InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Salamandra/ 41° Capítulo- Romano paga para Régis matar Mônica e Cidinha revive seu pior passado!!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Wilson Bernardo

avatar

Idade : 33
Cidade : Santa Isabel

MensagemAssunto: Salamandra/ 41° Capítulo- Romano paga para Régis matar Mônica e Cidinha revive seu pior passado!!!!   19.01.15 22:40

Salamandra
41° Capítulo
1° parte:
Floricultura Úrsula, Externa, Tarde, Fundo Musical de: “Sparrow  Adam Hurst”, Plano Geral.
Uma voz masculina surge e logo toma atenção de Agatha e Cidinha;

João Victor- Supõe-se que a história da cultura das orquídeas tenha começado no extremo oriente, sobretudo no Japão e na China, há cerca de 3.000/4.000 anos. A palavra chinesa para orquídea (lan) já aparece no herbário chinês desde então. Entretanto, não se sabe ao certo quando ela passou a ser cultivada pelo homem e nem se este cultivo foi motivado por razões estéticas ou apenas medicinais. Sabe se apenas que a cuidamos com o máximo de cuidados é... É como se fosse uma folha quase que sem vida que para sobreviver necessita de água... (João Victor corta um broto de rosa vermelha e enrola numa folha decorativa e entrega para Agatha que se surpreende tal a moça tal Cidinha, Efeito em Closes da Câmera sobre os olhares de João Victor e Agatha ao Fundo Musical de: “Ether/ Hooverphonic”).

Agatha- (Sorri impressionada)... O que é isso? Meu Deus! Devo estar ficando louca mesmo? (João Victor constrangido com a situação resguarda o broto de rosa).

Cidinha- Louca não minha filha encantada! Aceite a rosa Agatha, quanta cavalheira de sua parte João.

João Victor- Muito obrigado dona Cida... Em que posso ajuda-las?


Cidinha- A pedido dos meus patrões gostaria de saber como fazem a jardinagem estamos à véspera de final de ano e precisamos de um novo jardim.

João Victor- Bom! Neste caso tenho um recital onde você pode escolher como o jardim vai ficar e você pode...

Agatha- Vai ficar? Moço se diz irá ficar! Desculpa Cida, mas como um rapaz como ele vai entender de jardinagem se ao menos sabe falar direito? (João Victor fecha o olho irritado e Cida fica vermelha olhando para Agatha que ri debochando).

João Victor- Posso não saber falar, mas conheço a vida com a palma da minha mão, venho de uma humilde família se você carrega um berço eu carrego ouro nas mãos e sou feliz por isso, mas não venha me diminuir para se sentir bem!

Agatha- Petulante! Grosseiro! Cida eu desaprovo esta “Jardinagem Úrsula”, se o elemento se diz ser o tal imagina como o jardim da MINHA MANSÃO NÃO IRÁ FICAR?

Cidinha- Agatha desculpa querida, mas eu amei este, uma pergunta? Esta foto é recente foi você que fez este jardim?

João Victor- Sim fui eu sim! (Atrevidamente Agatha pega o mostruário das mãos de Cidinha e ri).

Agatha- Então eu vou ter o privilégio de ter que falar que ficou ridículo, feio, decadência total! Como diz minha tia Annetta, “Pitoresco”! Corta Para:

CTA, Externo, Tarde, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Fundo Musical de: “Time Lapse/ Michael Nyman”.



Romano levanta se de sua poltrona, Super Close da Câmera neste:

Gerald- A cobra se revelou Romano, não temos alternativa, precisamos agir meu caro ou vamos por tudo a perder!

Romano- Você tentou negociar com ela uma boa quantia? Sei lá mandar ela embora do país, depois da morte da vadia da Lucia mesmo que Roberta tenha sido presa por durante vinte anos, ainda somos alvo de suspeitas.

Gerald- E o que quer que faça Romano não percebe que Mônica é uma ameaça a nós? O que acha que ela pode fazer? Você coloca suas mãos no fogo por aquela gorda maldita?

Romano- Gerald você é muito precipitado está louco, se ela tem as provas e estamos nas mãos dela seria muita coincidência se ela morresse, não tem o que fazer despertaria a policia e principalmente toda a família Annetta, por exemplo, dentro da empresa ou fora... Só se?

Gerald- Só se o que Romano?!

Romano- Sabe aquele rapaz que namora a Agatha?

Gerald- Aquele estranho do Régis?

Romano- Sim! Pois bem como faço para conversar com ele? Corta Para:

Centro de Gramado, Externo, Tarde/ Noite, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Fundo Musical de: “Chase/ The Favorite Instrumental”.

Romano desajusta sua gravata, a sua frente uma passeata de final de ano, este pega o celular digita o numero...

Romano- Gerald? Um calor insuportável esta havendo uma passeata, as ruas de Gramado estão bloqueadas por ser final de ano, tem outra forma de sair daqui? (Câmera Aérea em Super Close no carro de Romano que da o retorno entra em outra Avenida, Câmera Foca as nuvens sob o sol que vai se pondo, Romano estaciona em frente a uma rua pouco movimentada três elementos usando drogas no local, entre eles está Régis, que ao perceber Romano que abaixa o vidro fume do saveiro branca logo vai de encontro);

Régis- Como me descobriu cara?! Veio comprar uma branquinha?

Romano- Não faça perguntas! Entre neste saveiro agora! Ou vai querer dividir esta bolada com seus colegas de classe? (Super Close nos olhos de Régis quando Romano abre a maleta de dinheiro em notas vivas, hesita e logo entra).

Romano- Gosto de negociar e saiba se quebrar este laço você morre será que eu fui claro?

Régis- E então o que você quer? Aposto que é um serviço? Quem é a vitima? (Romano retira a foto de Mônica Super Close em Três Vezes em Câmera Lenta sobre a foto nas mãos de Romano).




Romano- Precisa ser de uma forma que não deixará rastros e suspeitas.

Régis- Esta gorda não é da empresa do pai da minha namorada?

Romano- Não faça perguntas, estou te pagando uma boa quantia para não fazer perguntas de um drogado! Vai fazer essa droga ou não? (Régis pega na maleta, mas é impedido por Romano).

Régis- Qual é cara? Você vem aqui e pá, acha que eu sou otário? Ou a grana ou nada! Tenho que voltar para o ponto. (Câmera se Mexendo Romano exala um sorriso debochado)... O que foi que esta rindo?

Romano- Como você consegue ser tão mentiroso até Annetta que se banca a esperta caiu na sua sana, e lá você se comporta como um rapaz de família! É a vida!

Régis- Não veio aqui para ficar me dando lição de vida porque você meu caro está mais manchado, que nota de um real, se eu quisesse seu conselho ia igreja! Corta Para:

Externo, Família Ferreira, Tarde/ Noite, Plano Geral, Interno, Fundo Musical de; “James Newton Howard/ School Nurse”.

Emanuel estaciona o carro em frente a simples casa de Luiza...

Emanuel- Então é aqui que você mora? (Luiza desconfortada, mas acende um brilho no sorriso).

Luiza- Sim é aqui a minha morada, você quer tomar um café? Minha casa é modesta, mas será bem recebido. (Dona Nona desce a escada correndo aparentemente preocupada).

 Dona Nona- Filha! Por Deus, onde esteve? Saiu naquele sol à estrada perigosa, você não pode andar no sol minha filha você sabe que não pode! Olha como você esta branca.

Luiza- Calma mãe! Estou bem, deixe me apresentar... Este é Emanuel... E esta é minha mãe Dona Nona. (Ambos se cumprimentam).

Dona Nona- Vamos entrar moço, acabei de preparar um delicioso café, graças a Deus que seu irmão esta trabalhando, vamos tomar café que saco vazio não para em pé! (Emanuel abre a porta do carro e logo corteja Luiza abrindo a porta de passageiro, Interno, Família Ferreira, Emanuel observa com detalhe a vida simples daquela bela moça, enquanto Dona Nona conversava passando café este observava Luiza de uma forma envolvida).

Emanuel- Hoje é véspera de Natal você vai passar por aqui ou vão viajar?

Nona- Impossível! Luiza não tem condições de viajar sozinha...

Luiza- Mamãe!
Emanuel- Mas o que impede da senhora e seus filhos viajar e curtir o natal juntos?

Nona- Para nos meu filho que temos a vida difícil com esta crise que o Brasil esta enfrentando já começa com a Petrobras e termina com as estiadas de chuva, por favor, não estou te criticando, mas a nossa maior preocupação é economizar, porque as coisas estão pretas. Corta Para:

Mansão Pellegrini, Externa, Tarde/ Noite Fundo Musical de: “Nox Arcana/ Transylvania 12 The Howling”, Câmera Aérea passa para o Plano Geral em Fade.



Câmera se Mexendo, Câmera Detalhe nas mãos de um homem que agarra o portão da Mansão, logo sacode o mesmo e lentamente solta o portão e se vai, Câmera Detalhe nas pernas deste que sai em disparate, transtornado e deixa cair uma foto de Cida no chão de terra, Zoom In nesta foto;

Corta/ Interno Sala de Estar.

Annetta retira o copo de uísque das mãos de Carmela:

Annetta- Não! Não posso acreditar que mal iniciamos a ceia e você já esta enchendo a cara de novo com bebidas caras Carmela?

Carmela- Annetta! Estou comemorando realmente! E depois tenho motivos para isso depois da ligação de...

Annetta- E eu posso saber de quem é esta tal ligação que a faz beber indescritivelmente as minhas bebidas importadas?

Carmela- Ora sorella não se faça de ingênua, você sabe só não quer falar porque isso é mais forte que você mesma!

Annetta- Sabia que quando você bebe você fica patética? Olha para você, parece aquelas barangas de beira de esquina que faz sexo barato para ter uma renda miserável, por conta de uma grande crise nas bolsas de valores, ridícula!

Carmela- Nossa querida irmã esta vindo para o Brasil! (Annetta se levanta do sofá Super Close em Plano Fechado no rosto de Annetta esta que inspira o ar com muita raiva).

Annetta- Franciesca?!... Dio Santo!


2° parte:

Delícias do Café, Tarde, Interna, Fundo Musical de: “Pale light/ Dark Music”, Plano Geral.

Padre Ottero- E então Cesar o que aflige seu coração?

Cesar- Padre eu estou muito confuso, conheci uma nova mulher e estou envolvido por ela, mas eu ainda não esqueci Roberta Marques Padre, todas! Todas as que eu conheço não tem o mesmo encanto de Roberta.

Padre Ottero- Cesar você ainda acha que pode recomeçar um novo amor diante do sentimento que ainda senti por Roberta? Foram vinte anos...

Cesar- Eu sei que foram vinte anos, mas eu por mais ódio que tenha sentido por ela dia pós dia este sentimento apenas fez meu amor aumentar e já não sei mais quem sou? Eu!... Eu! estou perdido.

Padre Ottero- Calma! Cesar tudo tem sua hora e seu tempo, eu devo confessar que Roberta jamais teria intenção de matar Lucia e honestamente eu torço pelas vitorias dela... Cesar pode ficar chateado se quiser, mas se amasse ela acreditaria nela, lutaria juntos para provar sua inocência, você anda não aprendeu a olhar as pessoas que o cercam e não aprendeu a olhar realmente quem te ama que é Roberta.

Cesar- Mas o que tem haver as pessoas que me cerca Padre esta sabendo de alguma coisa que eu não saiba?

Padre Ottero- Nada sei! Cesar apenas peço a Deus que abra seus olhos para o oculto e o faça ver com os olhos de leão, com a força do escudo protetor dos anjos.

Cesar- Mas e quanto a Hélida? Devo amar uma mulher sem ao menos sentir o sentimento de amor?

Padre Ottero- Cesar não vá movido pelo o que os outros acham, não deixe ser subordinado das pessoas que o cercam apenas escuta seu coração e siga em frente com a sua felicidade. Bom! Eu preciso voltar a paróquia, estou finalizando uma missa de Natal.

Cesar- Oh não Padre! Desculpa! Eu aqui dividindo meus problemas e o senhor atarefado! Desculpa foi insensível.

Padre Ottero- Imagina Cesar estou às ordens, tenho um grande apreço pela sua pessoa, até mais... (Se despedem com um aperto de mãos). Corta Para:

CTA, Externo, Tarde, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Fundo Musical de: “Time Lapse/ Michael Nyman”.


Gerald levanta de sua poltrona Super Close da Câmera no rosto deste que exala um sorriso maquiavélico:
Gerald- Se for preciso que haja silêncio, sim o silêncio e para sempre... Maldita Mônica!... A sua casa vai cair e ao pó ficara! (Ante- Sala de Mônica Inácio se aproxima desta).

Inácio- Ola? Esta tudo bem Mônica?

Mônica- Sim seu Inácio esta tudo bem...

Inácio- Cesar pediu que a convidasse para ceia em nossa casa você pode ir?

Mônica- Olha vou chegar um pouco atrasada, mas prometo que vou...

Inácio- Contamos com sua presença ok? É... 

Mônica! Preciso que você marque uma reunião com os gerentes dos bancos, eu vou precisar que você me envie por email os resumos dos últimos lançamentos dos meses. (Mônica olha atônita para Inácio ao Fundo Musical de: “Chase/ The Favorite Instrumental”).

Mônica- Seu Inácio Cesar administra a empresa em compras, e vendas e ações tecnológicas, mas parte administrativa é feita por seu sócio Gerald Lamas.

Inácio- Assim como Gerald, eu tenho grande participação na empresa e fica notável que eu saiba como esta a vida desta empresa que oferece 90% de mão de obra em todo o Brasil e que foi tida como 97% de rede mundial a oferecer equipamentos de primeira qualidade e de linha reta com seus clientes só perde pela Varig com estas reações políticas precisamos lutar para sempre reerguer a CTA a fim de competir com suas parceiras no ramo aéreo.

Mônica- Desculpa minha petulância, vou fazer o que pede. (Inácio se retira Mônica abre a janela do computador entra em funções administrativas da Hipcow, clica em Relatórios e Orçamentos, logo aparece um ícone pedindo a senha, Mônica liga no ramal de Inácio).

Mônica- Seu Inácio esta pedindo uma senha eu não tenho a senha...

Inácio- A senha daqui eu não tenho até porque administrava a outra empresa do grupo, mas pode deixar já te passo vou ligar para seu Gerald. (Logo Inácio liga para Gerald).

Gerald- Administrativo CTA?

Inácio- Gerald eu preciso da senha para abrir o Orçamento da Hipcow pede senha, você poderia me passar? (Gerald levanta de sua poltrona Super Close neste ergue a sobrancelha do lado direito, preocupado diz).

Gerald- A senha deste diretório? Mas o que esta havendo?

Inácio- Eu não quero perguntas Gerald, preciso marcar uma reunião de todos os bancos e preciso saber deste orçamento se todas as empresas, se a CTA, estão rúptas na integra.

Gerald- Reunião? Mas ai Inácio você precisava comunicar a assembleia.

Inácio- Gerald Não precisa comunicar a assembleia, pois é uma reunião de participação lucrativa de Defti... Sou eu e os bancos! (Câmera se Mexendo Gerald atônito, segura o telefone sem fio).   
Corta Para:


Externo, Família Ferreira, Tarde/ Noite, Plano Geral, Interno, Fundo Musical de; “James Newton Howard/ School Nurse”.


Emanuel- Bom preciso ir... (Dona Nona, Luiza e Emanuel se levantam ao mesmo tempo, Nona estende as mãos).

Dona Nona- Olha foi um prazer em conhecer você, nossa casa é simples, mas quando quiser vir às portas estará aberta, quem é amigo de minha filha é amigo também de mim.

Manuel- Obrigado pelo carinho Dona Nona a senhora que é gentil... Bom agora eu vou!

Luiza- Pode deixar o acompanho até a porta se não se incomodar? (Dona Nona entra em sua casa e Manuel fica olhando para Luiza e surge um sorriso tímido, Luiza também sorri sem entender).

Luiza- O que foi? Porque esta rindo?

Manuel- Sei lá... Sabe? Eu te vejo tão diferente das outras moças, você entre tantas que já conheci foi uma coincidência, e parece que de repente tudo ficou irreal no meu caminho.

Luiza- O que quer dizer com isso?

Manuel- Será que você poderia me acompanhar na noite de natal? Pode ser sua primeira loucura como jovem.

Luiza- Minha mãe não deixaria, e ficar num lugar com pessoas desconhecidas. Eu não tenho postura e depois seus amigos eles vão estar lá.

Manuel- Eu só quero uma amiga neste natal... 
Não quero nada, mais nada! (O silencio é tomado por uma timidez entre o casal e se aproximando do rosto de Luiza que fixa imóvel a qualquer reação surge um beijo na face desta que onde é nítida a respiração profunda por parte desta jovem ao Fundo Musical de: Fotografia/ Leoni).

Luiza- (sorri)... Nenhum rapaz que não sejam meus irmãos me beijou no rosto antes...

Manuel- Tudo tem sua primeira vez, gostaria muito que você fosse de qualquer forma preciso ir, este carro não é meu e quero tomar um bom banho e descansar minhas viagens são longas ao ano... (Manuel da à partida e se vai olhando Luiza pelo retrovisor do carro). Corta Para:

Floricultura Úrsula, Externa/ Interna, Tarde, Fundo Musical de: “Pale light/ Dark music”, Plano Geral.

Agatha- Isso mesmo suas obras de jardinagem são as mais feias que já vi, olha para você sem futuro!

João Victor- Olha aqui moça estou sendo educado ate então, mas não pense que vai me rebaixar com suas grosserias porque aqui a única que esta tendo chiliques é você!

Agatha- Olha só isso Cida, além de petulante é um grosseiro! Vou embora eu não quero este jardineiro na minha Mansão!

Cida- Dona Agatha se quiser ir tudo bem, mas não tem jardineiro disponível é a única Floricultura cristo que esta funcionando hoje véspera de natal.

Agatha- Olha Cida você decide eu quero é sair deste lugarzinho que fede gente grotesca, não demora eu estou lá fora preciso logo tomar banho e ficar livre deste carma! (Agatha se retira, Cida olha para João Victor e sorri).

Cida- E meu filho é tudo pressão eu a conheço, adora se fizer de difícil, mas na realidade é um poço de bondade, vou contratar a empresa! É apenas poldra umas arvores, e reconstituir a paisagem do jardim, você vai conhecer seu Cesar, supergente fina. (Externa, Floricultura Úrsula, Tarde, Fundo Musical de: “Chase/ The Favorite Instrumental”, Agatha aguarda Cida impaciente, Câmera se Mexendo vai se aproximando de Agatha, Cida se aproxima de Agatha, um homem desconhecido se esbarra em Agatha esta se irrita).

Agatha- Seu traste não enxerga por onde anda?! (Super Close em Três Vezes em Câmera Lenta, no rosto de Cida que fica atônita ao ver aquele misterioso homem de barba mal feita diante de seus olhos, Super Close em Três Vezes em Câmera Lenta, sobre o rosto de Ronaldo os seus olhos vermelhos de ódio, em atitude grotesca este empurra Agatha para o lado oposto e se aproxima de Cida, olho por olho).

Ronaldo- Eu te falei que te achava ate no inferno sua vadia maldita! Corta Para:

3° parte:

Externa, Floricultura Úrsula, Tarde, Fundo Musical de: “Chase/ The Favorite Instrumental”, Cida entra em desespero e grita bem alto.
Cida- Ladrão! Ladrão! Socorro!

Agatha- Socorro! Policiais! Vamos correr Cida! 
(Câmera se Mexendo, Momento de Ação, os gritos de Agatha e Cida despertam olhares fazendo com que Ronaldo se distancie este grita então).


Ronaldo- Vou te achar até no inferno, não adianta fugir de mim sua maldita eu vou te pegar! (Ronaldo acaba sumindo por entre uma apresentação teatral de mascaras que ocorre naquele momento, Cida chora, perde a razão senta na calçada aos prantos).

Agatha- Socorro! O que vocês estão esperando para pegar aquele estranho? Cida quem é ele? Ele diversas vezes te ameaçou!

Cida- Agatha eu não estou em condições de responder suas perguntas, eu estou sem chão. (Agatha se aproxima de Cida e a abraça, Câmera em Zoom Out  vai abrindo em Plano Geral. Corta Para:

CTA, Externo, Tarde, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Fundo Musical de: “Veil of Darkness/ Nox Arcana”.



Ante sala de Gerald;


Gerald- E agora? Se Inácio ver os extratos bancários vai perceber que estão irregular e que grande parte da renda aplicada foi feita uma transação em Genebra, Inácio não é tonto e distraído... Maldito!... Pensa criatura!... (Ante sala de Mônica; Esta levanta de sua poltrona Super Close no rosto de Mônica atônita ao que acaba de ser impresso, esta pega a folha da impressora e visualiza);

Mônica- Nossa senhora! Preciso imediatamente entregar este relatório ao seu Inácio é minha única esperança de começar a acabar com Gerald. (No corredor, Câmera Detalhe no sapato preto de salto fino de Mônica vem caminhando firme, sua imagem é refletida no piso, esta para em frente à Sala de Inácio logo em seguida Câmera lenta, da porta da sala se abrindo, Super Close em Três Vezes em Câmera Lenta no rosto de Gerald entregando uns documentos nas mãos de Inácio, Mônica surpresa e Gerald o a olha sinicamente exalando um sorriso debochado, Inácio suspira e lamenta dizendo;).

Inácio- Desculpa Mônica! Gerald já tem os dados necessários!

Gerald- Esta atrasada queridinha! Você esta bem Mônica? Parece que viu um fantasma?! (Super Close em Três Vezes em Câmera Lenta no rosto de Mônica).

(Encerramento com a música Internacional de; Jhonatas e Suzana por: “Buzzcut Season/ Lorde”).



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Salamandra/ 41° Capítulo- Romano paga para Régis matar Mônica e Cidinha revive seu pior passado!!!!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Web Novelas :: Salamandra-
Ir para: