InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Maria Madalena || Capítulo 31

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vinícios
Administrador
Administrador
avatar

Idade : 28
Cidade : Americana

MensagemAssunto: Maria Madalena || Capítulo 31   07.09.13 22:08



Maria Madalena - Capítulo 031

Casa da família Barreto. Quarto de Barbara. De manhãzinha.
Júlio está sentado em uma cadeira, só de cueca preta e de meias, também pretas, olhando par Barbara deitada na cama, dormindo, enquanto conversa com Ester ao telefone.
CONVERSA AO TELEFONE:
JÚLIO: Já era hora... Eu também tenho uma ótima noticia.
ESTER: Fala logo – ela quase gritou. Ao perceber que tinha aumentado o tom de voz ela olha para Lucas na cama, com medo de que ele tivesse acordado.
JÚLIO: A Barbara já esta comendo na minha mão, só precisei da uns pegas nela umas duas vezes e ela já ta toda caidinha por mim.
ESTER: Muito bom saber disso. A Barbara que me espere, ela vai pagar por tudo que me fez.
JÚLIO: Você tem mesmo certeza que pretende ir até o fim com essa historia.
ESTER: Claro que tenho, não vai me dizer que você estar dando pra trás.
JÚLIO: Claro que não, você sabe que estou com você até o fim... – ele para ao vê Barbara se mexer na cama. – Preciso desligar.
Ele desliga o telefone, se levanta da cadeira, e vai até a cama, onde beija a teste de Barbara.
Barbara abre os olhos e olha para Júlio.
BARBARA: Já de pé.
JÚLIO: Eu preciso ir, a Neidiane já deve está se levantando par preparar o café, não quero correr o risco que ela me veja saindo daqui. 
BARBARA: Tudo bem. – Disse assentido ao que Júlio tinha dito.
Júlio da um beijo a boca de Barbara, pega suas roupas e sai do quarto.
...
Ruas de São Paulo. De manhãzinha.
Após uma noite agita em um luau na praia do Guarujá, Artur, Bruno e Bernardo estão voltando para casa. Bernardo dirigindo o carro, enquanto que Bruno vem apagado no banco de trás, bêbado. Já Artur vem na frete, no banco de passageiro conversando com Bernardo.
ARTUR: E ai, você não falou nada a viagem inteira – ele solta um sorrisinho cínico para Bernardo. – Não consegui pegar nenhum carinha lá.
BERNARDO: Não, não... – ele faz uma pausa para pensar o que vai falar, para não deixar transparecer que o único homem que ele realmente gostaria de ficar era Artur. – Com o Bruno no meu pé, pedindo para afastar a Fabíola dele, nem tive tempo de paquerar ninguém.
ARTUR: Sabe que eu não entendo, esse rolo de vocês, de ficarem um se passando pelo outro.
BERNARDO: Até que na maioria das vezes, é divertido. – Ele ri. – Sabia que nem os nossos pais conseguem descobrir que é quem, quando fingimos um ser o outro.
ARTUR: Sim! O Bruno já tinha comentado.
BERNARDO: O único problema é que o Bruno pegou essa mania de não querer terminar cara a cara com as namoradas dele.
ARTUR: E você, não namora ninguém? Não está apaixonado por ninguém?
O coração de Bernardo dispara e ele começa a ficar avermelhado, devido à vergonha.
ARTUR: Ta ficando vermelho – ele ri – deve gosta de alguém sim... Eu conheço?
BERNARDO: Na...Não. Não gosto de ninguém – ele tenta parecer firme e decidido, para que Artur não perceba que ele está mentido.
ARTUR: Tudo bem então, não precisa dizer se não quiser.
...
Apartamento de Ester. Quarto. De manhã.
Lucas acorda e vê Ester deitado ao seu lado, dormindo. Ele se senta na cama e percebe que está só de cueca.
LUCAS EM PENSAMENTO: O que fui fazer.
Ele passa as mãos pelo cabelo, se levanta, pega as roupas no chão e começa a se vestir.
Lucas olha no relógio, vê a hora. Em seguida pega o celular e a carteira em cima da mesinha de cabeceira ao lado da cama e sai do quarto. Antes de sai ele volta para pegar o tênis.
Na sala ele termina de se arrumar. E vai embora.
...
Casa da Família Barreto. Área externa. De manhã.
Barbara está no jardim da casa, olhando para as belas e diversas flores que compõem o jardim. Júlio se aproxima por trás sem que ela perceba e beija seu pescoço. Barbara vira assustada.
BARBARA: Você está louco, alguém pode nos vê.
JÚLIO: Não se preocupe eu tomei cuidado.
BARBARA: E o que você está fazendo aqui.
JÚLIO: Eu já consegui o que você queria.
BARBARA: Hum! É mesmo. Mais você tem certeza que da pra confiar nele.
JÚLIO: Tenho sim. Foi indicação de um amigo, e segundo ele, é totalmente de confiança.
BARBARA: Muito bem então, e você já falou com ele.
JÚLIO: Sim. Acabei de vir de lá, já passei todas as informações que você me deu sobre Maria Madalena que você me deu. Ele vai começar a investigar hoje mesmo. Mais você sabe que vai ter um preço, e não vai sair nada barato.
BARBARA: O dinheiro não é problema. Eu preciso saber o quanto antes o que aquela garota está aprontando. Não quero ter nenhuma surpresa.
...
Em frete ao apartamento Madalena/aleluia/Anita. De tarde.
Por volta das duas horas da tarde, Beto estaciona o seu carro em frete ao prédio do apartamento de Maria Madalena. E toco o interfone. Ela aguarda alguns minutos e é surpreendido por Maria Madalena que aparece na porta lindíssima. Cabelos soltos, levemente cacheados, vestindo uma calça de tecido preta, camisa de cetim salmão e uma sandália de salto alto preta. 
BETO: Nossa!! Quem é você? – ele fala boquiaberto para Maria Madalena. – E a garota de ontem, o que você fez com ela.
MADALENA: Também não é pra tanto – disse com um grande sorriso no rosto.
BETO: Pelo visto, você já está bem melhor.
MADALENA: Nem tanto, mais estou decidida a ficar, é vida que segue certo.
BETO: Com certeza – disse correndo até o carro e abrindo a porta para ela.
MADALENA: E para onde que vamos?
BETO: Primeiro almoçar, depois vamos fazer um passeio no parque ou museu, ou qualquer outro lugar a sua escolha.
Maria Madalena entra no carro. Beto fecha a porta e da à volta no carro, abre a porta do motorista e entra.
...
Casa família Gouveia. Quarto Eduarda/Guilherme. De tarde.
Guilherme está deitado na cama pesando em como foi sua vida, desde que chegou a casa do Gouveia. Sua impressão ao conhecer Elizângela, ela olhando para ele da janela do quarto enquanto ele estava na piscina. E pesando principalmente na noite anterior onde encontrou Elizângela caída ao lado da cama, no beijo que ela lhe deu. Mais os pensamentos que mais invadiam sua mente era dos dois se beijando no carro, na garagem.
Alguém bate na porta e entra, despertando Guilherme de seus pensamentos. É Elizângela que veio procurar a filha.
ELIZÂNGELA: A Duda não está aqui?
GUILHERME: Não. – Disse se sentando na cama. – Ela saiu, foi encontrar umas amigas no shopping.
ELIZÂNGELA: Ok então, vou deixar você voltar a descansar.
Guilherme se levanta da cama, guiado por seus homônimos, por seus desejos. Se aproxima de Elizângela e a beija.
ELIZÂNGELA: O que você esta fazendo? – disse ao conseguir se afastar um pouco de Guilherme.
GUILHERME: Não que você também não quer. – disse voltando a beija-la. Ele empurra a porta com o pé para fecha-la.
Ainda se beijando eles caminham até a cama onde Guilherme empurra Elizângela na cama, que cai deitada, deixando a parte abaixo do joelhos para fora da cama.
Guilherme tira a camisa, desabotoa a calça e fica só de cueca. E se deita por cima dela voltando a beija-la.
Elizângela não consegue esconder que também quer muito aquilo e se deixa levar pelo calor do momento. Mesmo sabendo que é errado.
ELIZÂNGELA EM PENSAMENTO: Ele é o marido da minha filha. Eu não... – mais perde o foco de seus pensamentos quando Guilherme intensifica os beijos.
Elizângela se ajeita na cama subindo seu corpo mais para cima, para perto da cabeceira da cama. Enquanto que Guilherme fica de joelhos em cima da cama, com as perna de Elizângela passando por entre as deles.
Guilherme começa a desabotoar a camisa de Elizângela e ela o ajuda a tira-la. Em seguida puxa a saia que ela estava vestindo deixando só de calcinha e sutiã.
Elizângela se senta na cama e desabotoa o sutiã, deixando seus seios amostra. Guilherme põe suas mãos sobre ela e aperta cuidadosamente e carinhosamente. Em seguida começa a beija-los, beija o pescoço dela e depois a boca. A intensidade do beijo é tanta que os dois acabam caído de lado na cama, mais não para se beijar, de passar a mão um no outro.
Em seguida Guilherme puxa a calcinha de Elizângela deixando-a nua deita em cima da cama. Guilherme tira sua cueca e os dois voltam a se beijar.
...
Continua...










 
 
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
andrehenrique

avatar

Idade : 24
Cidade : Cuiabá

MensagemAssunto: Re: Maria Madalena || Capítulo 31   23.09.13 10:27

quando sai o próximo capitulo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Maria Madalena || Capítulo 31
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Maria Madalena-
Ir para: