InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Maria Madalena || Capítulo 49

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Vinícios
Administrador
Administrador
avatar

Idade : 28
Cidade : Americana

MensagemAssunto: Maria Madalena || Capítulo 49   10.01.14 21:41



Maria Madalena - Capítulo 049


Agencia de turismo. De manhã.
Beto se solta de Guilherme e caminha em direção da porta, sai da sala e começa a descer as escadas.
Lucas sai logo atrás.
LUCAS: Acho que eu não preciso falar que você está demitido.
Beto continua descendo as escadas sem se virar para olhar para Lucas. Ao chegar no final da escada ele se vira e olha para cima, abra a boca para falar algo mais desiste. Vira-se novamente e caminha em direção à saída da Agencia.
LUCAS: Se afasta dela ou eu... – ele grita de cima da escada.
BETO: Você o que? – disse se virando para olhar para Lucas.
LUCAS: Ou eu acabo com você!
BETO: você não Sabe o que está falando.
LUCAS: Então pague pra vê.
BETO: É o que eu vou fazer – disse antes de sair da agencia.
...

Em frete a Agencia de Turismo. De manhã.
Beto entra no carro fechando a porta com força.
Dentro do carro ele olha no espelho retrovisor os machucados do rosto e limpa o sangue que escorria no canto da boca.
BETO: Eu sinto muito Lucas! – disse quase chorando – Eu não queria que acabasse assim.
...

Hospital São Lourenço. De tarde.
Maria Madalena está sentada em uma cadeira ao lado da cama do seu filho Léo.
Léo que estava dormindo, ainda por causa do efeito do coma, mexe a mão.
Maria Madalena se assusta ao ver o movimento do filho e se levanta rapidamente olhando para o filho e pegando em sua mão.
MADALENA: Léo! – ela fala quase sussurrando.
Léo abre os olhos e olha para mãe sem falar nada.
MADALENA: Anita! – Ela chama.
Anita que estava no corredor ao lado do quarto falando ao celular entra apressada no quarto.
MADALENA: Ele acordou.
ANITA: Graças a Deus! Eu vou chamar o medico.
MADALENA: Claro, vai mesmo. Obrigada!
Léo segura apartado na mão da mãe e tenta falar algo, mais não consegue.
MADALENA: Calma meu filho! – Disse dando um beijo no rosto do filho. – O medico já está vindo.
...

Casa da Família Corona. De manhã.
Artur está falando com Bruno ao celular. Sai de seu quarto e fecha a porta.
ARTUR AO TELEFONE: Você ainda não me falou como foi a conversa com o Geba.
BRUNO AO TELEFONE: Ele disse que está tudo certo para os pegas hoje a noite.
ARTUR AO TELEFONE: Ainda bem! To precisando muito correr hoje. As coisas aqui estão um saco – disse entrando na sala.
BRUNO AO TELEFONE: Mais ver se toma cuidado em. Você sabe que esses pegas organizados pelo Geba são meios perigos.
ARTUR AO TELEFONE: Eu sei, não precisa se preocupar vou ser cauteloso. Onde você está?
BRUNO AO TELEFONE: Estou indo no banco pegar o dinheiro para as apostas.
DOROTEIA: Onde você está inda? – pergunta ao ver Artur abrindo a porta do apartamento, com o capacete preso por entre o braço.
ARTUR: Não é da sua conta! – disse passando pela porta e a fechando em seguida.
Artur ao telefone: Eu te encontro no banco me espera.
...

Hospital São Lourenço. De manhã.
O Doutor Mario termina de examinar o Léo com o auxilio de uma enfermeira.  
MARIO: Bom. Devido a algumas fraturas ele vai precisar fazer algumas sessões de fisioterapia, mas fora isso aparentemente ele está muito bem, só um pouco enfraquecido devido ao tempo em que ficou em coma.
MADALENA: Entendi.
MARIO: A enfermeira vai dosar um pouco de soro com algumas vitaminas. Aos poucos ele vai recuperando um pouco da disposição, vai poder conversar um pouco e até mesmo se sentar para comer um pouco também.
...

Agencia de Turismo, sala de Lucas, de Manhã.
GUILHERME: Eu ainda não consigo acreditar que você e o Beto brigaram e saíram na porrada.
LUCAS: Eu não quero falar daquele traira.
GUILHERME: Tudo bem, mas pelo menos vê se cuida desses machucados – disse se referindo aos hematomas de Lucas.
...

Hospital São Lourenço. De tarde.
Beto chega ao hospital, ainda meio dolorido da briga que teve com Lucas. Ele vai direto para o quarto onde Léo está.
Ao Entra no quarto:
BETO: Eu já soube – disse indo até onde Maria Madalena estava e a abraça. Ele olha para a cama e vê que Léo esta dormindo.
MADALENA: Obrigado Beto pelo carinho – disse se soltando um pouco do abraço de Beto. – O que é isso? – perguntou ao ver os machucados no rosto dele.
BETO: Não foi nada – disse dando uns passos para traz.
MADALENA: Como nada?
BETO: Maria Me desculpe!
MADALENA: Pelo que?
BETO: Por isso – disse agarrando ela e a puxando para perto, em seguida a beija.
Maria Madalena tenta se afastar, mas acaba se deixando beijar.
...

Casa da Família Barreto. Quarto de Barbara. De tarde.
Barbara está falando ao telefone com Edgar Gouveia.
Barbara ao telefone: O Dr. Ferrazo acabou de ligar confirmando a leitura do testamento para daqui a quatro dias.
EDGAR AO TELEFONE: Não se preocupe eu estarei ai com certeza.
BARBARA AO TELEFONE: Não foi por isso que te liguei.
EDGAR AO TELEFONE: Então foi pelo que?
BARBARA AO TELEFONE: Ele insiste que aquele mulher esteja aqui.
EDGAR AO TELEFONE: Que mulher?
BARBARA AO TELEFONE: Você sabe muito bem de quem estou falando, da Maria. Tudo indica que o filho dela vai receber uma parte da herança.
EDGAR AO TELEFONE: E o que eu tenho a ver com isso.
BARBARA AO TELEFONE: Você precisa me ajudar a evitar isso, não podemos permitir que esse garoto pegue o que de direito pertence ao Lucas.
EDGAR AO TELEFONE: Se pararmos pra pensar, na verdade é o Lucas que está pegando o que pertence a esse garoto, a final ele é o único filho do João, coisa que sabemos que o Lucas não é.
BARBARA AO TELEFONE: Você vai me ajudar ou não?
EDGAR AO TELEFONE: E o que você quer que eu faça, que tente matar o garoto como você fez.
BARBARA AO TELEFONE: Quer saber foi um erro te ligar, espera que você fosse me entender e me ajudar.
Ela desliga o telefone, se aproxima da penteadora e com o braço derruba tudo que tinha em cima da penteadora no chão.
BARBARA: Que ódio! – ela grita. – Ahh!!! Ela grita novamente.
...

Hospital São Lourenço. De Tarde.
ANITA: Maria eu já... – disse entrando no quarto, mas para de falar ao ver Beto e Maria Madalena se beijando.
Maria Madalena e Beto param de se beijar e se soltam.
MADALENA: Eu... Não é o que você estar pensando.
BETO: Da minha parte é sim.
ANITA: Eu não estava pensando em nada – ela sorri cinicamente.
MADALENA: O que você estava dizendo quando entrou no quarto?
ANITA: Eu já avisei pras menos do ARES, elas falaram quem vão passar aqui depois para visitar o Léo.
MADALENA: Obrigada Anita.
ANITA: Beto o que aconteceu com você? Foi atropelado por um ônibus? – ela ri.
BETO: Não foi nada.
MADALENA: Como nada? Nada não deixa hematomas.
BETO: Briguei com uma pessoa ai, mas não quero falar a respeito.
ANITA: Acho melhor você da pulo na enfermaria pra da uma olhada nesses hematomas e machucados.
MADALENA: Eu também acho.
...

Hospital São Lourenço. De Tarde.
ANITA: Maria agora que o Léo acordou, que ele vai ficar bem. Você sabe que esse hospital é partícula, como você vai fazer para pagar a conta.
MADALENA: Eu não sei Anita. Eu estava tão preocupada com o Léo que nem parei pra pensar na conta do hospital.
ANITA: Eu entendo, mas acho melhor você começar a pensar. É até estranho ninguém do hospital ter vindo te procurar ainda querendo saber qual vai ser sua forma de pagamento.
MADALENA: Agora que você falou, é verdade, ninguém veio me procurar pra falar nada a respeito disso.
ANITA: Acho que é melhor depois tentarmos saber mais a respeito disso. Saber como anda a sua divida aqui no hospital.
...

Hospital São Lourenço. De Tarde.
Depois de volta da enfermaria com os hematomas devidamente limpos e cuidados, Beto vai com Madalena procurar se informar sobre a conta do hospital com Maria Madalena enquanto Anita fica no quarto fazendo companhia a Léo.
Maria Madalena e Beto entram no quarto.
ANITA: E ai conseguiu uma informação?
BETO: Sim, mas não sei se foi boa o ruim.
Anita olha para Maria Madalena esperando por uma explicação.
MADALENA: O Lucas colocou a todas as despesas do Léo no cartão dele.
ANITA: Nada mais justo, já que o Léo é irmão dele.
BETO: Ele ta é querendo que a Maria fique devendo a ele.
ANITA: Eu não acho, eu vi como ele estava preocupado com o Léo, acho que ele realmente se importa com o irmão.
MADALENA: Não importa o que ele espera com isso, mas vou da um jeito de devolver esse dinheiro para ele. Não quero que ele ache que preciso dele para alguma coisa.
...

Avenida Paulista. Centro de São Paulo. À noite.
BRUNO: Você tem certeza que vai correr mesmo? No centro da cidade.
ARTUR: Claro que vou – disse se sentando na moto.
BRUNO: Você sabe que assim que começar há uma grande chance da policia aparecer logo em Cida.
ARTUR: Eu sei! Mais pode confia, vai da tudo certo.
BRUNO: Tudo bem então. Vou fazer as apostas.
...

Avenida Paulista. Centro de São Paulo. À noite.
Uma garota vestindo um short jeans bem curto caminha para frete dos motoqueiros, que estão prontos para a corrida em cima de suas motos esperando a largada. Ela dança um pouco, em seguia tira o topo, levanta o braço e o acena para que todos vejam.
Os Motoqueiros aceleram. Fazendo um grade barulho. Ao verem a gota deixar cair o topo branco, eles disparam em frete, cada um querendo assumir a dianteira.
ARTUR: Uhuh!! É isso ai – disse acelerando ainda mais.
Artur assume a dianteira, sempre olhando no retrovisor, procurando acompanhar as ações dos outros motoqueiros.
ARTUR: Essa corrida ta no papo.
Um dos motoqueiros passa a frete de Artur.
ARTUR: Seu filho da... – disse acelerando um pouco mais.
Eles fazem o retorno no ponto marcado e voltam para linha parte.
Faltando poucos mais de um quilometro da chega, Artur escuta as sirenes da policia.
ARTUR: Até que demora pra aparecer.
Ao olhar para frete Artur vê as pessoas que vieram ver a corrida se dispersarem com medo da policia.
ARTUR: Cambada de medroso ele – ele ri e acelera ainda mais, conseguindo recupera a frete e passa pela linha de chegada em primeiro lugar.
Artur anda um pouco mais pra frete e para ao lado de Bruno.
ARTUR: sobe logo.
Bruno sobe na moto, quase que em um pulo.
Artur acelera novamente e sai em disparada. Pelo retrovisor ele ver a policia fechando alguns dos outros motoqueiros.
...

DOIS DIAS DEPOIS.
...

Hospital São Lourenço. De Manha.
Léo já esta bem mais disposto, e está fazendo sua primeira seção de fisioterapia.
FISIOTERAPEUTA: Ele está indo muito bem. Tudo indica que não vai ficar com nenhuma sequela.
MARIO: Que bom que está dando tudo certo!
MADALENA: Tudo isso graças a você doutor. – Disse para o Dr. Mario. – Muito Obrigada.
MARIO: Eu só fiz minha obrigação como medico, seu filho que é um garoto muito forte.
MADALENA: Eu sei. Mesmo assim eu não sei o que teria sido do filho sem o senhor. O Senhor foi um anjo que Deus colocou na minha vida e na do meu filho.
BETO: Oi Doutor! – Disse depois de entra no quarto de Léo, em seguida o cumprimento apertando a mão dele.
Depois de cumprimenta Mario ele abraça Maria Madalena. Após o abraço ele acena discretamente para Léo, para não atrapalhar a seção de fisioterapia.
MARIO: Bom preciso ir checar meus outros pacientes, mas volto antes de ir embora para checar como anda a evolução do nosso amiguinho aqui.
Enquanto o Medico saia o telefone de Maria Madalena toca e ela sai da sala para atender.
Beto fica no quarto para apoiar Léo na fisioterapia.
...

Hospital São Lourenço. De Manha.
Maria volta para o quarto.
Beto se aproxima dela ao percebe a cara de preocupada dela.
BETO: Aconteceu alguma coisa? – pergunta baixinho no quanto do quarto para não atrapalhar a seção de terapia do Léo, e ao mesmo tempo para que ninguém escute o que estão falado, no caso de ser alguma coisa certa.
MADALENA: Era o advogado da família Barreto.
BETO: E o que ele queria? – Perguntou vendo que ela tinha ficado quieta.
MADALENA: Daqui a dois dias é a leitura do testamento do João Barreto e ele queria confirmar minha presença.
BETO: Verdade já tinha esquecido que o dia já estava tão perto. E o que você falou para ele.
MADALENA: Que eu não queria saber de nada disso. Que o quer que tenha nesse testamento não me interessa.
...

DOIS DIAS DEPOIS.
...

Casa da Família Barreto. Sala. De noite.
BARBARA: Já estamos todos aqui Dr. Ferrazo. – Disse se referindo as pessoas que estava ali na sala. Seu filho Lucas, Edgar acompanhado de sua esposa Elizângela, Júlio Barreto, sobrinho do João Barreto e ela, a Barbara. - Não sei por que essa demora para começar logo com isso.
LUCAS: Mãe! Deixe o Dr. Ferrazo fazer o trabalho dele.
DR. FERRAZO: Nem todos chegaram ainda. Ainda falta um dos citados no testamento.
LUCAS: Ferrazo eu duvido muito que ela venha.
BARBARA: Claro que não! Ela não teria a cara de pau de colocar os pés na minha casa.
EDGAR: Quem que não vem? E porque ela não viria aqui? – disse cinicamente disfarçando não saber sobre o que ou quem eles estavam falando.
BARBARA: A amante do meu Marido!
JÚLIO BARRETO: Como assim amante?
LUCAS: Depois eu te explico tudo primo. Agradeço por ter voltado para o Brasil para essa reunião.
JULIO BARRETO: Claro primo. Você sabe que devo tudo o que conquistei ao meu tio. Desculpa por não ter consegui vir para o velório e o enterro.
LUCAS: Eu entendo. Fomos todos pegos de surpresa.
BARBARA: Vamos parar com esse falatório todo e começar logo com isso.
DR. FERRAZO: Mais cinco minutos, se ela não vier começamos mesmo sem ela.
MADALENA: Então não precisa esperar mais doutor – disse entrando na sala, acompanhada por Beto.
Todos se viram para olhar para ela.
...

Continua...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vinícios
Administrador
Administrador
avatar

Idade : 28
Cidade : Americana

MensagemAssunto: Re: Maria Madalena || Capítulo 49   10.01.14 21:47

Pessoal desculpem o atraso!!

Sei que tinha me comprometido a voltar semana passada, mas apareceu uma viagem de ultima hora, e o sinal da internet estava muito ruim, não estava conseguindo carregar as paginas do portal.

Essa semana farei os capítulos um pouquinho mais extensos para compensá-los.

Farei o Possível para não ter mais nenhuma pausa até o capítulo final.

Espero que continuem curtindo Maria Madalena.

Forte Abraço!

Vinícios Aguiar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
diogo2013
Prata


Idade : 26
Cidade : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Maria Madalena || Capítulo 49   11.01.14 0:21

Puxa, o Beto e o Lucas estão numa rivalidade incrível,
viraram grandes inimigos e pelo visto isso não vai terminar
bem. Acompanhando os capítulos com muita alegria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Maria Madalena || Capítulo 49   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Maria Madalena || Capítulo 49
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Finalizadas :: Maria Madalena-
Ir para: