InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Vidas Vazias || Capítulo 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Eduardo Lobo

avatar

Idade : 19
Cidade : Redenção

MensagemAssunto: Vidas Vazias || Capítulo 5   28.02.14 21:38



Vidas Vazias


As mágoas que podemos provocar numa pessoa pode até quebra o laço mais forte do amor. As únicas pessoas que nós pode magoar e as pessoas que nós amamos, por isso dói tanto. A mágoa pode fazer o amor virar o mais puro ódio.

Rebeca continua a olhar sua mãe com repulsa.

Rebeca- Você e muita tola em pensar que um simples perdão ira fazer eu te perdoar! Tinha muito apreço e amor por você. O que você me fez, fez todo esse amor vira ódio!

Vilma- Tudo que eu fiz, foi pensando o melhor para você.

Rebeca- Você fez tudo isso pensando em você, não em mim! Agora se levante e dessa se não eu conto tudo o que você fez a mim para o resto da família.

Vilma se levanta limpando as lágrimas.

As duas dessem e sentam cada uma no seu devido lugar e Rebeca fala a todos:

Rebeca- Falei com minha mãe queria, expliquei tudo e nós se entendemos.

Alberto interrompe.

Alberto- Antes que você se explique temos que apresentar os convidados. Rebeca essa e Elena e Vens, Elena e Vens essa e Rebeca.

Rebeca olhando para eles.

Rebeca- Prazer!

Elena- Prazer!

Vens- Rebeca, você já pensou em ser modelo? Eu com esses corpo eu já estava em paris.

Rebeca- Obrigada, Vens! Agora vou terminar de contar tudo.

Depois da briga que eu tive com a mãe e a morte do Robson eu fiquei totalmente sem chão e não tive cabeça para pensar em que fazer e acabei fugindo dessa minha vida se não acabaria me matando. Mas agora voltei e estou disposta a ficar. Vou começar uma vida nova, aqui com minha filha.

Minerva- Mas e claro que você vai ficar! Não importa se você fugiu sem nós dizer nada, o que importa e que você voltou.

Rebeca- Agora podemos terminar a janta.

O dia amanhece com clima chuvoso no Rio de Janeiro. As pessoas todas de roupas para frio...

Elena está em um bar quando Ricardo chega e senta:

Ricardo- Como foi o barraco?

Elena- Inesquecível!

Ricardo- O que agora... O que irei fazer.

Elena- Primeiro você vai continuar tendo bastante contato com Rebeca, ajudando ela destruir a família e você vai seguir um dos sócios da empresa.

Ricardo- Quem?

Elena- O nome dele e Magno Sousa Sampaio.

Elena abre a bolsa e tira um envelope e dar para Ricardo que tira de dentro fotos de Magno.

Elena- Você vai seguir ele. Ai nesse envelope tem endereço nomes da família e foto.

Ricardo- Porque segui-lo?

Elena- Ele e um homem cheio de segredo e eu quero usar esses segredos na minha vingança.

Ricardo- Vou começar segui-lo agora mesmo. Tchau!

Elena- Tchau! Boa sorte!

Ricardo vai embora.

Elena chega em seu apartamento e encontra Vens tomando café, quando Vê-la,vai logo perguntando:

Vens- Onde você foi tão cedo?

Elena- Não sai cedo e você que acorda tarde.

Vens- Depois de me chamar de preguiçoso agora me responda: Onde você estava?

Elena vai até a mesa e pega uma maçã e dá uma mordida:

Elena- Não te interessa!

Vens- Ai! depois desse coice eu vou ficar de cama por uns três dias.

Elena- Mas alguma pergunta?

Vens- Sim! Aquele barraco que aconteceu ontem no jantar foi promovido por você?

Elena indo para seu quarto:

Elena- Sim!

Vens- Mas como?

Elena- Não te interessa, Vens!

Vens- Coicera!

Elena- Do que você me chamou?!

Vens- De ave do Paraíso.

Rômulo e Miguel chegam em casa e Vilma que está no sofá se levanta e vai até eles.

Vilma- Como foi lá na delegacia?

Rômulo- Ele vai responder o processo em liberdade.

Nesse mesmo momento Rebeca desce a escada, todo mundo a olha e ela pergunta:

Rebeca- O que você foi fazer na delegacia meu irmão?

Rômulo- Nós temos que contar uma coisa para você...

Miguel- E que eu me envolvi no acidente e tou respondendo um processo.

Todo mundo se cala perante a mentira de Miguel.

Rebeca- Você sempre aprontando, em?

Ricardo dentro do seu carro na frente da casa de Magno. Magno que e um homem de quarenta anos que tem um físico bem esportivo aparece com sua mulher na porta de casa, se despede dela e vai em direção au seu carro, entra dentro dele e vai embora. Logo em seguida Ricardo sai, seguindo ele.

Magno para perto de um homem que está na beira da rua e Ricardo que vem atrás para uns metros a frente. O homem que está na beira da rua entra dentro do carro e começa a conversa com Magno. Ricardo pega uma câmera fotográfica e começa a tirar fotos dos dois. Magno e o homem que o acompanha se beija e Ricardo tira varias fotos do beijo, paran de se beijar e vão embora e Ricardo o seguem.

Miguel está em seu quarto, lendo o livro que Minerva lhe deu. Miguel termina de ler o livro, fecha ele e sai do quarto. Minerva vê Miguel descendo as escada e pergunta:

Minerva- Onde você vai?

Miguel- Sair.

Minerva- Pra onde?

Miguel- Passear.

Minerva- Vai com cuidado.

Miguel abrindo a porta, responde:

Miguel- Pode deixar. Vou tomar cuidado.

Magno e seu acompanhante para na frente de uma casa isolada, com o muro baixo (mas ou menos um metro e meio). Ricardo ver eles descerem e entrarem dentro da casa, desce do carro e vai em direção a casa com a câmera, olha para os lados e não ver ninguém e pula o muro da casa. Dentro do quintal da casa ele vai se escorando pela parede a até chegar perto da janela de um quarto onde Magno e o homem estão nus, se beijando e se amassando. Ricardo se esconde perto de uma planta, que fica na frente do quarto e começa tirar fotos da cena de sexo dos dois homens.

Elena chega na empresa Albuquerque. Ao chegar na recepção da de cara com a nova secretaria da empresa e surpresa, pergunta:

Elena- Você que e a secretaria?

Secretaria- Sou.

Elena- Cadê a outra secretaria?

Secretaria- Se demitiu.

Elena- Alberto está?

Secretaria- Sim! Espere um momento que eu vou avisar que você está aqui. Qual e seu nome?

Elena- Elena.

A secretaria pega o telefone e fala com Alberto.

Secretaria- Tem uma senhorita chamada Elena que quer falar com senhor, Alberto. Pode mandar entra?

Ela desliga o telefone e olha para Elena.

Secretaria- Pode entra.

E Elena vai em direção a sala de Alberto.

Aberto está na sua sala quando ouve batidas na porta.

Alberto- Pode entrar.

Elena entra e vai logo se sentando na cadeira.

Elena- Alberto, eu quero um favor seu.

Alberto- Pode falar.

Elena- Eu sou formada em admnistração. E quero trabalhar aqui.

Alberto- Mas você e rica. Pra que trabalhar?

Elena- Para me distrair um pouco.

Alberto- Nós estávamos mesmo precisando de um novo administrador, mas não sabia que você era formada em administração e estava atrás de um cargo. Você está realmente disposta a trabalhar?

Elena- E claro que sim! Modesta a parte sou bastante competente.

Alberto- Diante a sua resposta pergunto: Amanhã você pode começar?

Elena- Sim!

Alberto- Só mas uma pergunta. Você hoje está livre?

Elena- Sim!

Alberto- Topa sair comigo?

Elena se aproxima dele por cima da mesa, chegando bem perto dele e sussurra:

Elena- Que restaurante você sugere?

E Alberto olhando para ela, se deixa seduzir pelo seu olhar e a beija...

Miguel anda por Copacabana, vento vindo do mar agitado, tempo nublado e frio. Miguel ver uma lanchonete e entra e senta numa mesa, de cabeça baixa. Se aproxima dele a garçonete.

Marina- Você gostaria do cardápio ou já sabe o que você vai pedir?

Miguel de cabeça baixa.

Miguel- Já sei o que eu vou pedir. Eu quero...

Ele levanta a cabeça e ver uma linda e encantadora moça e não consegui falar mais nada.

Marina- Está com dúvida no que escolher?

Miguel- Eu... quero um cappuccino... por favor.

Marina sai e Miguel fica impressionado com a beleza daquela garota. Depois de passar alguns minutos, Marina lhe trás um cappuccino e sai. Miguel toma o cappuccino olhando para Marina que atente as outras mesas.

Elena anda de carro pelas ruas do Rio, ela ver Ricardo parado na causada e ouve-se cantar os pneus. Ricardo abre a porta do carro e entra, olha para Elena e em suas mãos entrega um envelope amarelo e diz:

Ricardo- Este e o segredo que você quer?

Elena abre o envelope amarelo e de dentro dele tira as fotos da cena pornográfica:

Elena- Perfeitas! Agora eu tenho que pensar direitinho o que eu vou fazer com essas fotos.

Ricardo- Mais alguma coisa?

Elena- Sim, você vai atrás de uma pessoa para mim...

Miguel continua observando Marina até que ela tira o avental e vai até seu chefe que está na recepção do café e fala que seu turno acabou e que tem que ir. Ela sai pelas portas do fundo, Miguel coloca o dinheiro na mesa e sai atrás dela. Miguel segue Marina pela rua ele nem sabe o por que segue moça tão bonita só sabe que e beleza dela o encantou. Marina anda sem perceber nada. Depois de andar bastante um homem que não e Miguel puxa a bolsa dela, ela agarra a bolsa entrando num cabo de guerra com o ladrão. Miguel que rapidamente se aproxima dos dois, mas ainda alguns metros ele grita:

Miguel- Solta ela!

O ladrão se espanta, solta bolsa de Marina fazendo ela desequilibra e cair no meio da rua, ela se levanta e Miguel vê um carro em alta velocidade se aproximando dela, ele corre, mas não consegue chegar a tempo, o carro bate nela que não teve tempo de desviar do carro, ela rola em cima do capô e cai no chão, o carro branco imediatamente desvia de Marina, jogada no chão, vai embora. Miguel que estava sem reação se aproxima do corpo da bela e machucada moça.

Miguel- Você consegue se mexer?

A cena congela no rosto de Marina que está jogada toda machucada, sem reação e no chão...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Vidas Vazias || Capítulo 5
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Webs Encerradas :: Canceladas :: Vidas Vazias-
Ir para: