InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Salamandra/ 10° Capítulo

Ir em baixo 
AutorMensagem
Wilson Bernardo

avatar

Idade : 34
Cidade : Santa Isabel

MensagemAssunto: Salamandra/ 10° Capítulo   12.04.14 0:38





Salamandra


10° Capítulo
1° parte:

Lucia brinda levantando o copo até o alto:

Lucia- Acho que não quero discutir com você sua megera, hum delicioso este Martine sabia? Deveria fazer o mesmo ao invés de ficar pensando onde o Cesar esta com a Roberta, pois é exatamente assim que você esta morrendo de raiva.

Annetta- Engano seu sua vaca estou muito bem veja você como estou ótima, já você Lucia eu tenho é pena sabia.
Lucia- Não precisa de sua pena guarde para você mesma a pena que você é diante todos e tantos, eu também lamento por você eu tenho pena de você pobre alma! (Lucia sorri se retirando Annetta segura o braço de Lucia que derruba o copo sobre o chão).

Annetta- Como bem disse você não me engana com esta cara de santa você é um perigo para todos principalmente para meu sobrinho. Você é igual a uma salamandra adora lugares escuros e gosta de por fogo em tudo e em todos, mas uma coisa eu te falo se você ousar tentar algo contra meu sobrinho, eu mesma me encarrego de fazer o que muitos não têm coragem eu mato você! 

(Clima de tensão, Câmera se Mexendo, Cores frias e Escuras, Fundo Musical de: “Horror/ Alberto Rosenblit”).

Lucia- Já terminou? Solta meu braço olha ai o que você fez derrubou meu Martine agora vou ter que providenciar outro, ainda bem que esta Mansão tem muitas bebidas, pelo menos isto de bom tem por aqui. Agora me solta meu braço sua maldita! (Annetta continua segurando e olhando com os olhos arregalados).

Annetta- Esta nesta Mansão posando de pobre coitada, mas a mim querida, são outros carnavais, não tire vitórias antes do tempo pode se arrepender.

Lucia- Querendo ou não querida já ganhei só você que esta atrasada ainda, sempre bancando a durona e chefe da família Pellegrini a mais esperta, só que você minha cara vai ter a pior queda da sua vida e eu quero estar bem viva para ver com meus olhos que você definitivamente se acabou como eu sempre desejei vendo você morta... (Lucia sorri sem controle, Annetta o a empurra sofre o sofá). ... Ai que dor de tanto rir a Annetta morta vou ser a primeira a testemunhar seu funeral, (Risos diabólicos)... Quero acompanhar passo a passo.


Annetta- Será Lucia? Vamos ver quem morre primeiro se é eu ou você que já está mais do que jurada, já esta marcada além do mais vou me retirar é uma perda de tempo ficar debatendo com você sua maldita descobri que não vale a pena, mas seu filho sim vale mais do que a pena... (Lucia se intimida).

Lucia- Do que esta falando? O que você disse do Inácio?
Annetta- Destrua meu sobrinho e eu destruirei suas origens nada como um acidente de piscina para aliviar de vez a sua penúria... (Lucia se levanta e aponta o dedo para Annetta).
Lucia- Se você acabar com meu filho eu os destruo, tudo que existe aqui eu boto fogo nesta maldita Mansão e para aliviar minha dor mato em fim Cesar com um belíssima apunhalada no peito e ainda iria beber do seu sangue e vomitar na sua cara de velha maldita o que acha? (Annetta coloca Martine no copo e duas pedras com gelo, caminha em direção a Lucia)


Annetta- Não vou ceder suas provocações você é uma das piores espécies que há na face da terra agora fique ai martirizando um plano para acabar comigo, você já sabe do recado né queridinha seu copo com Martine que derrubei aqui esta... (Annetta joga na cara de Lucia e esta por sua vez cospe na cara de Annetta que seca seus olhos borrando sua maquiagem e se retira olhando para Lucia, Zoom In em Lucia focando em Plano Fechado).


2° parte:
Delicias do Café, Tarde, Fundo Musical de: “Maldição do Mal- Alberto Rosenblit”.





 
Angelina- Acho tudo uma grande loucura eu estive ao ponto de matá-la naquele dia em que ela foi a minha casa, ela tem provas concretas de que eu estou andando Doutor Noronha e mais ela tem os vídeos no momento em que eu o pago para você forjar toda esta situação tudo em seu consultório ela ainda é uma ameaça para todos nós...

Doutor Noronha- E você ainda tem duvidas de que não devemos matá-la? Mais do que nunca alguém precisa dar um basta nesta história. Se eu tivesse um convite para participar deste momento eu faria sem medo.

Angelina- Então é seu dia de sorte, pois pensei que Cesar o havia convidado afinal a sonsa da Roberta caiu da escada e você supriu a confiança de Cesar naquele momento de risco onde ela sem duvidas deveria ter perdido aquela criança!

Doutor Noronha- Como assim? O que quer dizer? (Angelina retira um convite de sua bolsa e direta aponta para Doutor Noronha).
Angelina- Considere se meu convidado... Agora basta ver se você vai conseguir o que todos querem a morte de Lucia Venturini! Corta Para:

Mansão Pellegrini Interna Sala de Estar Fundo Musical de: “James Newton Howard/ Blindsided”, Lucia ascende um cigarro tragando com seu copo com Martini esfumaça o local telefone toca uma, duas, três vezes e ninguém atende esta levanta enfurecida:

Lucia- Onde esta aquela imprestável daquele mordomo, uma Mansão deste tamanho e não tem um empregado é pra chorar e ainda por cima tenho que atender ao telefone, é... As coisas por aqui estão ficando rústicas mesmo... (Retira o gancho). ... Alo? Eu já não disse que eu não quero que você ligue aqui? Você quer por tudo a perder? E então conseguiu o que eu queria? Não diga mais nada seu insolente leve às fotos isso no mesmo lugar... Sim estou com seu dinheiro uma maleta preta, eu quero tudo que você me coletou ok? (Lucia coloca o telefone no gancho suspira, pobres preparando meu funeral, mas eu acho que não vai dar certo eu vou acabar com a paz de cada um! (Lucia coloca a bebida sobre a mesa no bar pega sua bolsa e sai novamente, Corta Para: Estacionamento Câmera Percorre junto com nossa antagonista que entra em seu carro da a partida abre a o portão elétrico e sai em disparate, Annetta também esta escondida em seu carro o liga dando a partida e sai atrás de Lucia):

Annetta- Hoje vou descobrir o que esta vagabunda esta aprontando e vou desmarcar ela eu quero ter o privilegio de destruí La!  Corta para: Casa Simples, Fundo Musical de: “Tanto Tempo/ Bebel Gilberto”, Câmera Detalhe foca as vestes de Cidinha cair lentamente ao chão amarra seu cabelo liga a ducha e se molha relaxando sobre as águas que caem sobre sua pele, seus seios, sua cintura é tomada pela espuma do shampoo e relaxada fica esta, secando seu cabelo com uma toalha se arruma, secando seu cabelo com secador, passa um batom rosa coral e senta sobre a mesa percebe que a senhora nada come:

Cidinha- Então a senhora não come nada?

Senhora- Então não estou com fome, antes de você chegar já havia preparado algumas coisas para comer... (Um silêncio no ar Cidinha toma um copo de suco, a senhora completa): Acho que posso te ajudar tem uma Mansão, aqui bem próximo ao morro há um mordomo um homem muito gente fina que teve que se ausentar pelo fato de a mãe dele ter morrido pelo que sei tem uma vaga para uma estagiaria por lá o que acha?

Cidinha- Bom eu agradeço a oportunidade de estar me ajudando, mas eu estou aceitando tudo o que vier sabe, preciso muito trabalhar, bom se pudesse ia agora lá só para não perder a vaga.

Senhora- (Sorri, escolhendo feijão sobre a mesa suspira e olha para Cidinha)... Fique calma não vai perder a vaga, ela é sua.

Cidinha- Como pode ter tanta certeza no que diz?

Senhora- Sei! O que digo, sou velha por aqui conheço a família Pellegrini desde quando comprou aquela velha Mansão... (Corta Para: Shopping, Fundo Musical de: “Gata/ Débora Blando”, Emanuelle olha as vitrines e vê um lindo colar de pedras verdes).

Emanuelle- É este que eu quero! (Esta se aproxima bem perto neste momento a loja esta movimentada segurança se distrai com uma mulher que usa um short curto e vai rebolando, câmera vira para outro lado Emanuelle olha tudo a sua volta e fica fascinada com o colar coloca sua bolsa ao seu lado abre o zíper os olhos de Emanuelle desejam aquele colar e lentamente coloca sobre sua bolsa respira e se vai sem deixar rastros, entra em seu carro retira o colar olha no retrovisor se sente aliviada e passa a mão sobre o pescoço):

Emanuelle- Ufa! Divino! Bom! Já fiz minhas compras agora estou muito melhor que antes... (liga seu carro da à partida e se vai Câmera Aérea sobrevoa em  Plano Geral acompanhando o carro de Emanuelle...).


3° parte:
CTA, Externo, Tarde/ Noite, Plano Geral, Interno, Departamento Pessoal. Fundo Musical de: “Perseguição/ Alberto Rosenblit”.




Mônica vai até a sala de arquivos, pouca iluminação, Câmera se Mexendo , esta treme ao abrir a porta:

Mônica- Tudo uma loucura e se ele aparece por aqui? (Porta destrava, Mônica se assusta, entra na sala luz apagada, esta acende, tranca a porta abre alguns armários olha alguns papeis).

Mônica- Contratos de ex-funcionários... Arquivos de boletos e promissórias... Contratos empresariais... (Esta vê um computador resolve ligar o aparelho).

Mônica- Será que há algo neste computador que pode me ajudar? (Esta abre alguns arquivos)... Último relatório de entrega de peças organizadas segue anexo... Fatura gerada, Conta Genebra, digite sua senha... Por isso que nunca teve uma pessoa tomando conta da tesouraria, este computador tudo que esta nele e esses arquivos esta irregular... (A maçaneta da porta abre Mônica desliga a lâmpada e se esconde em baixo da mesa esta fica nervosa a porta abre vozes masculinas).

Romano- Podem entrar ninguém os viu? (Apreensiva vê vários sapatos entrando na sala aflita, Corta para: Avenida Zatti movimentada trânsito Annetta segue de encontro ao carro de Lucia esta então percebe que esta sendo seguida desvia o carro entra outro carro na frente de Annetta sinal vermelho tudo parado, Lucia consegue escapar).

Annetta- Vagabunda conseguiu me despistar!
Lucia- Pensou que seria fácil me seguir maldita!!! Corta Para: (Uma moto para em frente a uma velha ponte chamado Passo do Inferno e fica aguardando Lucia, esta então guarda sua arma dentro de sua bolsa, e se vai sobre a Serra do Rio do Rastro em varias curvas esta se mostra decidida, Câmera Aérea sobre o carro de Lucia nas curvas perigosas da Serra...) Corta Para:

Ponte Passo do Inferno, Externa, Tarde/Noite, Fundo Musical de: Horror/Alberto Rosenblit:


 
Lucia para em frente à moto onde aguarda o rapaz entre a ponte, porta do carro abrindo Lucia saindo, luvas nas mãos, casacão preto com uma maleta preta, rapaz se aproxima:

Lucia- E então onde estão os documentos que havia solicitado?

(Rapaz entregando os documentos, Câmera se Mexendo atrás do rapaz Foca Lucia pegando os documentos).

Rapaz- E então onde esta minha parte que combinamos?

Lucia- Ora! Ora! Heim ta louco para gastar logo né este dinheiro, pois bem aqui está... (Lucia entrega o prêmio e ao se aproximar de sua barriga surge um tiro que espirra sangue em sua face). ... Este é seu prêmio o que achou que eu ia mesmo dar este dinheiro para você gastar seu verme? Durma bem queridinho... E atira em sua testa o rapaz cai no chão morto e Lucia joga as luvas e a arma no rio que corta a ponte, esta suspira entra em seu carro e se vai, Câmera Detalhe no rapaz morto na passagem e o carro de Lucia que se vai fazendo muito pó...)

(Encerramento com a música “Bebel Gilberto/ Tanto Tempo”).


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wilson Bernardo

avatar

Idade : 34
Cidade : Santa Isabel

MensagemAssunto: Re: Salamandra/ 10° Capítulo   12.04.14 0:40

Pessoal desculpa a demora do capitulo de hoje tive uns contratempos por falta de energia agora que tudo se normalizou este capitulo corresponde a de Sexta Feira obrigado pela compreensão.... 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Salamandra/ 10° Capítulo
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Web Novelas :: Salamandra-
Ir para: