apenas meia xícara.
Celso: Estão prontas? – Ele aparece todo arrumado e cheiroso. – Me deixe pegar as chaves do carro. – Ele as pega na instante.
Clotilde: Está indo para um casamento? – Ela sorri. – Pensei que estavam indo me levar para o aeroporto.
Maria Letícia: Sentirei falta do seu humor acido. – Ela é falsa. 
 
Cena 3- Mansão Garcia de Albuquerque- Dia.
Marillu desabafa com Marisa.
 
Marillu: Eu tentei. Juro para você como eu tentei, mas o Alberto não me deu trela. – Ela diz triste. – Preciso da sua ajuda Marisa. Ele deve escutar você, já que são irmãos.
Marisa: Eu estive na casa dele esses dias. Ele mudou o testamento na terça, até onde eu sei. 
Marillu: Ele deve ter retirado a Maria Letícia, já que se casaram sem separação de bens. E também o Marcelo, porque ele morreu.
Marisa: Eu também havia pensado nisso. Acho que sobrou somente Maria Luiza, além de mim. Enfim, ele está mais pra lá do que pra cá. O Alberto anda muito abatido, perdeu a vivacidade.
Marillu: Coitadinho dele. – Ela se entristece. – Mas eu estou disposta a levar a vivacidade para ele de volta. Porém, não tem como eu fazer isso se ele não me ajudar.
Marisa: Eu irei conversar com ele. – Ela apanha sua bolsa. – Até mais ver, querida. Espero que consigamos juntar você e o Alberto.
 
Cena 4- Apartamento de Leonardo- Dia.
Riginaldo promete para Luciana que matará Leonardo.
 
Riginaldo: O seu filhinho acabou quebrando a cara. Pensou que conseguiria me prender. Ele esqueceu que sou rico.
Luciana: Eu não gosto de ver vocês se tratando como dois inimigos. – Ela é sincera. – Só Deus sabe o quanto eu tenho orado para que vocês se acertem.
Riginaldo: Eu vou me acertar com ele sim. Mas será de outra forma. – Ele faz uma pausa. – Mesmo pagando a fiança, eu tive que passar uma noite na cadeia. Ele me pagará por isso, e me pagará com a própria vida.
Luciana: Riginaldo, o que você está pensando em fazer? – Ela se preocupa. – Não vá fazer nenhuma besteira, pois depois você pode se arrepender.
Riginaldo: Eu não me arrependo de nada do que faço, apenas do que deixo de fazer. – Ele é grosso. – Eu vou matar aquele moleque. Ele vai se arrepender de ter tentado me entregar à polícia.
 
Cena 5- Mansão Sales Couto de Sá- Dia.
Antonella ameaça Roberto. E Simone apoia a filha.
 
Antonella: Devido à morte do Marcelo, eu adiei a nossa conversa papai. Mas, agora estou recuperada. – Ela se senta à mesa para o café da manhã.
Célia: Eu não vou poder ficar para essa conversa que vocês terão, mas eu quero saber depois sobre o que foi conversado. Até mais tarde, queridos. – Ela se levanta.
Simone: Para onde você vai, mamãe? – Ela estranha.
Célia: Vou averiguar a segunda maior fofoca do ano que se passou. Pois a primeira foi saber que Maria Letícia era uma prostituta.
Simone: Não acredito que a senhora está indo...
Célia: Na casa da Luciana. – Ela completa. – Tenho certeza de que ela está apanhando do Riginaldo. Por isso sumiram lá do clube. – Ela sorri para a filha. – Você sabe como sua mãe adora uma fofoca. – Ela sai às pressas.
Simone: Só espero que não acabe acontecendo nada de ruim com a senhora. – Ela fala para si mesma.
Antonella: Enfim. – Ela percebe que Daniele não está no local. – Cadê a bastardinha?
Simone: Saiu cedo. Parece que foi ao clube.
Antonella: Ela não sai mais de lá? – Ela pergunta irritada. – Isso não é da minha conta. – Ela olha para Roberto. – Papai, soube através da minha querida irmã, que o senhor só age através de ameaças. E foi por isso que decidi ter esta conversa com você.
Roberto: Diga logo o que você quer Antonella. – Aparentemente abatido.
Antonella: Eu decidi que sairei desta casa. Pois não tem cabimento eu viver junto com aquela fulaninha. A não ser que o senhor tome as providências necessárias, ou seja, expulse a Daniele deste lugar.
Simone: Estou com você minha filha. Você vai ter que escolher Roberto. É ela ou nós. – Roberto as encara com sangue nos olhos.
 
Cena 6- Restaurante- Dia.
Melissa e Rogério conversam sobre o caso de Rodolfo.
 
Melissa: E então? O senhor conseguiu descobrir algo sobre o caso do Rodolfo? – Ela se senta.
Rogério: Eu já te pedi para que não me chame de senhor. Assim até parece que sou velho. – Ele brinca. – Enfim. Essa semana eu fui até a rua que ele foi encontrado morto. Há uma loja no local, que está lá desde muito tempo atrás. E por coincidência, no estabelecimento tem câmeras na parte externa.
Melissa: Mas, ainda há filmagens daquele tempo? – Ela fica curiosa. – Porque só vai servir de alguma coisa, se tiver essas filmagens.
Rogério: Depois de muito procurar, eu acabei achando algo suspeito. Justo na data e horário, que você disse que o Rodolfo poderia ter morrido. – Ele retira um cd de seu bolso.
Melissa: Ai tem as filmagens? – Ele responde que sim. – Pois eu tenho que assistir isso o quanto antes.
Rogério: Não te garanto que seja o Rodolfo. Mas, acontece algo muito estranho nas imagens. E você precisa verificar. – Ele dá uma golada em seu suco. – Será que você poderia ir comigo até a delegacia?
Melissa: Só se for agora.
 
Cena 7- Mansão Corte Real- Dia.  
Nelson canta Regina. Mas Pierre os interrompe com uma grave notícia.
 
Nelson: Nossa. Nessa posição você me mata, Regina. – Ela está de quatro limpando uma mancha no chão.
Regina: Me respeita, Nelson. – Ela se levanta de imediato. – Nunca te dei essa liberdade.
Nelson: Desculpa. É que eu não aguentei te ver... nessa posição. – Ele fica sem jeito. – E além do mais, você é muito bonita. – Ele se aproxima dela.
Regina: Para com isso. – Ela se vira para lavar a louça, e disfarçar a sua vergonha. – Vai lavar o carro do seu Alberto que deve estar sujo.
Nelson: Não. Está limpinho. Eu dei uma bela limpada esta semana. – Ele se senta na cadeira. – E eu nunca vi aquele carro tão sujo como ele estava na terça.
Regina: Terça não foi o dia que aquele advogado esteve aqui? – Ela continua a limpar a louça.
Nelson: Sim. Pelo que eu entendi, parece que o seu Alberto o chamou para modificar o testamento dele. – Ela faz uma pausa. – Fomos até o cartório. O advogado, o filho dele, Melissa e o seu Alberto.
Regina: Deve ter retirado a Mala Letícia, e o seu Marcelo, que Deus o tenha. – Ela faz o sinal da cruz.
Nelson: Você é tão meiga Rê. – Ele se levanta, e aproxima-se dela. – Gostaria de encontrar uma mulher meiga assim para vim morar comigo no meu cafofo. – Ele a pega pela cintura.
Pierre: “Par Dieu” me ajudem vocês. – Ele chega à cozinha desesperado. Nelson se assusta e larga Regina, que acaba quebrando um copo. – O seu Alberto se jogou escada a baixo.
Regina: Ai meu Senhor. Eu sabia que aquele homem não estava bem. – Ela seca as mãos em um pano. – Ele andava muito deprimido e sozinho com a morte do filho, e a internação da filha. Sem contar sobre aquele acontecimento do natal: A esposa dele sendo desmascarada. – Ela, Nelson e Pierre saem às pressas.
 
Cena 8- Clube Realeza- Dia.
Frederico e Daniele finalmente se beijam. Leonardo e Cléber presenciam a cena.
 
Frederico: Olá! Quem é viva sempre aparece, não é? – Ele fala ao ver Daniele. – Como você está?
Daniele: Estou bem, e você? Já faz um tempinho que não te vejo. Desde o enterro do Marcelo.
Frederico: Pensei que não te veria lá. Já que, supostamente, ele se matou depois de ter descoberto...
Daniele: Eu não gostaria de falar sobre isso. – Ela o corta. – Marcelo é passado, que aliás, já está morto e enterrado.
Frederico: Você gostava muito dele. – Frederico se senta, está apenas de sunga. – O que vocês viveram não pode ter sido apagado de sua mente assim tão... facilmente.
Daniele: Por favor, vamos conversar sobre coisas boas.
Frederico: Coisas boas, como o que? – Ela o beija. Leonardo e Cléber estão passando por perto da piscina quando os vê. O rapaz não gosta de ver Frederico e Daniele se beijando, e sai correndo. Cléber vai atrás dele.
Daniele: Como isso. – Ela fala depois de tê-lo beijado. – Frederico fica aéreo.
Frederico: O que foi isso? – Ele leva a mão até a boca. Fingindo estar fascinado com o acontecido. – Eu sempre sonhei com isso. – Ele mente. – Desde o primeiro dia em que eu te vi.
Daniele: Não seja por isso. – Ela o beija novamente. 
 
Cena 9- Casa de Maria José- Dia.
Maria José conversa com Michele e Gaby.
 
Michele: O Roberto contou tudo para mim. Fiquei até estupefata quando soube.
Maria José: Eu nunca imaginei que a Daniele chegaria a tanto. Ameaçar para conseguir o que quer... isso é coisa de gente baixa.
Gaby: Para você vê como nós se enganamos com as pessoas. Hoje em dia, elas conseguem mentir olhando nos nossos olhos.
Maria José: Mas não vamos falar sobre ela. Aquela menina tem muito que aprender com a vida. – Ela se vira para Gaby. – Rolou algo a mais entre você e o Rafael?
Gaby: Acredita que ele se declarou novamente para mim? Foi tão lindo. – Ela se emociona. – Ele disse que comprará a nossa aliança em breve.
Michele: Ai que meigos.
Maria José: Eu espero que vocês mudem de vida, meninas. – Os olhos dela enchem de lágrimas. – A prostituição não as levará a caminho algum. Por isso peço a Deus todas as noites, para que ele prepare um caminho bom para vocês.
Michele: E se Ele quiser, nós iremos conseguir modificar as nossas vidas. – Ela abraça Maria José, emocionada.
Gaby: Agora que estou com o Rafa... Tô até procurando um emprego descente. – Ela faz uma pausa. – Eu não quero mais essa vida de prostituta.
Maria José: Antes de morrer, eu quero ver vocês felizes, casadas e com muitos filhos.
 
Cena 10- Mansão Corte Real- Dia.
Marisa encontra Alberto morto.
 
Marisa: Que alvoroço todo é esse ai? – Ela entra e dá de cara com Nelson, Pierre, e Regina envolta de Alberto, que está caído.
Regina (Ao telefone): Obrigado. Quanto tempo mais ou menos vocês vão demorar? – Ela fala com a emergência.
Marisa: Gente o que está...? – Ela vê Alberto no chão, e uma poça de sangue em sua volta. – Alberto. – Ela grita, e corre até ele. – O que foi que aconteceu aqui?
Pierre: Ele se jogou da escada. Eu vi tudo. – Pierre chora.
Marisa: Não, não, não. – Ela checa o pulso dele, que não está batendo mais. – Alberto, fala comigo meu irmão. Não me deixe aqui. – Lágrimas escorrem o seu rosto. – Alberto. – Ela grita.
 
CONTINUA...




....................................................................................
Rodrigomes


Última edição por Rodrigomes em 16.01.15 19:07, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
PedroPauloGS

avatar

Idade : 29
Cidade : Goiânia

MensagemAssunto: Re: Realeza || Capítulo 34   09.01.15 16:45

Parabéns aos autores! Amo a web, e espero que continue com esse drama todo sempre!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wagner Nascha
Gold
avatar

Idade : 20
Cidade : Formosa do Rio Preto

MensagemAssunto: Re: Realeza || Capítulo 34   09.01.15 19:35

Mais um se despede da Realeza Sad (eu falei que a Realeza estava se despedaçando), agora um minuto de silêncio pela morte do Alberto...................................................................... pronto, voltado ao comentário: Maria Luiza colocou veneno para a Cleotilde e ela quem toma, qual será as conseqüências disso??
Antonella querendo se livrar da Biscatiele, ela consegue??????? Veremos...
Daniele e Fred aos beijos, Leonardo viu e não gostou nada, nada, tadinho dele, uma grande desilusão!!!!
Reginaldo ameaçando matar o Leonardo, mas que homem má gente Surprised ele que se cuide a Célia está na cola dele Wink
Esperando mais uma compacta de Realeza king
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://webficção.forumeiros.com
Rodrigomes
Gold
avatar

Idade : 18
Cidade : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Realeza || Capítulo 34   09.01.15 21:11

PedroPauloGS escreveu:
Parabéns aos autores! Amo a web, e espero que continue com esse drama todo sempre!

Oh! Muito obrigado, agradecemos pela parabenização. Que bom saber que gosta da web, isto significa muita para nós. E virá mais uma dose de drama, pode ter certeza disso. Muito obrigado por comentar, Pedro!! E esperamos que continue acompanhando Realeza Very Happy

....................................................................................
Rodrigomes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rodrigomes
Gold
avatar

Idade : 18
Cidade : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Realeza || Capítulo 34   09.01.15 21:17

Wagner Nascha escreveu:
Mais um se despede da Realeza Sad (eu falei que a Realeza estava se despedaçando), agora um minuto de silêncio pela morte do Alberto...................................................................... pronto, voltado ao comentário: Maria Luiza colocou veneno para a Cleotilde e ela quem toma, qual será as conseqüências disso??
Antonella querendo se livrar da Biscatiele, ela consegue??????? Veremos...
Daniele e Fred aos beijos, Leonardo viu e não gostou nada, nada, tadinho dele, uma grande desilusão!!!!
Reginaldo ameaçando matar o Leonardo, mas que homem má gente Surprised ele que se cuide a Célia está na cola dele Wink
Esperando mais uma compacta de Realeza king

Pois é, você estava coberto de razão. Será que esta Realeza se despedaçará ainda mais? :O Um minuto de silêncio por ele.................................................. Maria Letícia deixou Clotilde passar a perna nela. Acho que as consequências não serão boas, mas tudo pode acontecer kk Ainda acho que Antonella vai ficar amigona da Dani haha, só que não. Desilusão? Será que ele não cairá mais no papo de Frederico? Riginaldo é mesmo um homem muito mal. kkk Coitada de Célia, não pode com esse daí não. 
Será que tem mais surpresa para acontecer nesta Realeza?? Mas é claro que sim. Obrigado por comentar, Wagner Very Happy Acontecimentos chocantes acontecerão nos próximos capítulos!! Não perca.

....................................................................................
Rodrigomes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victor Morais
Gold
avatar

Idade : 20
Cidade : São Bernardo do Campo

MensagemAssunto: Re: Realeza || Capítulo 34   10.01.15 16:43

Gente, coitado do Leonardo, mal sabe que o próprio pai pretende mata-lo! Cada vez gosto menos da Daniele, agora que se envolveu com o Frederico então...Dispenso. A Clotilde foi bem esperta! Já o Alberto acabou caindo na depressão...Coitado, e teve esse fim horrível! Mais uma morte pra lista de Realeza! Quem será a próxima vítima? Será Leonardo? Que tensão...Ah, e a Célia mexendo nessa fofoca, não sei não... Shocked

....................................................................................
POR VICTOR MORAIS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rodrigomes
Gold
avatar

Idade : 18
Cidade : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Realeza || Capítulo 34   10.01.15 17:03

Victor Morais escreveu:
Gente, coitado do Leonardo, mal sabe que o próprio pai pretende mata-lo! Cada vez gosto menos da Daniele, agora que se envolveu com o Frederico então...Dispenso. A Clotilde foi bem esperta! Já o Alberto acabou caindo na depressão...Coitado, e teve esse fim horrível! Mais uma morte pra lista de Realeza! Quem será a próxima vítima? Será Leonardo? Que tensão...Ah, e a Célia mexendo nessa fofoca, não sei não... Shocked

O Riginaldo está cada vez pior. Quero nem saber onde tudo isso vai parar. Coitada da Dani kkk eles fazem até um casal bonitinho hehe. A Clotilde é mesmo muito esperta, ou seria... fofoqueira? kk Pois é, tadinho do Alberto... partiu desta para a melhor. A lista só tende a crescer :O A próxima vitima será... veremos haha. Ela vai ter o que merece, e vai acabar caindo fora. Obrigado por comentar, Victor Very Happy

....................................................................................
Rodrigomes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Realeza || Capítulo 34   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Realeza || Capítulo 34
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Web Novelas :: Realeza-
Ir para: