InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Maria Madalena || Capítulo 27

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vinícios
Administrador
Administrador
avatar

Idade : 28
Cidade : Americana

MensagemAssunto: Maria Madalena || Capítulo 27   25.08.13 16:31



Maria Madalena - Capítulo 027

Casa da Família Gouveia. Área da piscina. De tarde.
Guilherme está dentro da piscina junto com alguns amigos e ao ver Beto se aproximando da piscina junto com Aleluia ele sai e vai cumprimentar o amigo.
GUILHERME: Oi Beto, que bom que você veio, já estava achando que você ia furar comigo.
BETO: Desculpa a demora, tive uns probleminhas para resolver na agencia hoje cedo. Você conhece o Lucas, um chato quanto o assunto é trabalho.
GUILHERME: Falando nele, o Lucas não vem?
BETO: Ele me disse que vinha sim.
GUILHERME: Garota? Maria né? – ele chama por Madalena que estava preparando mais umas bebidas para uns convidados.
Maria Madalena se vira e fica surpresa ao reconhecer o babaca do ARES de duas noites atrás.
Beto também não consegue disfarçar a surpresa ao vê a garota de seus sonhos ali para, olhando para ele.
GUILHERME: Você pode preparar uma copo de whisky – disse para Madalena – Whisky certo? – perguntou agora para Beto confirmando se era essa mesmo a bebida que ele queria. Beto afirma que sim com a cabeça. – Prepara um whisky pro meu amigo aqui ok.
MADALENA: Claro – disse se virando para preparar a bebida para Beto.
GUILHERME: Fica a vontade ok. Acho que você conhece todo mundo aqui né.
BETO: Acho que uma boa parte pelo menos – disse, já que não conhecia os amigos de Eduarda e sim só os amigos do Guilherme.
Guilherme se afasta um pouco da piscina para pegar distancia, corre e se joga dentro da piscina.
...
ARES. Escritório de Vinicius. À tarde.
Sal entra no escritório do Vinicius.
VINICIUS: Acabei de acertar tudo com o cliente, do jeito que combinamos.
SAL: Ainda bem. Espero que não tenhamos nenhum problema. Já tivemos trabalho de mais para conseguimos a mercadoria, não quero confusão na hora da troca também.
VINICIUS: Nem me fale – disse passando a mão onde levou o tiro de raspão na perna.
Vinicius se levante e se aproxima de Sal que está perto da porta.
VINICIUS: Vou precisar que você tome conta de tudo por aqui, tenho que resolver umas coisas.
SAL: E você vai demorar?
VINICIUS: Eu não sei.
...
Casa da Família Gouveia. Área da piscina. De tarde.
Beto se aproxima de Maria Madalena para pegar sua bebida.
BETO: Oi!
MADALENA: Aqui senhor – Disse entregando o copo com whisky para Beto.
BETO: Você sabe meu nome, porque eu já me apresentei pra você no ARES, então você não precisa me chamar de senhor.
MADALENA: Aqui sou só uma funcionaria, então tenho que sim que te chamar de senhor.
BETO: E porque o Guido te chamou de Maria, seu nome não é Ariel?
MADALENA: Acho que deve ser porque ele não sabe meu nome, e porque deve acho que todas a empregadas devem se chamar Maria – Ela da de ombros para dizer que tanto faz.
BETO: Ok. Mais...
MADALENA: Mias nada. Eu estou aqui trabalhando e a não ser que o SENHOR queira alguma coisa para beber ou comer, por favor, não me incomode ok.
BETO: Tudo bem – Disse levantando o braço e se afastando.
...
Casa da Família Gouveia. Área da piscina. De tarde.
Elizângela esta sentado bebendo seu terceiro copo de whisky. De sua cadeira ela observa sua filha e o marido dela, Guilherme, deitados juntinhos em uma das cadeiras em volta da piscina.
Guilherme faz carinho na em Eduarda, beija-a na boca suavemente. De sua cadeira Elizângela sente inveja da filha, por ela receber carinho do marido, enquanto que ela só recebe desprezo do seu.
Enquanto passa a mão pelo braço de Eduarda, como se quisesse aquece-la, Guilherme olha para sogra, Elizângela, que devolve o olhar com um sorriso sem graça.
Maria, a cozinheira se aproxima de Elizângela e fala baixinho perto dela.
MARIA: Senhora. Já está tudo pronto para o almoço. Quando a senhora quiser já podem se servir.
Elizângela olha em volta e não encontra Edgar, seu marido. E estranha sua ausência.
ELIZÂNGELA: Quando o Edgar pode servir o almoço.
MARIA: Sim Senhora.
...
Casa da Família Gouveia. Cozinha. De tarde.
Na pia da cozinha Maria Madalena prepara uma bandeja com frutas para levar para mesa na área da piscina.
Distraída com seus afazeres ela não percebe a chegada de Edgar que entra na cozinha.
Edgar percebe que está sozinho com Maria Madalena e se aproxima silenciosamente dela. Sem que ela perceba, ele a abraça por trás sussurrando no ouvido dela.
EDGAR: Eu não via a hora de poder ficar assim sozinho com você.
Maria Madalena se assusta com o braço de Edgar e deixa as maçãs que segurava nas mãos. Ela tenta se soltar do abraço dele mais não consegue.
MADALENA: Me solte – desse se debatendo – Por favor.
EDGAR: A garota, não precisa bancar a difícil sei muito bem que você gosta disso. Eu você acho que não reparei em como você estava adorando se admirada polos homens na piscina.
MADALENA: Eu não sei do que o senhor esta falando. Mais o senhor está muito enganado.
Ainda encostada na pia, Maria Madalena tenta se soltar e consegui virar ficando cara a cara com Edgar.
Edgar tenta beija-la mais Maria Madalena vira o rosto fazendo com que Edgar beijasse sua bochecha. Em seguida ele começa a beijar o pescoço dela, sentir seu cheiro.
MADALENA: O que você esta fazendo? Me solta.
Mais Edgar não solta ela, pelo contrario, a aperta ainda mais contra a pia da cozinha.
MADALENA: Se você não me soltar eu vou gritar.
EDGAR: Então grita, ninguém vai acreditar em você mesmo, você não passa de uma empregada.
Ele tenta beija-la novamente, dessa vez conseguindo encostar sua boca na boca dela forçando assim um beijo. Para se livrar do beijo Maria Madalena morde a coca de Edgar.
Edgar se afasta por causa da dor, passando a mão na boca. Olhar para mão ele vê sangue sobre ela. Ele fica furioso e antes que Maria Madalena conseguisse se afastar ele agarra no pescoço dela apertando com força.
MADALENA: Me larga – disse com um pouco de dificuldade.
Vendo que o Edgar não ia solta-la ele se desespera. Depois de muito esforço para tentar se soltar ela consegue meter o joelho nas partes intimas de Edgar, fazendo com que ele se afaste gemendo de dor.
Maria Madalena livre das mãos de Edgar sai correndo da cozinha.
...
Casa da Família Gouveia. De tarde.
Com um único pensamento na cabeça, o de sair daquela casa o quanto antes, Maria Madalena sai da cozinha correndo em direção à porta de saída da casa. E durante essa tentativa de fuga ela esbarra em Beto que estava saindo do banheiro.
BETO: Você esta bem? – pergunta segurando em seu braço.
Maria Madalena tenta se solta mais Beto não solta a obrigando-a a olhar para ele.
BETO: Você está chorando – disse ao vê lágrimas caído dos olhos de Maria Madalena.
MADALENA: Não é nada – disse passando a mão no rosto para enxugar as lágrima. - Você pode me soltar, por favor.
Beto solta o braço dela e Maria Madalena continua andando. Só que para a surpresa dela Beto decide segui-la.
MADALENA: O que você está fazendo?
BETO: Eu não vou deixa-la sozinha até ter certeza que você está bem.
MADALENA: Eu já falei que não é nada, que estou bem.
BETO: Você não está conseguindo me convencer. Me deixe te ajudar.
MADALENA: Eu não preciso de sua ajuda.
...
Casa da Família Gouveia. Sala. De tarde.
Ao chegar à sala da casa, Maria Madalena se depara com Aleluia que está indo atender a porta.
MADALENA: Aleluia – ela chama se aproximando a amiga.
Beto fica um pouco afastado para da privacidade a Maria Madalena.
ALELUIA: Que bom que você está, pode fazer um favor pra mim. Avisar ao Senhor Edgar que o Lucas Barreto acabou de chegar.
MADALENA: LUCAS BARRETO!
ALELUIA: Sim, Lucas Barreto.
MADALENA: Ele não é o filho daquele empresário que morreu em um acidente de carro há algumas semanas atrás?
ALELUIA: É sim, você o conhece.
MADALENA: Não! Não conheço não. É que eu ouvi falar sobre eles pela TV.
ALELUIA: Ele é amigo da família. O Senhor Edgar erra sócio do João Barreto.
MADALENA: Sócio!
ALELUIA: Você esta bem? Você está branca.
MADALENA: Eu estou... – Mais antes que ela terminasse de responde, ela sente uma fraqueza e quase desmaia.
...
Continua...
 
 


 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Maria Madalena || Capítulo 27
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Maria Madalena-
Ir para: