InícioWeb SériesWeb NovelasGruposBuscarMembrosFAQGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Salamandra/ 13° Capítulo

Ir em baixo 
AutorMensagem
Wilson Bernardo

avatar

Idade : 34
Cidade : Santa Isabel

MensagemAssunto: Salamandra/ 13° Capítulo   22.04.14 22:57


Salamandra
13° Capítulo
1° parte:
Angelina- Ele esta morto! Será que foi a Lucia usou isso como aviso para nos alertarmos de que ela não seta brincando? Deus ela esta passando dos limites com esta brincadeira, mas também pode não ser ela? Calma Angelina... (Angelina amassa o jornal e joga sobre a mesa, Câmera Detalhe nos olhos de Angelina desesperados Corta Para):

Mansão Pellegrini, Externa, Manhã.

Carmela- Então Cida na realidade é feita uma seleção por Annetta minha irmã mais velha, a melhor classificada fica com a vaga, estamos sim precisando de uma empregada, mas veja não é definitiva a vaga é apenas para suprir a ausência de Manolo o mordomo da família, você tem referencias? (Cidinha fica sem jeito).
Cidinha- Ate tenho, deixa-me olhar nas minhas coisas, ai são tantas coisas dentro de minha mochila parece um saco do papai Noel. (Roberta e Carmela riem da situação, Cidinha retira o papel).
Carmela- Não sei não viu, você tem poucas referencias e porque sempre trocava de trabalho meados de meses? Sabe que grandes empresas não aceita currículos com experiências, tipo dois meses em um lugar, quatro meses em outro lugar, entende não é maldade, mas vai ser difícil convencer Annetta da sua vaga para o cargo de empregada apenas.
Cidinha- Vamos! Por favor, me aceitem, sei cozinhar, sei lavar, sei limpar, sou empenhada eu já nem tenho mais dinheiro para morada mais eu estava hospedada na casa desta senhora estranha e hoje já não tenho mais lugar para ficar. (Roberta se compadece percebe o olhar cheio de água aflito de Cidinha quase implorando de joelhos pela vaga Roberta segura nas mãos de Cidinha, Fundo Musical de “/ Ternura”).
Roberta- Sabe lavar, cozinhar, limpar a casa? Percebeu que temos uma enorme piscina e um vasto jardim?

Cidinha- Sim, percebi! Por favor, dona eu lambo até o chão se for preciso pela vaga... (Cidinha se ajoelha sobre Roberta esta que a segura levantando de volta).
Roberta- Não precisa fazer isso moça, e não chore, gostei de você sabia? Acredito em você esta querendo recomeçar a vida?
Cidinha- Sim eu precisei eu preciso recomeçar, mas tudo parece tão difícil, e mesmo acreditando que o impossível pode se tornar real, a armadilha da vida nos faz carecer e ao mesmo tempo desacreditar, eu já estou perdendo as esperanças dona. 
Roberta- Não pode perder a fé que habita sua alma moça, quando tudo parece estar perdido significa que não é a hora de abandonar o barco e que se você desistir ai sim tudo pode estar perdido significa que você nem ao menos tentou lutar contra os problemas da vida real. (Câmera se mexendo, muita emoção, Carmela meio apreensiva chora, Cidinha abraça Roberta).
Carmela- Não sabia o valor que tinha suas palavras Roberta, e que você tem a oferecer para todos nos, desculpa eu fiquei comovida sou uma boba mesmo... (Risos).
Roberta- Você já pode começar a trabalhar em nossa morada.
Carmela- Mas Roberta quem faz as contratações é Annetta ela vai se sentir ofendida com isso! 
Roberta- Carmela veja você, em quanto Annetta desfruta do melhor da vida você esta ai se penalizando pelas coisas que ela diz e você tem o direito de ser feliz sempre pensei assim por você não acho justo enquanto ela usa cremes caros você passa ser uma sombra nos retratos de família. (Carmela se cala seca as lagrimas).
Carmela- É mesmo né na vida tem que haver mudanças... (Esta estende a mão direita para Cidinha)... Seja bem vinda a esta família moça.
Cidinha- Eu estou contratada?
Roberta- Sim! Já pode entrar e Carmela e eu vamos te dar algumas instruções da Mansão.
Cidinha- Nossa parece um palácio eu nunca vi uma dessas, só em novelas e filmes no cinema e quando a gente vê assim tudo parece tão sei lá como se estivéssemos na Walt Disney. (Plano Geral Câmera em Zoom Out, sobre Carmela, Roberta e Cidinha que sobem à escadinha próxima a piscina na Mansão). 
2° parte:
Externa, Manhã, Cemitério Monte Negro, Fundo Musical de: “Marcha Fúnebre- Beethoven n°15”.



(Annetta caminha por vários túmulos ate chegar ao túmulo de Elíseo Pellegrini, esta então segura uma rosa vermelha, muito vento no local pode se ouvir o chiar dos pinheiros).
Annetta- Hoje completa mais um ano e todos os dias ainda temo que você esteja vivo, temo que você vá aparecer e estragar meus planos o plano que sempre idealizei para mim de ser a mulher que Cesar nunca vai e poderá ter e que por amor a ele você adormece no seu eterno sono... Porque fui ser sua onde eu estava com a cabeça quando o conheci naquela festa na noite de máscaras em Veneza, como me arrependo de ter casado com você, você foi e sempre será a pior cruz que um dia carreguei na minha vida... (Annetta chora borrando sua maquiagem). ...Até o fim de minha existência vou carregar suas impressões na minha pele eu sempre tive asco de você seu velho maldito e você morreu e eu não tive a oportunidade de vomitar na sua cara tudo isso que eu sempre digo quando você completa mais um ano de sua morte! (Annetta suspira e joga a rosa em Câmera lenta sobre o tumulo). ...Descanse no inferno maldito! (Annetta se vai, Zoom Out vai dando lugar a Plano Geral vários túmulos e Annetta some diante tantos túmulos a sua volta).
 Mansão dos Allamo e Baltarolli, Interna, Dia, Sala de Estar.
Angelina faz uma ligação para Doutor Noronha, telefone chamando.
Angelina- Acabei de ver a foto do elemento me lembro- me bem do rosto daquele jovem... (Imagens Distorcidas... Angelina é conduzida por uma pessoa misteriosa dentro do estacionamento, viram a direita sobem a rampa, sentam se a uma mesa, garçom se aproxima com dois cardápios, ambos pegam).
Angelina- Um crepe suíço e uma xícara de capuchino com muita espuma...
Garçom- E o senhor?
Doutor Noronha- O mesmo, por favor...  (Garçom se retirando, Doutor Noronha fica a olhar para Angelina, voltando à realidade)...
Angelina- Se aquele suposto garçom foi morto aquilo não foi uma coincidência, aquilo Doutor foi premeditado, talvez porque se descobríssemos iríamos até este rapaz, não seria difícil, pois ele trabalha no maior ponto de encontros da cidade de Gramado de pessoas sociais.
Doutor Noronha- Esta querendo dizer que ela pagou para este garçom ir até a nossa mesa tentar descobrir alguma coisa sobre o que conversávamos?
Angelina- Não apenas isso Doutor, não percebe como Lucia é esperta ela pode ter colocado microfones secretos e muito pequeno menor que uma agulha fina, ele pode ter nos filmado também juntos, ela é muito perigosa consegue tudo o que quer com aquele jeito de mulher honesta!
Doutor Noronha- Não disse! Ela precisa desaparecer eu preciso acabar com ela e vai ser no navio pode esperar.
Angelina- Eu tenho receio de fazer algo assim haverá muita gente por lá.
Doutor Noronha- Por isso mesmo! Ficaria difícil para policia descobrir, muita gente no local de um crime dificulta o trabalho da policia nas investigações poderia ser qualquer um ou quem sabe por a culpa em alguém?
Angelina- Por a culpa em alguém? Já estou começando a gostar disso! (Corta Para).
CTA, Externo, Manhã, Plano Geral, Câmera Aérea passa para Plano Médio, Interno, Departamento Pessoal. Fundo Musical de: “Bebel Gilberto/ Tanto Tempo”.



Cesar estaciona seu carro em frente a CTA todos os funcionários o cumprimentam este então prossegue seu caminho segura uma pasta preta, muito vento a gravata de Cesar bagunça, passa seu cartão na catraca entra no elevador, subindo, elevador abrindo a porta, Cesar depara com Mônica ao telefone este caminha até a mesa da própria:
Cesar- Bom dia Mônica! Minha Agenda os relatórios de tudo que aconteceu na minha ausência.
Mônica- Bom dia seu Cesar! Aqui esta sua agenda remarquei seus novos compromissos e temos clientes novos teremos que marcar uma nova reunião para as contratações de novas empresas que querem adquirir as peças e benefícios da CTA.
Cesar- Para ontem Mônica não quero perder clientes me comunique assim que estiver solicitado a todos os acionistas da empresa para participar das novas contratações, e esses malotes o que são?
Mônica- São impostos e relatórios que o banco envia a cada quinze dias, é necessário que assine para retornar estes malotes para o banco é emitido para o Ministério Publico para saber como vai a vida da CTA.
Cesar- Mônica ligue novamente para a CVC e remarque para esta semana o embarque dos funcionários e familiares da CTA, e quero também o relatório dos novos funcionários que estão sendo ministrados pelo Juca referente ao SOS CTA. (Mônica anota em sua agenda as informações passadas por Cesar).
Mônica- Mas o que significa SOS CTA desculpa a invasão? Até porque estou surpresa. (Gerald se esconde atrás do pilar para escutar a conversa).
Cesar- Então! São motoboys especializados e capacitados a exercer uma emergência seja aqui no Brasil ou fora do país e na realidade estamos fazendo novas contratações para jovens que querem uma oportunidade de trabalho, isso ajudara a CTA a crescer no mercado internacional.
Mônica- Nossa que bom seu Cesar sempre inovando novos projetos e pensando na possibilidade das oportunidades que o mercado brasileiro pode oferecer para os jovens da nossa nação.
Cesar- Bom então vamos ao trabalho, Gerald e Romano já chegaram Mônica?
Mônica- Então seu Cesar eles ainda...
Gerald- Bom dia! Como todos os dias... (Gerald olha para seu relógio de pulso)... Às nove horas em ponto!... Presente na CTA, meus relatórios do dia dona M Ô N I C A, por gentileza...
Mônica- Sim senhor seu Gerald aqui estão!
Gerald- Sabe que me da vontade? (Olhar sério de Mônica como se fosse escutar algo assustador). ... De internar você na clinica do “Doutor Hollywood”, quem sabe assim ele faz uma plástica nesta sua cara de manga gorda e para com essa cara de quem vai falar alguma coisa por que essa sua cara de a favelada já diz tudo. E faz um favor guarda estes chocolates na sua mesa não é hora para isso! (Mônica guarda os chocolates sobre a mesa, Gerald se retira e Mônica fica apreensiva).
Mônica- Canalha!
3° parte:
Mansão Pellegrini, Externa, Manhã, Fundo Musical de: “James Newton Howard/ Reflection Of Elijah”.
Annetta estaciona seu carro em frente à Mansão, esta desce de seu carro retira o óculos de sol olha para a Mansão, suspira sobe a escada e entra... Interna, Sala de Estar Annetta percebe a presença de Cidinha, Foco em Annetta, Foco em Carmela e Roberta e Foco em Cidinha:

Mansão, Pellegrini, Interna, Sala de Estar.


Annetta- Quem é esta intrusa Carmela?
Carmela- É a... (Roberta o a interrompe).
Roberta- Bom ela é minha contratada Annetta.
Annetta- Como assim sua contratada? Quem decide o que é melhor para esta mansão sou eu Roberta como você ousa descumprir com as regras que há anos a mim compete?
Roberta- Então Annetta, pensei nas nossas estabilidades.
Annetta- Há Agora deu para pensar? Quem você pensa que é para pensar na minha Mansão, você minha querida mora de favor aqui não tem que pensar em nada e ainda me contrata esta Suburbana do Morumbi, francamente eu vou rir é o mínimo que eu posso fazer.
Cidinha- Senhora! Preciso deste emprego, por favor, me de uma chance de provar que sou eficiente?
Annetta- Já conheço muito bem estas historinhas você acha que me engana com esta cara de vaca velha adoentada? Rua! Pensa que não sei deve ser alguma falsária ou quem sabe uma espiã querendo saber sobre a CTA?

Carmela- Sorella pense que Manolo não vira para Gramado durante alguns dias até porque Cesar deu férias para o Manolo ele só volta daqui a três dias ficar na Mansão por três dias sem Mordomo é pior do que ficar sem água, pense por este lado e pense também que empregada esta difícil no mercado brasileiro

Annetta- Não sei Carmela, ela me parece muito atrevida essa cara esse jeito de sinhá moça, não me agrada muito não!
Carmela- Mas você adorava aquela novela não?
Annetta- Odiava! Preferia a Escrava Isaura, me faz lembrar você apanhando quando estava se... Sabe como né?
Carmela- Estamos falando de um assunto não deste assunto!
Annetta- Estamos falando de uma estranha que pode ser uma golpista acha que me engana com este olhar de cadela arrependida olha cara dela louquinha para implorar no chão pela vaga... “Vagabunda”!
Carmela- Annetta assim você me assusta!
Annetta- Chega Carmela! Ela sabe cozinhar, fazer tortas de ricotas, caviar ao molho pardo, poliniza a missiva?
Carmela- Bem! Eu...
Annetta- Não fala nada! (Annetta se aproxima de Cidinha o a cerca com os olhos a cheira deixando esta assustada). ...Não precisa me olhar com essa cara de pena eu odeio pessoas com cara de alma penada, precisa cortar estes cabelos parecendo uma Rapunzel e estas unhas igual a da Carmela, “Prostituta”. (Carmela fecha os olhos, Annetta empurra Roberta, Cidinha fica assustada).
Cidinha- Desculpa Anne como é seu nome mesmo?
Annetta- Senhora para você assim como todas que entrarem por aquela porta, M O C I N H A! (Esta aperta o queixo de Cidinha).
Cidinha- Você esta parecendo uma cobra me cercando estou com medo! (Annetta o fica cercando Cidinha). Corta para
Mansão dos Allamo e Baltarolli, Externa/ Interna, Manhã, Sala de Estar, Fundo Musical de: “James Newton Howard/ Hieroglyphics”. 


Emanuelle estaciona seu carro em frente à Mansão de Angelina esta sai do carro e aperta a campainha duas vezes olha para os lados, Lucia estaciona seu carro próximo à casa de Angelina esta usa uma luneta, Câmera Detalhe na luneta Emanuelle entrando.
Lucia- Angelina deve ter chamado Emanuelle para deixar ela prevenida da situação, coitadas se soubesse o tamanho das provas que tenho contra elas, sou tão generosa Deus, porque meus inimigos fazem isso comigo? Malditas estão tramando contra mim! 
Angelina- Você veio querida? Entre por favor! (Emanuelle entra, Sala de Estar Emanuelle senta no sofá Angelina se aproxima)
Angelina- E então o que bebe?
Emanuelle- Um Drink, mas se sentir dificuldade eu faço para você.
Angelina- Não se incomode querida.
Emanuelle- E então o que me traz aqui me ligou tão reciosa? Fiquei curiosa amada. (Angelina serve uma taça de Drink para Emanuelle que bebe). ... Delicioso amada de melhor você faz uns Drinks divinos estava morrendo de vontade.
Angelina- Então as coisas para nós Emanuelle não anda lá essas coisas, fatos terríveis vem acontecendo e a principal causadora disso tudo se chama Lucia Venturini! (Foco em Três Vezes em Câmera Lenta sobre Angelina).
(Encerramento com a música "Paul Schwartz-Farewell (after Puccini's Madama Butterfly”).





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Salamandra/ 13° Capítulo
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Séries de Web | Memória :: Web Novelas :: Salamandra-
Ir para: